kanaey kanaey

Como podia existir um ser tão frágil?


Fanfiction Anime/Mangá Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#boruto #Orochimaru-pai #mitsuki-bebê
Conto
0
504 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Pai

Orochimaru observava com certo fascínio o pequeno bebê que dormia tranquilamente em seu berço, admirado como seres tão frágeis e indefesos podiam existir.


Não havia muitas semelhanças entre eles, a não ser pela pele extremamente pálida. Mitsuki era seu filho — ainda que não tivesse sido gerado por meios que as pessoas consideravam "normais" —, ele era tão pequeno, tão inocente. Havia aquela sensação estranha que sempre aparecia quando olhava para Mitsuki, aquela sensação de que tinha que o proteger, mas exatamente de que? Orochimaru pensava que independente de quanto você protegesse alguém não poderia impedir que se machucasse, que o mundo mostrasse como as coisas são de verdade. Talvez essa sensação de querer proteger fosse algo normal para um pai? Talvez, pensava.


Nunca havia tido a preocupação de cuidar de alguém que dependesse tanto dele, era tudo tão novo. Havia convivido um tempo com Uchiha Sasuke, mas nada que o preparasse para ser pai. As vezes essa palavra soava tão engraçada quando se direcionada a ele, que ironia da vida.


As vezes pegava-se pensando em como seria quando Mitsuki crescesse e entrasse para a academia ninja, ele conseguiria amigos? Se formaria? Achava esses pensamentos bobos, mas era quase impossível evitar que eles lhe vissem a mente.


Com toda a certeza, seu filho seria um ninja forte, ele continha um grande poder, só teria que esperar que ele crescesse para o ensinar a usa-lo. Até lá sua tarefa seria dar a mamadeira quando ele estivesse com fome, trocar as fraldas, dar banho e muitas outras coisas. As vezes ficava incrédulo, ele trocando uma fralda? Como as coisas vieram chegar a esse ponto?


Um choro estridente o fez voltar a realidade, olhou as horas e já passava das 7 da manhã, Mitsuki deveria estar com fome. Suspirou, teria que preparar uma mamadeira.


Levantou-se da cadeira onde estava sentando e antes de se direcionar a cozinha, sussurrou:


— Espero que quando você já estiver grande, faça tudo isso valer a pena.





31 de Maio de 2020 às 15:42 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

kanaey ⠀⠀⠀⠀⠀⠀𝙋𝙇𝙐𝙎 𝙐𝙇𝙏𝙍𝘼! -'ღ'- ⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~