tkbiased taekooked by taekook

Jungkook não podia imaginar que Kim Taehyun era na verdade Kim Taehyung, um homem com um enorme pau entre as pernas bem contornadas, se não fosse pela prova bem a sua frente, ele jamais descobriria que a bad girl da escola, era na verdade um cara bem mal!


Fanfiction Bandas/Cantores Todo o público.

#fanfic #bts #jungkook #badgirl #vkook #taekook #kookv #taehyung #shortfic #bangtanboys
0
210 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

1: Bad Girl ou Garoto Mal?

1: Bad Girl ou Garoto Mal?

Jungkook observava como Kim Taehyun mexia os quadris na pista de dança, um copo em sua mão levantado no ar enquanto rebolava chamando a atenção de todos que ali estavam.

— Não vai me dizer que ‘tá de olho nela. — Park Jimin chegou ao seu lado, tropeçando um pouco por estar bêbado, carregando uma garrafa de cerveja em uma das mãos enquanto que a outra circulava seus ombros para que ele pudesse se manter em pé. — Você sabe, ela é uma ‘bad girl’.

Ao rir, Jimin soluçou junto, fazendo Jungkook rir.

— Não ‘tô de olho em ninguém, mas é impossível não notá-la.

Dando de ombros, Jungkook se virou de frente para o amigo, fazendo Jimin retirar o braço de seu ombro e se apoiar na mesa do bar.

— Você ‘curte garotas más, Kook? — O sorriso insinuante nos lábios de Jimin o provocavam, mas ele não iria cair em seus joguinhos infantis.

— Não. — Simplesmente com uma resposta curta, Jungkook decidiu ignorar seu amigo pela milésima vez naquela noite e pegar uma cerveja para si.

— Ah, você vai ficar me ignorando? — Jimin voltou a soluçar, recebendo risos de Jungkook. — Não ria de mim!

Pegando sua cerveja oferecida pelo barman, Jungkook piscou para Jimin e se retirou para um lugar mais reservado, longe de Park Jimin bêbado, que se tornava insuportável.

Ao passar das horas, Jungkook já havia terminado sua quarta cerveja e estava ficando cansado de ficar parado ao lado da porta do banheiro masculino, pois ali ainda era o lugar mais sossegado de todo o bar. Largou a garrafa vazia em uma mesa próxima e decidiu ir até o banheiro antes de dirigir para casa, entrando percebeu que agora o local tinha mictórios do lado de fora, algo que em sua opinião era desnecessário e desconfortável mijar enquanto poderia ser observado pelo colega ao lado.

Com esse pensamento em mente, Jungkook ignorou os novos mictórios e se dirigiu para o banheiro mais seguro com portas e paredes que o circulavam, puxou o zíper para baixo e fechou os olhos ao mirar o buraco grande do vaso e iniciar seu alívio.

assim como tudo estava calmo, Jungkook ouviu um guincho de desaprovação feminino, talvez vindo do lado de fora do banheiro? Ele não sabia ao certo, mas se assustou ao escutar um tapa forte contra a parede de madeira do banheiro ao seu lado.

— Taehyun!

Era um grunhido feminino, mas parecia distante.

— Não tem ninguém, acalme-se.

Jungkook engoliu em seco ao escutar a voz e reconhecer o nome chamado, Taehyun estava no banheiro masculino? Será que com algum cara?

Engolindo em seco, Jungkook silenciosamente fechou o zíper das calças e continuou em silêncio tentando escutar a movimentação mas os barulhos pararam assim como a porta se fechou, acreditando estar sozinho novamente, Jungkook destrancou a porta do banheiro que ocupava e inseguro saiu para fora, dando de cara com os mictórios, um enorme espelho e Kim Taehyun, fazendo xixi em um dos mictórios, com sua saia levantada e segurando um pau enquanto mijava.

A cabeça de Jungkook começou a girar, pois o que via era inacreditável. Um pênis?

— D-Desculpe!

Nervosamente Jungkook tentou fingir não ter visto nada e passar longe da mulher? Ele não sabia mais, mas ele nem sequer quis lavar as mãos simplesmente caminhou apressado para a porta de saída com um nervosismo incomum.

