hillarygomes Híllary Gomes

Esta é a história de Isabelly. Uma garota alegre e divertida que, infelizmente, está prestes a se mudar de cidade. Com acontecimentos repentinos, tudo desanda na vida de Isy. E ela descobre que confiar muito nas pessoas não era mais um ponto positivo e esperto em sua vida. Isy iria se despedir da Flórida triste e com o coração machucado, porém forte e decidida de que essa era, sem dúvidas, a melhor coisa a ser feita. Então, por ironia ou sarcasmo do destino, a garota vira vizinha de Matteus, o playboy popular da escola. O que será desses dois? A nova vida em Chicago reserva muitas coisas para a jovem Isy, incluindo um romance muito clichê e suas desavenças. Aventuras a aguardam. Venha conhecer!


Ficção adolescente Todo o público.

#amizade #drama #escola #amigos #romance #clichê #hot #aventura #amor #adolescentes
0
526 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 10 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo

Ser Isabelly Johnson e ter 17 anos, não é fácil.

Morar com os pais e ter o irmão longe também não é fácil, mas eu consigo lidar com tudo isso.

Porém, estar no segundo ano do colegial e ter de mudar de cidade é algo que eu não estou conseguindo suportar.

Meu irmão mais velho, Alec, mora em Chicago. E eu, moro com os meus pais em Miami, na Flórida.

Recentemente, minha mãe colocou na cabeça que eu deveria ir passar um tempo com o meu irmão. Ao que, obviamente, meu pai concordou.

Eu recusei, não queria ir para Chicago, mesmo porquê esse “tempo” que ela deu parecia ser a vida toda. Já imaginava que iriam dar um jeito de me “expulsar” igual fizeram com Alec, então, ofereci de morar sozinha, aqui mesmo, para poder dar privacidade aos dois, mas não aceitaram.

Você não tem responsabilidade suficiente para morar sozinha, Isy”, disse minha mãe.

Irá arrumar muitos amigos, querida. Todos irão te amar. Quem sabe não arruma um namoradinho também!”, esse foi o meu pai.

Eu não estava me satisfazendo com nenhuma das opções. Não tenho responsabilidade suficiente? Da onde ela tirou isso?

Eu sei muito bem me virar sozinha e se a preocupação dela é com comida, eu sei fazer o básico do básico e posso muito bem me virar comprando comida pronta no mercado. E eu ganho mesada todo mês, da para pagar uma empregada para arrumar a casa aos finais de semana.

E para que eu quero um namoradinho se eu tenho o Liam? Ele é o meu quase-namorado... Apesar de meus pais não o conhecerem muito bem.

Mas mesmo assim, ninguém concordou comigo.

Ter de morar longe significava abandonar meus amigos, minha reputação, meu quase-namorado, o lindo professor de educação física e toda a minha vida aqui. Não queria deixar tudo isso. Aqui é o meu lugar, eu nasci e me criei aqui. Minha vida é aqui.

Mas retrucar e chorar, o que eu já tinha feito muito, não estava e nem iria adiantar de nada.

Seria uma nova vida.

Eu não queria isso.

Não queria nada disso!

Mas será que seria tão ruim assim?

8 de Julho de 2020 às 21:35 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Capítulo 1

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas