fromkais honey .

Wooseok tinha certeza do que tinha escutado, ele podia até lembrar exatamente o tom da voz de Hyunggu ressoando em sua mente, estava baixo mas não chegava a ser um sussurro e as palavras que o rapaz disse eram claras demais para ele se esquecer. "Me encontre na parte dos fundos depois da aula." O rapaz não sabia exatamente o porquê Hyunggu tinha marcado uma briga com alguém, ele era um dos estudantes mais tranquilos daquela escola


Fanfiction Bandas/Cantores Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#yuki #pentagon
0
595 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Parte I de II

Wooseok tinha certeza do que tinha escutado, ele podia até lembrar exatamente o tom da voz de Hyunggu ressoando em sua mente, estava baixo mas não chegava a ser um sussurro e as palavras que o rapaz disse eram claras demais para ele se esquecer.

Me encontre na parte dos fundos depois da aula.

O rapaz não sabia exatamente o porquê Hyunggu tinha marcado uma briga com alguém, ele era um dos estudantes mais tranquilos daquela escola, tinha o seu grupo de amigos e mal se ouvia fofocas sobre ele, na verdade as únicas coisas que escutava do outro era sobre sua disponibilidade para ajudar os outros estudantes. E se tivesse que realmente falar de uma fama que seguia o melhor amigo seria de ficar muito tempo estudando na biblioteca, nada ligado a brigas.

Então era compreensivo as reações de Hwitaek e Hongseok. Ele mesmo ficou um pouco surpreso com tudo aquilo.

"Pera aí, você está dizendo que o Hyunggu, nosso Gu, vai brigar com alguém hoje no pátio dos fundos? Depois da aula?" Hwitaek disse com a sobrancelha levantada para o irmão mais novo "Desculpa, mas não acho que seja verdade. Ele não bate nem no Hongseok quando ele fica enchendo o saco, ele ia bater em alguém na escola? Não parece algo real para mim, pelo menos não algo que o Gu faria."

"Primeiramente, ei!" O moreno disse um pouco ofendido. "Segundo o que o Hui disse faz sentido, muito sentido, mas conta essa história direito, porque eu ‘tô achando que é mentira, o Hyunggu não iria brigar com ninguém, muito menos na escola" Hongseok parecia realmente desacreditado de tudo, conhecia o amigo e sabia que ele não machucaria nem uma mosca direito.

Hyunggu era do tipo de realmente acabar chorando caso matesse o inseto.

O mais novo dos três respirou fundo.

"Eu já disse, eu fui devolver alguns livros que o Changgu pediu e eu aproveitei para ver se tinha o livro que eu precisava para a aula de história, né. Aí eu vi a cabeça ruiva do Hyunggu passando," Wooseok falava enquanto tentava ficar o mais sério possível ao mesmo tempo que aproveitava o resto das batatas fritas no prato do irmão. "Eu vi ele indo para a sessão de biografias, e vamos lá quem lê biografias aqui?"

Os dois meninos deram de ombro.

"Exato, ninguém, por isso eu decidi ir atrás dele, mas não esperava que tinha mais alguém lá. Não entendi direito o que estavam falando, mas a voz parecia muito com alguma que eu já conheço, sabe? Eu tentei ver quem era, mas quando ia conseguir..." Os mais velhos se aproximaram para poder escutar melhor o que ele falava. "Ele falou isso de se encontrar depois da aula nos fundos da quadra e saiu andando como se tivesse atrasado.”

Um pequeno silêncio tomou conta da mesa, até que Wooseok terminou de mastigar as últimas batatas para continuar.

“E quem se encontra para alguma nos fundos da escola, depois da aula, se não para uma briga?"

Apesar do falso clímax os meninos continuavam intrigados com a situação toda, tanto que ainda mantinham o interesse nas palavras do mais novo e ignoravam o fato de seus almoços estarem sendo roubados aos poucos.

