C
C Clark Carbonera


Como sei que é difícil encontrar informações culturais sobre alguns países (no caso, a Coreia) que possuem um alfabeto totalmente diferente do nosso, compartilho com vocês algumas versões de 10 lendas tradicionais coreanas. Espero que gostem ;) ***Não possuo direitos autorais sobre nenhuma dessas histórias. Faço essa pesquisa com a intenção de aproximar mais as culturas brasileira e coreana***


Clássicos Todo o público. © Nenhum direito reservado

#coréia #cultura-coreana #tradicionais #coreanas #lendas #contos
4
1.6mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 15 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

“O Sol e a Lua” (해님 달님)


~.~ Versão 1 ~.~

Essa lenda conta a história de uma mãe viúva e seus dois filhos, uma menina e um menino, que viviam em uma montanha isolada. Embora fossem pobres, todos viviam alegremente.

Certo dia a mãe recebe a proposta de trabalhar em uma casa rica e para isso precisava subir as montanhas.

Ao sair de casa ela promete às crianças que trará bolos de arroz.

Assim que terminou o trabalho, a mãe voltou rapidamente para a casa, mas no meio do caminho foi surpreendida por um tigre!

– O que há na cesta? – Perguntou o tigre.

– Alguns bolos de arroz. – Respondeu a viúva.

– Bolos de arroz? Você pode me dar alguns? Dessa forma eu não te comerei... – Questiona o tigre.

A viúva dá alguns bolos de arroz para o tigre, que os engole e diz:

– Mais, quero mais!

E a viúva deu-lhe mais. E mesmo com a cesta vazia, o tigre continuou seguindo a viúva dizendo:

– Estou com fome, quero mais!

Porém a viúva retrucou:

– Eu não tenho mais nada, você comeu os bolos de arroz dos meus filhos!

– Filhos? Quantos? – Perguntou ele com muito interesse. – Crianças são doces e deliciosas!

O tigre matou a mãe viúva e pensou:

– Ela tem crianças, eu quero comer crianças!

O Tigre, então, colocou as roupas da viúva e foi para casa onde as crianças estavam.
Pouco tempo depois o tigre chega à casa onde estavam as crianças.

– Crianças abram a porta, mamãe está aqui! – Disse o tigre tentando imitar a voz da mãe.

– Sua voz está estranha. – Responderam as crianças.

– O vento frio das montanhas fez com que minha garganta secasse. – Respondeu o tigre.

– Por que sua mão está tão áspera e cheia de pelos? – Perguntaram as crianças. E o tigre passou sua mão pela porta.

– Mas por que sua mão está tão áspera e cheia de pelos, mãe? – Perguntaram as crianças.

– É porque eu trabalhei muito. – Respondeu o tigre.

Porém, ao espiar pelos furos da porta, as crianças perceberam que atrás dela não estava sua mãe, e sim, um tigre assustador. Então, as crianças fugiram rapidamente para o quintal.

Depois de um tempo sem resposta, o tigre entrou na casa, mas como não tinha ninguém dentro, resolveu procurar ao redor dela.

Ao se aproximar do poço, o tigre olhou para a água, viu o reflexo dos irmãos e assim descobriu que eles estavam escondidos em uma árvore.

– Como vocês subiram aí? – Perguntou o tigre.

– Nós usamos óleo de gergelim para subir. – Respondeu o irmão, mentindo para o tigre.

Então, o tigre correu para cozinha, pegou o óleo, passou em suas patas e tentou subir na árvore. Porém, seu esforço foi inútil.

Ao ver as tentativas frustradas do tigre, a irmã começa a rir e diz:

– Bobo, tudo que você precisa para subir é de um machado!

O irmão tentou cobrir a boca da irmã, mas já era tarde demais. O tigre achou um machado e começou a subir na árvore rapidamente.

Vendo que o tigre se aproximava, as crianças olharam para o céu e começaram a orar:

– Oh, Céu, se você quer que fiquemos vivos, por favor nos salve!

Nesse momento, uma corda começou a descer do céu. Os irmãos agarram-na imediatamente e começaram a subir ao céu.

Quando o tigre chegou ao topo da árvore, ele viu as crianças agarradas na corda. Ele não sabia o que fazer, mas lembrou-se das ações que as crianças fizeram antes da corda descer do céu.

O tigre começou a orar também, então, inesperadamente, outra corda desceu do céu assim como tinha acontecido com os irmãos.

Animado, o tigre agarrou a corda e começou a subir ao céu. Depois de um tempinho, quando o tigre estava em uma altura muito elevada, a corda começou a romper. Então o tigre caiu pesadamente no chão e morreu.
Enquanto isso, os irmãos chegaram ao céu.

