0
590 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Primeiro momento

Estou deitado com minha cabeça no colo de Dazai enquanto observamos o rio de cima da ponte. A mão dele acaricia meu cabelo de leve e junto daquela brisa de início de noite uma sensação gostosa de tranquilidade se apossa de mim aos poucos. O céu vai se tornando mais escuro a cada segundo que se passa, e é impossível não me lembrar que, depois dessa noite, quando amanhecer, mais uma vez, irei me despedir do Osamu e que nosso próximo encontro ficará acaso do destino — que sempre está contra eu e ele.


— Está é uma bela visão para se ter antes de morrer. — Dazai disse baixinho, talvez um pensamento que sairá em voz alta, mas eu ouvi.


Pensei que ele se referisse a visão daquele céu quase negro, mas percebi estar enganado quando senti seu olhar sobre mim. Desvie a atenção para seu rosto e nesse momento nossos olhares se encontraram, ele sorriu daquela forma que só ele sabia, fazendo meu coração bater mais rápido dentro da caixa torácica.


— Então esse foi seu jeito suicida de dizer que gosta de mim? — Perguntei tentando esconder meu nervosismo ao dizer aquelas palavras e principalmente, meu anseio para ouvir sua resposta.


— Palavras não têm poder de impressionar a mente sem o requintado horror da realidade. — Me respondeu, nossos olhares ainda concentrados um no outro.


— Edgar Allan Poe, hum?


— Exato. As obras dele são magníficas.


Ficamos em silêncio após esse breve diálogo, me permiti aprofundar em minha mente e como um tolo apaixonado, tentar entender as palavras ditas por meu amado. Somente Dazai para me deixar assim, vulnerável e exposto em seus braços, aberto ao carinho, sem aquelas muralhas e expressões emburradas que imponho todo tempo. Junto dele sou apenas Chuuya Nakahara, nada mais. Apenas um homem apaixonado por alguém que talvez nunca tenha de verdade.



1 de Junho de 2020 às 12:05 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Segundo momento

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 3 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Mais histórias

Photograph Photograph
A linguagem das flores A linguagem das flores
Protect your e-mail Protect your e-mail