Contagem regressiva para a Copa dos Autores 2020. Registre-se agora e tenha a chance de ganhar prêmios!. Leia mais.
gabriely-azuos1594947953 Gabriely Azuos

Scarlet é uma jovem de 21 anos, que acabou de entrar para faculdade, contudo as coisas na sua vida são um pouco conturbadas.


Drama Para maiores de 18 apenas.

#erotico #jovem #reviraolta #258
2
1.8mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Quintas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Scarlet...

O que falar de mim ? talvez se eu começar a falar de mim agora eu não pare tão cedo.Acho que a gente poderia começar falando da minha família.

Família.

É uma palavra engraçada quando você não sabe o significado, não pode ser só um convívio social obrigatório,não estou aqui pra me fazer de vítima nem qualquer outra coisa. sabe? Então é eu não lembro muito bem da minha mãe, eu lembro dela estar sempre me olhando, por perto e depois ela ficou doente "ai meu Deus tadinha quantos anos você tinha ?". Eu sei lá, é sério eu não lembro dela acho que ela era uma mãe legal,contudo a coisa que eu mais me lembro bem dela, foi o seu caixão. Acho que ela tinha câncer ou algo assim, meu pai não fala disso,mas isso já faz muito tempo. Já que mencionamos ele para continuar a gente vai para o meu pai, ele viaja excessivamente, é um famoso empresário e ultimamente eu quase não tenho visto mesmo assim não faz diferença.

Vale mencionar resumidamente os meus irmãos,os gêmeos: Dillan e Mike. Quando eles chegaram aqui eles eram até legais sabe, pequenos, engraçados, mas nós crescemos e aí eles viraram babacas se eu virei uma babaca maior e nós nos afastamos. Ah, eu quase esqueci,temos mais um ponto não tão relevante mas que em tese faz parte da minha família a Cruella.

A Cruella é o que algumas pessoas chamam de madrasta, ela casou com meu pai e logo depois teve os gêmeos e quando nós conhecemos eu gostava de fazer da vida dela um inferno mas com o tempo perdeu a graça, resumindo meu centro familiar é uma bosta.

Ah, é claro, eu quase esqueci temos uma outra pessoa também. ele não é bem da minha família,é mais como um amigo de longa data, se é que isso ainda existe. Acho que a gente pode falar do Sebastian Lewis,me pergunto se o nome mais britânico.

Tudo bem na atual conjuntura não tem como não falar dele. Conheci o Sebastian pouco tempo depois que a minha mãe morreu, os pais deles são os sócios do meu, eu lembro muito bem do dia em que ele sua família apareceram na minha casa, era uma manhã de domingo, lembro de pensar que todos eles falavam muito engraçado e a mãe dele ordenou que fosse brincar comigo mas deixou bem claro que se não se comportassem não voltaria bom desde então O senhor perfeição está na minha vida ou melhor estava como eu mencionei ele é tão perfeito que foi fazer um curso onde da faculdade na Alemanha e me deixou aqui, que grande amigo mas acho que é isso que eu tenho pra dizer sobre o Sebastian.

Talvez eu deveria falar de alguns amigos se bem que assim como Sebastian todos os meus amigos me deixaram,na verdade eu que deixei eles de lado no último verão.

Acho que agora é hora de falar de mim.

O maior problema é que eu sou espontânea demais eu sou intensa demais.isso geralmente irrita as pessoas eu faço o que eu quero eu não vejo problema nisso se eu quero ir à Paris eu posso ir à Paris porque eu não vou a Paris isso incomoda as pessoas eu poder fazer o que eu quiser e não ligar para o que elas pensam.Atualmente assim como no resto da minha vida,estou aqui perdendo tempo na minha confortável casa em Beverly Hills, Los Angeles,Califórnia. Estou entediada por mais que Los Angeles seja a cidade da minha vida,nada de interessante aconteceu no último verão,sem pessoas interessantes ou lugares para ir pelo menos amanhã é o meu primeiro dia de faculdade na maravilhosa universidade da Califórnia. O chato é que eu vou continuar morando nessa casa não consegui um dormitório, então fazer o quê né?não estou nem um pouco ansiosa,acho que isso é um bom começo.

17 de Julho de 2020 às 01:25 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Nada como um dia apos o outro.

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 3 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!