Contagem regressiva para a Copa dos Autores 2020. Registre-se agora e tenha a chance de ganhar prêmios!. Leia mais.
jrk97 junin ferreira

Algumas pessoas se deparam com um evento espaço-temporal que os leva à um universo paralelo. Paralelo azul conta a história de um grupo de jovens que tenta voltar a sua terra natal.


Fantasia Para maiores de 18 apenas.

#luta #ação #aventura #magia #superpoder #universo-paralelo
4
2.0mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Quartas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Introdução

...Finalmente sábado...


Marco é um jovem de 22 anos que passa a maior parte de seu tempo ocupado com seus afazeres. Trabalha todos os dias com exceção do natal e do reveillon, tem aulas na faculdade à noite e costuma sair com os amigos nos sábados. Seus cabelos loiros de cachos bem fechados se diferem dos cabelos de todos os seus amigos, mas seus olhos míopes castanhos escuros nem tanto. Magro, de pele amarelada e queimada do sol.


Sendo hoje um sábado, é dia de curtir e esquecer os problemas e as obrigações. Todos os sábados, Marco e seus dois amigos, Chico e Duda, se encontram na casa de Chico para aproveitarem o dia. Marco costuma ir à casa de Chico logo depois do trabalho.


Assim que Marco vai chegando a casa de Chico, avista seu amigo Duda ao longe. Duda é o mais alto, tem 23 anos, olhos que variam entre verde e castanho claro, pele pálida, seus cabelos são tão curtos que ele parece ser careca.


- Eiii - gritou Duda animado para o dia de hoje - me espera aí, mané.


- Corre, trouxa.


Ao se aproximar de Marco, Duda diz:


- Espero que você tenha bons planos para hoje, porque eu não pensei em nada.


-Não se preocupe, tenho uma idéia diferente para hoje.


Marco tem a chave da casa de Chico, então foram adentrando. Logo eles se deparam com a irmã dele, Manu, que vem saindo de casa e simplesmente diz, "ele está no quarto dormindo e eu vou ver minhas amigas, tchau." Eles só a observam sair. O quarto de Chico é bem bagunçado, roupas espalhadas na cama e no chão, livros e cd's por todo lado e as paredes cheias de desenhos e rabiscos.


Chico é o mais baixo entre eles, com 6 centímetros de diferença entre Marco e ele, magro, pele negra, cabelos longos, cacheados e esvoaçantes, barba comprida e também o mais jovem, completando 19 anos em três meses.


- Acorda, Bela adormecida. - Disse Duda, cutucando Chico nas costas.


- Estou acordado.


- Bora sair que hoje a gente tem uma coisa séria para fazer - diz Marco bastante empolgado.


Chico se levanta lentamente como se estivesse se desprendendo da cama.


- Deixa eu só escovar os dentes. - Disse caminhando pausadamente até o banheiro. Alguns minutos depois, Chico sai do banheiro como se tivesse tomado energético, pega uma camisa no chão e diz:


- Vamos... mas vamos para onde mesmo? - Pergunta enquanto se dirige a porta.


- Nós vamos desvendar os segredos da floresta baixa. - Diz Marco com um tom misterioso.


- Que floresta é essa, eu nunca ouvi falar? - Perguntou Duda.


- Ah, eu inventei o nome agora, mas fica bem perto daqui, acho que uns 10 minutos de caminhada. - Disse Marco. - Ah, não é uma floresta de verdade, mas tem um monte de árvores e coisas para fazer.


Os três caminham e conversam sobre os planos da noite, até que chegar em uma avenida pouco movimentada, nesse trecho não há faixas de pedestres. Na hora de atravesar a avenida, Chico gritou para correrem, então os três correram, Marco apesar de ser o mais rápido, ficou para trás na largada, então Duda grita, cuidado com o caminhão, corre. Marco acelera a corrida para não ser pego por o caminhão, atravessa a avenida a tempo mas sentiu a onda de ar em suas costas e agradeceu por não ter sido pego, seu coração estava a mil.


- Está bem, doido? - Pergunta Chico, você quase morre.


- Estou tranquilo... estou bem...


- Agora estamos aqui do outro lado da avenida, em frente a floresta, mas por onde a gente entra? - Pergunta Chico.


- Tem duas entradas, uma é sem emoção e a gente chega ao rio e a outra é emocionante e leva ao rio também, qual vocês preferem?


- A emocionante, por favor. - Responderam empolgados.

21 de Julho de 2020 às 00:46 4 Denunciar Insira Seguir história
6
Leia o próximo capítulo Na floresta baixa

Comentar algo

Publique!
Isís Marchetti Isís Marchetti
Olá, Junin, tudo bem? Faço parte do Sistema de Verificação e venho lhe parabenizar pela Verificação da sua história. Acho que a parte que eu mais gostei foi quando eles já estavam na floresta, e aquela frase de efeito "Cala a boca e vem tirar isso da minha bunda [...]" foi a melhor!! Haha A coesão do seu texto está indo muito bem, até aqui tudo que você escreveu se encaixou uma coisa na outra, tendo um começo meio e fim. Quanto à estrutural do seu texto eu aconselharia você a usar travessão para marcar a fala e para separar fala do personagem do inciso e do autor. Por exemplo em: "Eiii, gritou Duda animado para o dia de hoje, me espera aí, mané" parece que o Duda fala a frase inteira como se estivesse falando em primeira pessoa, é realmente confuso e isso exige uma atenção maior do leitor para entender o que está acontecendo, o que pode deixar a leitor um pouco desconfortável. Se você optasse pelo uso de travessão a leitura ficaria "- Eiii - gritou Duda, animado para o dia de hoje. - Me espera aí, mané" A leitura automaticamente fica menos cansativa e o texto fica mais compreensivo. Quanto aos personagens, eu achei bem inovador você não focar somente em um e sim no trio. Até o momento quem mais me chamou atenção foi o Dudu, acho que por ele ser dessa forma meio despojada e encarar e topar tudo, mas não deixa os outros para trás. É como se cada um deles tivesse um diferencial que completassem eles num todo. Quanto à gramática, seu texto está bem escrito e desenvolvido, apesar disso tem uns ao que gostaria de te mostrar: tem um pequeno errinho na sinopse em: "historia" em vez de "história", no decorrer do texto, encontrei um: "chegando a casa de Chico" em vez de "chegando à casa de Chico", no segundo capítulo tem uma frase que acredito ter passado despercebida em "você ouviram" em vez de "vocês ouviram". Mesmo com os pontos aqui levantados, quero que saiba que não são erros que prejudicam seu texto de alguma forma, ou que deixe algo confuso ou incompreensível. No geral, foi uma experiência incrível e acredito que essa jornada tem muito a oferecer! Desejo a você sucesso e tudo de bom. Abraços.

  • junin ferreira junin ferreira
    Obrigado por a revisão, Isís.. vou ajeitar tudo de hoje para amanhã.. eu realmente acabo deixando escapar alguns detalhes, pois é minha primeira escrita e acabo vacilando em alguns detalhes.. obrigado por tudo.. se tiver gostando da história, tem capítulo novo toda quarta.. :v 1 week ago
Chico Chico Chico Chico
aaaaaaaaaaaaaah... finalmente estou voltando a ler esta obra genuína. meus parabéns ao autor!
July 31, 2020, 22:42

  • junin ferreira junin ferreira
    Obrigado, Chico. Espero que curta os novos capítulos. August 03, 2020, 01:47
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 12 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!