— Espere! — Kim Taehyun gritou, mas dessa vez com uma voz grossa que fez Jungkook travar em sua caminhada. — Digo, espere por favor. — Parecendo se recompor, Taehyun voltou a usar sua voz normal, delicada e meiga. — O que você viu aqui-

— O que eu vi? Eu não vi nada! — Tentando não encarar a mulher, Jungkook engoliu em seco e continuou a caminhar, mas antes de alcançar a maçaneta, uma mão segurou seu braço, fazendo-o virar para encarar Taehyun.

— Você viu, mas não deveria ter visto. — Taehyun estava com um semblante sério, os olhos estavam vidrados, talvez ela estivesse muito bêbada e Jungkook também, por isso ele estava vendo coisas onde não tinham. — Não posso deixá-lo ir sem que tenhamos uma conversa sobre isso.

Kim Taehyun começou a puxá-lo de volta para dentro do banheiro, até chegar ao mesmo que ele havia estado minutos atrás e entrarem, sem perder tempo, Taehyun trancou a porta e o empurrou contra o vaso, fazendo-o sentar.

— Quem sou eu?

Um pouco confuso, Jungkook olhou espantado para a mulher em sua frente.

— Kim Taehyun. — Jungkook engoliu em seco, pensando se ela realmente era quem falava ser.

— Certo, porém além desse nome que eu conquiste nessa faculdade eu tenho minha reputação. — Taehyun começou a arrumar a saia e seu pênis, deixando Jungkook observar todos os movimentos e até mesmo olhar o pênis que ela escondia entre as camadas de calcinhas e meia-calça. — Você me conhece?

— Sim, você é uma Bad Girl.

— E você sabe por que me nomearam assim?

Jungkook não sabia ao certo se os rumores eram verdadeiros, porém ele poderia acreditar que sim ao presenciar tudo o que estava acontecendo a sua frente.

— Você ganhou esse apelido por que você não transa com seus namorados e ficantes, nunca deixa eles lhe tocarem ….. lá embaixo. — Totalmente constrangido, Jungkook só queria fugir e esquecer tudo.

— E você pode imaginar agora o por que não os deixo mexer aqui embaixo? — Taehyun apontou para o meio das pernas, dando a entender seu ponto de vista. — Só que agora tem alguém que sabe meu segredo e como podemos resolver isso?

Jungkook começou a suar, com o pensamento de ser morto ao ter descoberto, sem querer, o segredo de Kim Taehyun.

— Por favor, não me mate. — Começando a entrar em desespero, Jungkook começou a respirar rápido, sua garganta secou com o pensamento.

— Por favor, não irei matá-lo. A menos que seja realmente necessário. — Com uma piscadela de olho, Taehyun riu. — Mas, eu não posso deixá-lo ir assim, você descobriu meu segredo e isso é muito grave.

Jungkook rezava para que ele pudesse desver algumas coisas.

— Por favor, eu não vou contar para ninguém.

— Ah, isso é certo que você não vai. — Taehyun levantou a saia e baixou as duas calcinhas que serviam para esconder seu pênis, o membro flácido apareceu em frente aos olhos de Jungkook fazendo-o guinchar em desespero. — Isso — Taehyun apontou para o próprio pênis para dar ênfase em suas palavras. — Jamais poderá ser descoberto, pois eu poderei ser linchada da faculdade, talvez até assassinada se meus antigos namorados descobrirem que eu sou um homem.

Concordando freneticamente com a cabeça, Jungkook tentava não reparar no membro flácido em sua frente.

— O que você quer que eu faça? — Questionou Jungkook, se recompondo no assento do vaso sanitário.

Taehyun recompôs suas roupas, voltando a parecer a menina bonita que sempre fora.

— Mantenha segredo, eu irei pensar em algo para evitar escândalos. — Com um olhar severo sobre o homem sentado no vaso sanitário, Taehyun finalmente sorriu ingenuamente. — Qual o seu nome mesmo?

Engolindo em seco, Jungkook lambeu os lábios em nervosismo.

— Jeon Jungkook.

— Prazer em conhecê-lo, Jungkook.

E com um sorriso tímido, Taehyun se retirou do banheiro, deixando Jungkook para trás totalmente atordoado e pensando no que iria fazer perante toda essa situação.

22 de Maio de 2020 às 15:54 0 Denunciar Insira 0
Continua… Novo capítulo A cada 30 dias.

Conheça o autor

taekooked by taekook Estou aqui para enaltecer o couple taekook. Taekook namora bonitinho, mas transa selvagem ^^

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~