ajfrancklyn aj francklyn

Missões, missões, missões. Boin se entediava, tanto com o tempo gasto, como com o seu papel nelas. Por isso que nelas, buscava se distrair de todas as formas, mas nem sempre conseguia. É quando conhece Pedro. Não! Espera... Ela não conhece Pedro, ela conhece os sonhos de Pedro e passa a visitá-los com frequência, ganhando energia e satisfação. Já Pedro trabalhava duro em seu emprego, mas sentia que aquilo não estava certo, e mais, que o mundo não ia bem e que algo estava prestes a acontecer. Mas ele abandonou essas preocupações quando conheceu Boin. Se havia alguma promessa de futuro com ela? Quem sabe? Mas qual seria o sacrifício para manter ao seu lado uma criatura infernal?


Romance Romance adulto jovem Para maiores de 18 apenas.

#romance #drama #amor #sexo #violência #prostituição #traição #apocalipse #inferno #anjos #paraíso #possessão #demônios #dominação
7
6.1mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

001

A brisa quente e carregada com uma espécie de fuligem preta, soprou e balançou-lhe os cabelos para, em seguida, descer rodopiando rumo à claridade laranjada bem lá embaixo. Era um brilho distante e que pouco iluminava, principalmente num lugar tão profundo como aquele. Mas ela já estava acostumada e até gostava porque, além de estar ali por muitos milênios, naquele lugar não havia muito a ser visto. Tinha solo rochoso e acidentado, muitas vezes em estado incandescente. Tremores e terremotos inesperados. Vapores e gases tóxicos que flutuavam em um ar quente e asfixiante. Ou seja: similar a tantos outros lugares acima daquele ponto.

"O Inferno sempre é assim." — Ela sabia.

Ao redor dela, tudo se mantinha como sempre fora: ermo e abandonado. Ao menos assim ela pensava, e foram raras as vezes que encontrou algum outro ser por ali. Por isso sentia uma despreocupação em se manter sentada, na ponta daquela projeção, sob o Abismo. Ela não se sentia ameaçada.

Novamente a brisa quente chegou até ela, e dessa vez foi mais forte. Ela se levantou, bateu nas partes onde havia alguma poeira e se teletransportou para onde fora chamada. Foi quase instantaneamente que parou diante dos portões da fortaleza, e caminhou até a sala de quem a invocou. Queria mesmo se teletransportar de um ponto a outro, até chegar ao local. Mas não tinha energia suficiente para executar a sua principal, para não dizer única, habilidade tantas vezes. No lugar, atrás de um balcão de pedra, a entidade a olhou de cima abaixo e, duplamente, não gostou do que viu. Primeiro por ter que chama-la duas vezes e, segundo, porque ela era de aparência singela, sem adornos, sem acessórios, sem armadura e sem vistosas armas. Itens que, de certo modo, são da composição básica de um demônio. Mesmo assim entregou-lhe o pergaminho com as informações necessárias para a missão, e apontou a direção de uma porta que ficava ao lado do balcão. Ela avançou até a próxima sala, onde encontrou sua passageira e, ao se aproximar, sentiu a atmosfera promíscua, além de uma alta concentração de energia sexual. Independente do que pensasse ou sentisse, apertou-lhe a mão, concentrou-se e desapareceram.

Sua noite estava apenas começando.

24 de Junho de 2020 às 21:01 1 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo 002

Comente algo

Publique!
Leitura TDB Leitura TDB
Adorei o começo da sua história Estou aqui TB para te fazer um convite O Grupo Tdb está com um concurso para obras de romance com uma premiação incrível. Para mais informações chame no WhatsApp (65)999656719 (Ana) ou (11)95689-4597 (Taty), que estaremos ansiosas por lhe atender
August 12, 2020, 11:44
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 58 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas