kanaey kanaey

É dia das crianças e Hashirama quer comemorar essa data com seu namorado, Madara. Só que Madara não sabia que era dia das crianças....


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 18 apenas.

#confusão #yaoi #engano #hashirama #madara #comédia #hashimada
Conto
1
526 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Feliz aniversa...dia das crianças!

— Madaraaaaaaaaa — Hashirama Senju chamou, e sem esperar uma resposta, abriu a porta com uma das mãos enquanto a outra segurava uma pequena sacola atrás das costas.

— Não sabe bater antes de entrar, Hashirama. — O homem deitado sobre a cama resmungou mau humorado, aquele mau humor que Hashirama Senju conhecia muito bem. — Espero que tenha um bom motivo para ter invadido minha casa em plena quatro horas da madrugada!

Foi por pouco, mas Hashirama consegui desviar a tempo de um travesseiro jogado na sua direção, e como a pessoa alegre que era, sorriu grande antes pegar o mesmo travesseiro e arremessar de volta, acertando em cheio a cabeça de Madara Uchiha.

— Mais que inferno! O que você quer, Senju?! — Madara se sentou na ponta da cama, o pobre travesseiro novamente sendo arremessado e dessa vez, acertando Hashirama em cheio.

— Madara, você realmente se esqueceu que dia é hoje?

O rosto sério de Hashirama e a voz em tom magoado quando pronunciou aquela pergunta fez Madara despertar de uma vez de seu estado meio sonâmbulo e ficar em alerta.

"Merda, o que será que eu esqueci agora? Sera que hoje é o aniversário dele? Não, é so daqui a alguns meses, espera... Que mês estamos mesmo? Droga, sera que hoje é mesmo o aniversário dele? Hashirama não pode saber que esqueci, se não vai ficar magoado"

— É claro que não me esqueci amor, como pensa que eu poderia deixar esse dia passar em branco! — Sorriu forçado, rezando mentalmente a todos os deuses para que Hashirama não percebesse a mentirinha que estava contando.

— Sabia que não se esqueceria dessa data tão importante para mim, Madara. — O Senju agora tinha um grande sorriso de orelha a orelha empreguinado na face. — Olha, eu te trouxe um presentinho para comemorarmos.

Certo, Madara não iria perguntar o porquê de estar ganhando um presente sendo que o aniversariante ali não era ele, porém, não questionou o namorado sobre isso, Hashirama Senju era cheio de manias estranhas.

— Ah! Não precisava Hashirama. — Aceitou sorridente a sacola de cor rosa choque que lhe era oferecida sem questionar o porquê daquela cor tão chamativa, e a colocou em cima da cama. — Eu também comprei algo para você, espere só um minutinho aqui que vou buscar.

Sem esperar alguma reação do namorado saiu do quarto rapidamente, pegou a chave do carro em cima da mesinha da sala e seu casaco jogado no sofá. Naquele momento Madara não dava a mínima para seu cabelo desgrenhado ou o fato de estar de pijama do homem de ferro, ele só pensava em que presente deveria comprar para o Senju e em ser rápido nessa tarefa para que ele não desconfiasse de nada.

•••

Rodou toda a cidade, comprou tanta coisa, algumas úteis para presente outras nem tanto, e ainda assim sentia que nada daquilo era apropriado para presentear o amado.

O banco de trás do carro estava lotado e Madara resolveu que era melhor voltar para casa, deveria ter passado um bom tempo desde que saiu. Procurou pelo celular no bolso do casaco e quando encontrou, quase surtou ao ver que já passavam das oito horas da manhã. Hashirama talvez já tivesse ido embora por ter ficado tanto tempo esperando.

O carro rodopiou no asfalto quando virou as pressas em uma curva, daqui a alguns meses com certeza chegariam várias multas de trânsito para ele por estar dirigindo tão rápido. Mas não dava a mínima para isso, afinal, poderia resolver isso com dinheiro, já o fato de ter esquecido o aniversário de Hashirama....

Estacionou de qualquer modo em frente a sua casa, pegou do banco de trás um buquê de margaridas e uma pequena caixinha onde dentro havia um colar que como muitos diziam: custou o olho da cara. Bem, essa foi a melhor combinação de presentes que havia pensado no momento.

Sua apreensão suavizou ao entrar em seu quarto e encontrar o Senju dormindo tranquilamente. Madara ficou um tempo observando o outro homem dormir, até que resolveu acorda-lo.

— Hashirama, acorda...Ei, acorda... — Balançou de leve o ombro dele até que seus olhos se abrissem por completo. — Parabéns! — Lhe ofereceu o buquê, observando Hashirama ficar emocionado.

— Madara, você é realmente um namorado maravilhoso. — O Senju tinha lágrimas nos olhos e parecia muito surpreso.

— Ei, essa frase é minha!

Os dois riram, até que Madara se inclinou e beijou o namorado, um beijo demorado que deixou os dois sem fôlego por alguns segundos.

— Vamos abrir os presentes ao mesmo tempo, que tal? — Hashirama indicou os dois presentes em cima da cama, enquanto ainda respirava rápido.

O Uchiha apenas concordou, essa era uma mania do outro. Assim que ambos estavam cada um com seu respectivo presente, contaram até três e desembrulharam, revelando assim o presente.

Assim que Madara havia pego o embrulho nas mãos, soube que era alguma roupa, tudo bem até aí. Só que tudo sendo certo demais não combinava com Hashirama Senju, e isso se confirmou mais uma vez ao ver que havia ganhado de presente uma fantasia de gatinho. E junto de sua cara de espanto veio a voz alegre do namorado que falou um pouco mais alto do que deveria:

— Feliz dia das crianças, Madara!

— O que?! Por que não me disse antes que se tratava disso?

Estava com uma careta emburrada, mas isso não diminuiu a felicidade que o Senju esbanjava, chegou a pensar que a qualquer momento alguém fosse sair de trás de algum lugar e dizer: ahhahaah é uma pegadinha! Não acredito que você caiu hahaah.
Era bem a cara de seu sobrinho Sasuke convencer Hashirama de fazer algo desse tipo.

— Ué, você tinha tido que não havia esquecido, então pensei que sabia que hoje é dia das crianças, amor.

— Dia das crianças?! Pensei que era seu aniversário! Dirigi por toda a cidade em plena madrugada e ainda por cima de pijama para te comprar um presente, e somente agora me diz que hoje é dia das crianças Hashirama!?

— Bem que estranhei o fato de você ter me comprado um buquê de flores e um pingente só para comemorar o dia das crianças...

— Como pode ter me acordado em plena madrugada para comemorar o dia das crianças? Você já me parece ter passado dessa fase há muito tempo...

— Ok, ok, foi um pouco exagerado da minha parte aparecer aqui tão cedo, mas....

— Mas...? - Madara estava vermelho, e não era de vergonha e sim, de raiva.

— Tudo isso foi muito engraçado, admite. V-Você...

O Senju não conseguiu terminar sua frase, pois explodiu em risadas que até fizeram algumas lágrimas se aglomerarem no canto de seus olhos.

— Isso, ri de mim, Hashirama. — O Uchiha fez uma imitação cafona da risada do namorado. — Aliás, quero saber o porquê da fantasia de gatinho, queridinho.

— Isso, bem... — Hashirama respirou fundo, recuperando o oxigênio que havia negligenciado enquanto ria. — A alguns dias passei em frente a uma loja e vi na vitrine essa fantasia, pensei na hora em você e a comprei. Fiquei um pouco sem graça de te dar ela assim, de repente, então esperei até uma data que coincidisse com a roupa.

— Você quer que eu vista isso? Mas isso é fantasia feminina.

Madara pegou a roupa antes deixada de lado em cima da cama, observando o bojo exagerado onde, quando uma mulher a vestisse, ficaria os seios. Colocou aquela parte por cima do seu peito, provocando algumas risadinhas no namorado.

— Não sei se você percebeu, mas eu tenho um pênis e não uma vagina, ou seja, eu sou um homem e não uma mulher.

— Eu sei, mas você faria gosto ao seu namorado vestindo a fantasia só uma única vez, hum? — Hashirama pegou o arquinho com as orelhinhas felpudas, o colocando na cabeça de Madara. — Você esta um xuxu.

— Só você mesmo, Hashirama Senju, para me aprontar uma dessas.

Madara suspirou, feliz. Mesmo que dissesse não agora, sabia que o namorado encheria tanto seu saco que acabaria aceitando vestir a fantasia. Se bem que, analisando ela mais de perto, não era assim uma roupa que ficaria muito ruim em seu corpo masculino.

31 de Maio de 2020 às 15:36 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Fim

Conheça o autor

kanaey ⠀⠀⠀⠀⠀⠀𝙋𝙇𝙐𝙎 𝙐𝙇𝙏𝙍𝘼! -'ღ'- ⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Mais histórias

Iniciativa Fanficadores - descrição do projeto Iniciativa Fanficado...
O alvorecer do amor O alvorecer do amor
Axis Mundi Axis Mundi