"Mas por que ele iria brigar? Quero dizer, todo mundo gosta do Gu, bom, quase todo mundo às vezes ele pode ser um pouco tímido demais e ignora as pessoas? Talvez, mas ainda sim." Hongseok disse. "Não acho que seja verdade essa história aí não. E se for, não acho que seria o Hyunggu."

Hwitaek parecia estar pensativo, digerindo toda a informação que tinha escutado, o mais novo, no entanto, não esperou que ninguém realmente o respondesse para continuar.

"O ponto aqui é que, Hyunggu possivelmente vai brigar com alguém e nós como amigos dele vamos aparecer para ajudar."

Com isso Wooseok pegou sua mochila e se afastou da mesa, os dois rapazes continuaram sentados se encarando como se fossem ter uma resposta aos questionamentos que surgiram naqueles poucos minutos.

Porém não demorou para que Hongseok desse de ombros e se levantasse para ir pegar mais alguma coisa para comer, eles iriam tentar entender a situação, mas primeiro iriam almoçar.

(...)

O dia passou mais lento do que Wooseok esperava, depois do almoço ele ainda teve que aguentar mais quatro aulas para finalmente conseguir ir presenciar a tal briga, ele até conseguiu enviar uma mensagem para Hyunggu na troca de aulas dizendo que não era para ele se preocupar que os amigos estariam lá para o ajudá-lo qualquer que fosse o motivo.

Justamente naquele dia eles não tinham nenhuma aula juntos.

Apesar de não ter entendido muito bem a resposta que o mais velho enviou com vários pontos de interrogação, deu de ombros, quando mais ocupado ficasse mais rápido o tempo iria passar.

Essa técnica sempre funcionava quando ele mais queria.

E talvez Hyunggu não quisesse admitir que iria brigar pela primeira vez na vida, ele entendia totalmente a posição dele em ficar receoso. Ele mesmo nunca tinha brigado, então não saberia como iria reagir se tivesse que participar de uma briga sozinho, o amigo realmente deveria estar nervoso.

Depois que decidiu focar em todo o trabalho escolar, o tempo passou mais rápido do que o esperado nas aulas, quando se deu conta o último sinal havia tocado.

Logo o moreno estava no corredor esperando seu irmão e Hongseok chegar, talvez o resto dos amigos também iriam aparecer, pelo que viu as mensagens que chegaram no grupo criado apenas para a ocasião.

Como ficou do nome do grupo: Operação AHAB ou simplesmente operação ajudar Hyunggu a brigar.

Um nome brega para uma situação estranha, a combinação perfeita.

Apesar de esperar que os amigos realmente aparecessem, não esperava era encontrar por um grupo de no mínimo doze pessoas das quais ele nem tinha certeza se conhecia ou não.

"Por que tem tanta gente aqui?" Wooseok perguntou se dirigindo aos dois amigos principalmente.

"Talvez eu tenha falado com o Wonho, e depois com minha dupla da aula de física e com o pessoal do grupo de dança." Hongseok disse com o sorriso mais inocente de todos. "Sabe como é né, quando eu me empolgo eu falo mesmo."

Wooseok olhou para o namorado de Hongseok e também o mais velho do grupo de amigos, Jinho, que fazia um tipo de comprimento com um dos estudantes chineses.

O dia estava ficando cada vez mais estranho.

"Eu tentei falar para eles que não deveria ser nada demais,” Hwitaek deu de ombros. "Quando eu cheguei aqui só tinha quatro pessoas o resto veio com o Hongseok."

Bom, se eles estavam indo para uma briga quando mais, melhor, não é?

"É uma briga no fim das contas né?”

Wooseok olhou para todos ali, estavam em um número razoável com toda certeza Hyunggu não iria esquecer da sua primeira briga. Ainda mais porque seus amigos apareceram para o ajudar.

30 de Maio de 2020 às 17:31 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Parte II de II

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!