teffychan Lilith Uchiha

Depois de anos tentando Sasuke conseguiu a chance de apresentar sua escultura em uma exposição de artes. E, como o evento iria acontecer próximo à casa de Naruto, ele permaneceu na casa do namorado durante a última semana que faltava para a exposição a fim de terminar seu trabalho. Jamais imaginou que seria tão difícil morar sete dias com Naruto.


Fanfiction Anime/Mangá Impróprio para crianças menores de 13 anos. © Todos os direitos reservados

#homossexualidade #snsweek2020 #naruto #sasuke #yaoi #universoalternativo #sasunaru #narusasu #shortfic
8
3.6mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 1 – Primeiro Dia

Notas Iniciais:

Essa história foi escrita para o desafio #snsweek2020 da página SasuNaruSasu do Facebook.

Tema: Mascotes.


_________________________



Havia uma exposição de artes naquela semana em Tóquio da qual Sasuke iria participar, portanto decidiu ficar na casa do namorado, que morava mais perto do local.

Entretanto estava tendo dificuldades para se adaptar. Não porque não tinham intimidade suficiente para isso, e sim porque o animal de estimação de Naruto parecia odiá-lo.

Kurama era muito ciumento. Vivia derrubando seus materiais de trabalho como se o provocasse e rosnava para ele sempre que se aproximava de Naruto.

— Kurama me odeia, Naruto — Sasuke falou derrotado após tentar afagar o animal e quase ter sua mão mordida.

— Impressão sua — Naruto riu — Kurama é tão dócil — afagou o animal, que fechou os olhos, contente com o carinho do dono.

— Só com você — resmungou.

— Talvez vocês precisem se conhecer melhor — Naruto respondeu — Escute, eu preciso acordar cedo amanhã, estou com o primeiro turno do trabalho. Você ficará em casa terminando as coisas para a exposição, certo? — perguntou e o namorado assentiu — Ótimo! É a chance perfeita para vocês se conhecerem melhor.

Aquilo era péssimo.

Sasuke não conseguia se concentrar no trabalho, pois Kurama bagunçava a casa inteira, espalhando pelos por onde passava, derrubando seus materiais de trabalho, impedindo que ele tivesse algum avanço e destruindo o que já estava pronto. Talvez passar a semana na casa de Naruto não tivesse sido boa ideia. Ele costumava trabalhar como segurança da galeria de artes, aquela seria a primeira vez que teria uma de suas obras em exposição, demorou anos para conseguir isso e aquele maldito filhote de raposa estava estragando tudo. Aliás, quem em sã consciência tem uma raposa como mascote? Ainda se perguntava por que Naruto não arranjou um cachorro ou gato, como qualquer pessoa normal. Sasuke se dava muito melhor com gatos.

— Muito bem, Kurama — Sasuke sentou-se diante do animal quando a raposa derrubou um porta-retratos — Sei que não gosta de mim. Entendo que está tentando proteger o Naruto e que só quer o melhor para o seu dono. Mas te garanto que amo o Naruto tanto quanto você. Isto é, não como você, é claro… mas eu o amo e quero vê-lo feliz. Mas, para isso, precisamos nos dar bem, pois ele gosta de nós dois. Entendeu? — perguntou mesmo sabendo que não receberia uma resposta. Sentiu-se tolo por estar falando com uma raposa — Então… amigos?

O animal emitiu um som que parecia um rosnado baixo e aproximou-se dele, apoiando a cabeça em sua perna, como se concordasse a contragosto. Sasuke ergueu a mão devagar e a pousou na cabeça do animal, que relaxou com o carinho até adormecer. Se perguntou se Kurama realmente entendeu alguma coisa do que ele disse.

Segundos depois Naruto chegou.

— Estou de volta… ei, olha só! E não é que vocês conseguiram mesmo se entender? — exclamou feliz ao ver a cena — Mas por que a casa está bagunçada? — o sorriso desapareceu ao notar o caos em que o lugar se encontrava.

— Não se preocupe com isso, eu arrumo depois — Sasuke respondeu enquanto afagava a raposa — Valeu a pena, acredite.



______________________


Notas Finais:

Essa história também foi postada no Nyah! Fanfiction e no Spirit.


20 de Julho de 2020 às 12:56 0 Denunciar Insira Seguir história
3
Leia o próximo capítulo Capítulo 2 – Segundo Dia

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 6 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!