vica-mendes3200 Diana Borges

É aniversário de Lan Zhan, o primeiro após Wei Ying retornar a vida, o que será que a segunda jade de Lan Gusu espera de seu companheiro de cultivo.


Fanfiction Série/ Doramas/Opéras de savon Tout public.

#Wei-Ying #Lan-Zhan #The-Untamed #Grandemaster-of-Demoniac-Cultivacion
Histoire courte
2
3.9mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Feliz aniversário

Vê-lo ressoar tranquilamente em nossa cama, faz meu coração encher-se de felicidade.

A neve caí lá fora, enquanto tímidos raios de sol surgem entre as nuvens ainda é muito cedo, são quase seis horas da manhã, estou a quase uma hora observando seus traços e agradecendo por todos os minutos que compartilhamos desde que retornaste a vida.

Não me restam dúvidas que este é o melhor aniversário de toda minha vida, apenas por você estar presente como meu parceiro de cultivo.

Olhar você tão tranquilo, seguro, feliz, dormindo ao meu lado, certifica que tudo valeu a pena, todos os anos de espera;

Todas as notas de Inquiry tocadas no Guquin pedindo por uma resposta;

Todas as marcas de açoite em minhas costas; e

O sol queimado no peito acima do coração igual ao seu.

Todos os caminhos que percorri como portador da luz, " HanGuang-Jun", estar aonde o caos estiver, era somente para procurar por você, a cada migalha de esperança que surgia, eu me negava a desistir.

Olhando pela janela do Jingshi, toda a paisagem coberta de branco, percebo o quanto meus dias tornaram-se mais coloridos, vibrantes, alegre e imprevisíveis, a cada dia é uma descoberta diferente, um novo sabor a degustar, novas aventuras partilhadas, todo dia um novo jeito de ser feliz.

Todos os momentos ao seu lado são como os mais valiosos diamantes, que se unam e brilhem como pedras preciosas únicas a todas as doces lembranças que cultivei em todos esses anos. Recordações que mantive com todo carinho, os coelhos que me destes;

O beijo que roubei;

A música que compus; e

A nossa entrega de corpo e alma, carícias e paixão inebriante e voluptuosa, regadas com toda saudade e desejo, carregadas nestes anos de ausência e anseio, dos meus sentimentos ocultos, sem almejar retribuições, apenas amando-o em silencio, zelando para que ficasse bem, seguro e atento.

Percorro todo o ambiente com olhar, como para certificar-me mais uma vez que sua presença ao meu lado é real e não apenas outro delírio causado pela saudade e arrependimento de não ter permanecido ao seu lado durante o cerco que ceifou sua vida, fazendo-me lamentar amargamente durante longos treze anos em que estivemos dolorosamente separados, onde os dias vazios e a tristeza eram minhas eternas companheiras.

Poder dividir o mesmo leito e saber que está ao alcance de minhas mãos e beijos, regozija-me de tal contentamento que me preenche o peito com todo amor que possuo por você.

As horas vão passando lentamente nesta manhã dentro do Jingshi, o calor aconchegante que dividimos um pela companhia do outro aqui dentro, contrasta com a baixa temperatura do clima de fora da residência. Ainda me recordo quando o mesmo frio de fora era o frio que sentia em meu peito.

Ouço-te resmungar um pouco ainda adormecido, quando após alguns discípulos trazem água quente para o banho, quando o coloco na tina d'água e o lavo pacientemente, tentando manter-me indiferente com suas dezenas de beijos e choramingo murmurados, para que o deixe dormir um pouco mais.

Não me canso dessa rotina, todas as manhãs em que possuo a alegria de acordar ao seu lado e poder cuidar e mimar você, faz com que me sinta cada dia mais feliz.

São um pouco mais de oito horas da manhã, agora está quase no seu horário de despertar sento-me próximo a janela, sorvendo o chá quente, lendo um livro esperando que acorde para aproveitarmos o dia juntos, sei que esteve confabulando com os juniores para fazer uma surpresa de aniversário para mim.

Este é o primeiro ano que estaremos comemorando esta data após você ter retornado a vida, isso para mim é o suficiente para ser grato por todos os anos a seguir.

Tudo o que eu desejava e pedia era que você, estivesse bem, em paz e que pudéssemos ter outra oportunidade de estarmos juntos para que eu o mantivesse seguro e longe de todo mal, que o eu o protegesse contra quaisquer ameaça que pudesse afasta-lo de mim novamente.

Vez ou outra pego-me observando-o dormir, você sempre diz como me acha bonito, aos outros, tecendo comentários nada castos ou tímidos sobre minha aparência, entretanto sua beleza também destaca-se com traços suaves e joviais , teu carisma natural atrai facilmente as pessoas, flertando involuntariamente com todos que podia, não passava despercebido era notado e chamava atenção por onde passava, nem sempre sendo de forma positiva, afinal todos conheciam a fama do patriarca Yiling, difícil permanecer imperceptível onde quer que estivesse.

Com o passar dos minutos , eu começo a ansiar pelo seu sorriso caloroso, me dizendo bom dia e desejando-me feliz aniversário. Começo a ficar impaciente pois os minutos parecem arrastar-se lentamente agora.
Cada vez que aproxima-se a hora de você abrir seus lindos olhos , vou chegando mais perto, até abandonar o livro de vez e repousar a xícara vazia sobre a mesa com a expectativa de enfim aproveitar todas as horas restantes deste dia com você.
quando finalmente seus olhos se abrem e seu sorriso aquece minh'alma, estou bem ao seu lado, ansiando por beija-lo e ouvir sua voz rouca chamando meu nome.
-Bom dia Lan Zhan! - diz-me sorridente, passando os braços sobre meu pescoço , puxando-me para um abraço apertado ainda na cama.
-Bom dia Wei Ying !- respondo-lhe, beijando suavemente seu pescoço.
Você levanta rapidamente para lavar o rosto e escovar os dentes, e volta em seguida para dar-me um beijo que faz nós dois suspirar.
_Feliz aniversário Lan Zhan! Deseja-me alegremente - Quero aproveitar esse dia inteiro com você, estou ansioso para dar-lhe o presente que preparei com os juniores , vamos lá fora pra você ver.
-Wei Ying é meu presente de aniversário.
Wei Ying - ....
Sinto você paralisar em meus braços para logo após soltar uma gargalhada.
- Lan Zhan, meu querido Lan Zhan , eu já pedi para que você me avise antes de dizer coisas tão românticas, eu não estava preparado para ouvir isso antes mesmo de dar-lhe seu presente.
-Não precisa me dar outro presente.
-Er gegê, já que é assim, que tal se adiarmos nosso encontro com Lan Shiziu e os outros e aproveitarmos, um pouco mais esse calor aqui dentro? -Wei Ying passa o joelho descaradamente entre as pernas de Wangji , enquanto sua mão deslisa sobre o peito do mais alto despudoradamente, enquanto Lan Zhan o empurra contra a cama, sorrindo imperceptivelmente.

13 Avril 2020 16:17 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
1
La fin

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~