Contagem regressiva para a Copa dos Autores 2020. Registre-se agora e tenha a chance de ganhar prêmios!. Leia mais.
artemisiajackson Artemísia Jackson

Em meio ao caos e a destruição, uma música soava em sua cabeça, trazendo um turbilhão de memórias: "Cinquenta e um... Cada tiro mata um Pá Pum Tchau" Aquela música era o tiro que lhe faltava. Mas Hawks não ia morrer, e sim renascer como uma fênix, com novas convicções e uma amizade um tanto monstruosa. Mas nada disso importava — afinal, o tinha encontrado; o dono daquele olhos azuis que por tanto tempo havia procurado.


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 18 apenas.

#monstro-de-laboratório #ficção #área-51 #dabihawks #fanfic #monstros-ink-desafio #boo
8
4.4mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Epígrafe

Não nascemos monstros

Nos tornamos

Ou em alguns casos, somos criados

Mas independente de tudo

Ainda há uma escolha

Sempre, em algum momento, haverá a escolha

E sempre só dependerá de nós escolher quem vamos ser;

Monstros, ou humanos?

E isso não tem a ver com aparência

Tem a ver com coração

Cada um irá seguir o que ele pede com mais devoção.

Netuno Chase

20 de Maio de 2020 às 21:54 8 Denunciar Insira Seguir história
11
Leia o próximo capítulo Prólogo

Comentar algo

Publique!
Inkspired Brasil Inkspired Brasil
Olá, Netuno! Somos do time de Comunidade da Embaixada Brasileira do Inkspired, responsáveis pelo desafio Monstros Ink., e ficamos muito felizes com a sua participação; é sempre bom ver essa disposição para a escrita. Bom, vamos lá! É interessante essa abordagem de quem verdadeiramente é o monstro da história. O início deixa claro isso, e o caminho até o final nos deixa curiosos para ver que tipo de “outro monstro” estaria sendo criado pelo primeiro. Essa curiosidade, apostamos, deixou muitos dos leitores saciados até o final. A ambientação é simplesmente incrível, desde o primeiro capítulo, no qual cada personagem possui local de fala nos momentos ideais, até o encaminhamento de Hawks à Área 51. Essa descrição apurada de lugares tecnológicos e revolucionários geralmente é um foco em muitas obras de ficção científica, e você conseguiu bem demonstrar o necessário do local onde tudo corria. Sua atenção aos “furos da história”, como a cautela de Hawks ao chegar em Las Vegas é de se destacar, já que em situações do tipo, espionagem, no caso, a descrição detalhada do espião, sem que haja furos, é difícil. Por mais que não tenha acontecido um confronto no final, a história seguiu bem o que você já tinha proposto na capa. “O pior monstro é aquele que cria. O criado é apenas mais uma vítima”. Sem pontas soltas, diríamos. A parte em que aparece a brincadeira do tiro também ficou muito bem colocada. Além de dar mais profundidade ao momento, também manteve a coesão do seu texto e fez com que o leitor se sentisse mais próximo dos personagens. Parabéns! Entretanto, há certas partes que necessitam de atenção. Muitas partes pareceram convenientes demais, como uma tentativa para encurtar caminhos que, dentro de um sci-fi, requerem maior desenvolvimento. Um exemplo forte é a passagem de esgoto que dava na Área 51, diretamente na “cela” de Dabi. Sim, há o limite de palavras, infelizmente isso é um obstáculo e tanto… porém, vale mais escrever a obra toda que se tem em mente para depois cortar partes desnecessárias. Quanto à curiosidade que temos para ver a Área 51 e Dabi, apenas a de Dabi foi saciada, não havendo maior exposição sobre a Área 51. Sim, também sabemos que descrever toda a Área 51 demandaria muitas e muitas palavras, não suportadas pelo Edital de Monstros Ink., porém, sentimos falta de mais cenas dentro desse espaço, pois, afinal, ele é o título da obra. Talvez você pudesse ter desenvolvido mais o lugar quando o Hawks chegou, ou fazer um trecho sob o ponto de vista da infiltrada ou nos apresentar a Área 51 de alguma outra forma. Hawks, antes de chegar à cela, estava muito curioso a respeito de Dabi, suava frio e ansiava (talvez não) por descobrir que algo era esse que resgataria. Quando finalmente se depara com esse algo, sentimos que nos mostrar a visão do monstro diminuiu um pouco o mistério que o envolvia. Talvez fosse mais recompensador descrever toda a experiência apenas e puramente na visão de Hawks. A partir do momento que você descreve a história na visão do monstro - até então cheio de suspense pela história - esse mistério acaba, porque o leitor passa a ter uma visão mais clara dele, já que está a conhecê-lo. Como você utilizou um personagem já existente, sentimos que seu texto se desviou um pouquinho do que pedimos no edital. Entendemos que o Dabi de Boku no Hero seja diferente (principalmente em questão de tamanho), porém seus poderes (individualidade) aparentam ser iguais, além da cor e do próprio fato de ele ter uma pele que parece a ponto de explodir. Achamos muito interessante todo o seu desenvolvimento e estamos admirados com o seu comprometimento com o desafio, porém criar um personagem novo em vez de modificar um já existente no mangá teria feito seu texto se enquadrar melhor no que pedimos. Bom, aqui chegamos ao final. Nós, do time de Comunidade da Embaixada Brasileira do Inkspired, ficamos muito contentes com sua participação, pois assim nos concedeu a chance de ler Área 51.
Rodrigo Borges Rodrigo Borges
Aah, e eu não podia concordar mais com isso. Eu já comentei com C Clark, é muito bom, para mim, ler histórias que abordam essa consciência de que uma pessoa guarda milhares de potenciais, inclusive pro mau.
May 21, 2020, 17:46

  • Artemísia Jackson Artemísia Jackson
    Eu fico triste porque geral concorda mas fico satisfeita por ter soado real ksksks é mesmo algo do ser humano, né, infelizmente. Obrigada por ler e votar <3 May 21, 2020, 19:12
  • Rodrigo Borges Rodrigo Borges
    mal ** uuhg q agonia June 02, 2020, 15:56
CC C Clark Carbonera
Waaaaa! Adoro a Área 51! haha já me conquistou pelo título :P E essa citação é bem verdade mesmo, também creio que somos nós que escolhemos se seremos monstros ou não
May 21, 2020, 12:48

  • Artemísia Jackson Artemísia Jackson
    Hehe também adoro, pretendo dar uma surpresa com relação a isso mas não sei ao certo, estou ponderando. E sim, eu também acredito que é questão de escolha, sabe? Bom, fico feliz que tenha gostado, obrigada por votar e comentar <3 May 21, 2020, 16:16
Verônica Ashcar Verônica Ashcar
Olá, minha mais maravilhosa dessa vida, tudo bom? Já começa com esse tiro no meio na minha cara, essa analogia bafo da realidade, não precisa por exemplo ter uma aparência assustadora, isso é magnifico.... Correndo para ler essa beleza! <3
May 21, 2020, 01:43

  • Artemísia Jackson Artemísia Jackson
    Pensei que tinha respondido, desculpa mana, mas que prazer te ter por aqui, acho que já respondi outro comentário teu, né? Aí mas muito obrigada pelo elogio, é como eu digo, hereditário, por isso sou sua sobrinha <3 June 02, 2020, 17:54
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 4 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Mais histórias

Cartas Jogadas Cartas Jogadas
Fadado a você Fadado a você
Venom of Venus Venom of Venus