O irmão se tornou o sol e sua irmã se tornou a lua. Porém como ela tinha medo da escuridão da noite, ela trocou de papel com seu irmão e virou o sol, enquanto ele, a lua. Até hoje acredita-se que as pessoas se tornam um pouco cegas quando olham para o sol, porque a irmã é muito tímida, então ela brilha intensamente para que as pessoas não consigam vê-la.



~.~ Versão 2 ~.~

Era uma vez uma mãe que vivia com seu filho e sua filha. Ela estava saindo para trabalhar o dia todo numa casa de bufê.

Mãe: “Crianças, eu vou trazer algo delicioso para vocês, então cuidem bem da casa.”

Filhos: “Sim!”

Ao terminar o trabalho, a mãe pegou alguns bolinhos de arroz e já ia voltando para sua casa, quando de repente um tigre apareceu.

Tigre: “Grrr!!! Se você me der um bolinho de arroz eu não vou te comer!”

A mãe deu logo os bolinhos para o tigre. Ele comeu tudo rapidinho e em seguida comeu também a mãe. Então, ele pegou as roupas dela e foi procurar a casa onde estavam seus filhos.

Tigre: “Crianças, a mamãe chegou!”

Os filhos estranharam aquela voz da mãe, por isso deram uma olhadinha pela fresta da porta. Lá estava de pé um tigre enorme vestindo as roupas da mãe deles.

Irmão: “Vamos rápido nos esconder na árvore ao lado do poço!”

O tigre procurou as crianças por toda parte. De repente ele viu o reflexo deles na água do poço.

Tigre: “Tá certo! Vocês subiram na árvore, né!”

O tigre tentou subir também, mas não estava fácil.

Irmão: “Se você passar óleo de gergelim nas mãos, vai conseguir subir!”

O tigre passou óleo de gergelim nas mãos e tentou subir, mas ficou escorregadio, então ele só caía.

Irmã: “Hahaha! Se você usar um machado vai conseguir subir!”

O tigre, então, pegou um machado e foi batendo e subindo. Os irmãos, tremendo de medo, começaram a orar ao céu.

Irmãos: “Deus, nos ajude. Mande uma corda para nós!”

Então uma corda desceu do céu. Os irmãos pegaram-na e subiram ao céu. Vendo isso, o tigre também começou a orar.

Tigre: “Deus, me manda uma corda!”

Mas desta vez veio uma corda podre. O tigre, que não sabia de nada, agarrou a corda e foi subindo, quando de repente a corda se arrebentou, ele caiu no chão e morreu. Assim, a irmãzinha envergonhada subiu ao céu e se tornou o sol, e seu irmão corajoso se tornou a lua.



E aí, o que acharam? Qual das versões parece mais "original"?

Interessante ver como a Versão 1 tem uma passagem quase que igual a da Chapeuzinho Vermelho, não? Será que houve uma ocidentalização dela? Outro ponto também interessante é ver que Sol é uma figura feminina e Lua masculina, sendo que para nós é o contrário ^^

Espero que tenham gostado desse capítulo e desse novo projeto meu. A atualização dele vai demorar um pouco, pois tenho que pesquisar justamente versões diferentes dessas lendas.

Fiquem ligados e até mais

o/



17 de Agosto de 2020 às 15:34 4 Denunciar Insira Seguir história
5
Leia o próximo capítulo Sapo Verde (ou Sapo Desobediente) - 청개구리

Comentar algo

Publique!
Morena Lobos Morena Lobos
Cheguei aqui por acaso. E amei. Sou louca pela cultura sul coreana e essa lendas vão me ajudar muito com a historia que estou escrevendo. É sim, eu achei a lenda muito parecida com a de chapeuzinho vermelho

  • C C C Clark Carbonera
    Que bom que essas lendas vão ser úteis para você e sua história :) De fato, a cultura coreana (assim como diversas outras) é cheia de coisas interessantes! 1 week ago
Marina Tavares Marina Tavares
Eu sempre gosto de histórias que contam sobre a origem do sol e da lua. Cada cultura tem sua versão, e essa é tão interessante quanto as outras que já li. Está de parabéns. Espero que possa postar mais histórias coreanas como essa.
August 25, 2020, 16:36

  • C C C Clark Carbonera
    Obrigado pelo carinho, Marina ^^ A ideia é de publicar pelo menos a cada 15 dias (porque eu demoro um pouco para pesquisar essas lendas, principalmente por conta da barreira linguística). O próximo capítulo sai dia 01/09 August 26, 2020, 13:03
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 4 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!