azarashionna Azarashi Onna

"O pior pesadelo de um homem Não é ela roubar sua kunai Não é ela roubar seu dinheiro Não é ela roubar sua kekkei genkai O pior pesadelo de um homem é ela roubar o seu roupão!" Hinata resolveu dar um basta na safadeza de Neji. Mais uma vez, suas tentativas de espiar a prima o trouxeram consequências horríveis. Crackfic / NejiHina / Road to Ninja


Histoire courte Déconseillé aux moins de 13 ans.

#songfic #comédia #roadtoninja #naruto #crackfic #nejihina
Histoire courte
0
3.8k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Único

Essa fanfic nasceu do grupo de paródias da sunflower squad <3 fiz uma paródia de Ela Roubou Meu Caminhão, do Matanza, com direito a referências aos memes da Masculynah.


Capa feita pela maravilhosa da Cyanis (o twitter é @artofcyanis). Se vocês quiserem ouvir a música, é só ir no YouTube: https://youtu. / 9u5szldGESw


---------------


Aquele era para ser mais um dia normal na vila da Folha: eventualmente os jovens marcavam de ir para as termas em suas folgas. A vida de um shinobi não era fácil, para se tornar mais tragável, pequenos prazeres eram necessários, seja ir nas termas, ou mesmo usar o Byakugan para espiar a prima que estava do outro lado das termas. Era um pervertido convicto e isso já o havia levado a apanhar várias vezes de Hinata, a futura líder do clã Hyuuga.


Sempre cruel, não tinha piedade de ninguém, fossem adversários, reais inimigos ou mesmo familiares. Hiashi temia que ela ascendesse à liderança do clã cedo demais e que ela providenciasse a aposentadoria do antecessor em um jazigo.


Pobre Neji. Seu amor era incompreendido, talvez pudesse ser um sucessor de Jiraiya em se tratando de safadeza. Desde criança nutria essa atração por Hinata, que conforme crescia, ficava cada vez mais bonita, e cada vez mais difícil de não usar sua kekkei genkai para ver como ela estava ficando bonita onde normalmente ele não via.


A primeira de tantas outras vezes em que foi pego, foi nas dependências do clã. Neji ouviu Hinata dizendo à irmã mais nova que iria tomar banho e que não queria ser incomodada.

Ali era a oportunidade de ouro. O que ele não contava, era com os sentidos de kunoichi dela.


Ela havia se deitado na banheira esperando relaxar, mas teve a sensação de ser observada, o que a fez olhar pela janela e encontrar o marmanjo tentando vê-la desnuda. Hinata juntou a fome com a vontade de comer. "Saudades de te bater igual no exame chunin, Neji-niisan", pensou. Apenas com um roupão, conseguiu alcançar o primo pervertido, que tentava - sem sucesso - fugir.


Claro que houveram outras inúmeras tentativas da parte dele que culminavam em lesões corporais. Talvez ele fosse um masoquista.


Voltando ao fatídico dia de folga, os rapazes conversavam aleatoriedades. Naruto e Rock Lee tentavam disputar quem era mais musculoso. Shino cuidava dos próprios insetos em suas partes, enquanto Sai ficava comparando os tamanhos dos falos de seus amigos. Shikamaru e Chouji discutiam sobre comerem churrasco após saírem das termas.


Mas Neji não estava prestando atenção nisso. Estava usando o Byakugan para mais uma vez ver os seios de Hinata, que ele tanto adorava. Talvez apanharia, mas valeria a pena. Sempre valia.


Mas dessa vez, sem paciência, Hinata se levantou das termas. Neji rapidamente se assustou pensando que apanhatia, mas percebeu que Hinata apenas estava indo embora. Desativou o byakugan, tão absorto no que viu, que nem parou para pensar que o fato de não apanhar não era normal.


Por fim, todos os garotos estavam de acordo em ir comer churrasco após saírem das termas. Os garotos vestiram roupões para se enxugar e foram até seus armários, começar a se vestir. Menos Neji, que não encontrou seu roupão que estava pendurado na entrada.


Para a surpresa de Neji, a situação era ainda pior. Porque não teria problema os meninos o verem nu, já haviam visto nas termas. Então, sem se enxugar, foi nu em direção aos armários, encontrando destruída a porta do armário que usou naquele dia. E o pior: sem roupa alguma lá.


Os meninos não podiam emprestar roupas para Neji pois não havia roupas de sobra. Poderiam até sugerir que Neji usasse ninjutsu para usar a aparência vestida até chegar em casa, mas os tempos eram complicados para desperdiçar chakra. Sendo assim, Naruto e Rock Lee, altruístas que são, saíram para buscar roupas para o amigo nu.


***


Uma hora antes, Hinata estava de visível mau humor com suas amigas nas termas.


"De novo essa palhaçada", disse. Respirou fundo, revirando os olhos, e se afundou na água até a altura dos olhos. "Que ódio!"

Ativou seu byakugan devido à raiva.


"O que houve, Hinata?", perguntou uma Ino tímida.


Hinata se levantou, e saindo das termas, falou algumas coisas em volume baixo às amigas, que saíram alguns minutos depois dela.


***


Naruto e os demais foram interceptados na entrada das termas pelas meninas, que tentaram levá-los direto à churrascaria. Quando eles recusaram, da primeira vez, a conversa delas tomou um tom um pouco mais ameaçador.


Enquanto isso, Hinata passeava pelas ruas da vila, em direção à fronteira, para jogar o roupão e objetos pessoais de Neji fora. Passou por um grupo tocando Baila Conmigo saxofones, o que dava ainda mais energia de executar seu plano maligno e intimidar seu primo de uma vez por todas. "Tá liberadah a badernah, malditoh", falou sozinha.


Ao chegar na fronteira, Hinata começou a jogar as coisas pelo muro, e em pouco tempo foi abordada por um dos guardas:


"O que está fazendo aí, mocinha? Aqui não é lugar para -", disse ele, sendo interrompido por palavras e o olhar ameaçador de Hinata.


"Algum problema?", disse Hinata, fazendo o guarda se afastar.


Enquanto Neji agonizava nu nas termas, aguardando os amigos que nunca chegariam, foi expulso de lá pelo gerente. Por pouco não ficou pelado em público, encontrou um barril, no qual entrou e usou para voltar às dependências do clã, cantando:


"O pior pesadelo de um homem

Não é ela roubar sua kunai

Não é ela roubar seu dinheiro

Não é ela roubar sua kekkei genkai

O pior pesadelo de um homem é ela roubar o seu roupão!


Ela roubou o meu roupão!

Ela roubou o meu roupão!


Ela saiu das termas dizendo que não me aguenta mais

E foi embora com o meu roupão


Foi embora e me deixou aqui

Ela foi embora e me deixou aqui


Quando cansei das termas procurando meu roupão

Não tava mais

E nunca mais na vida eu vou me despir


Eu que tinha até ficado de quatro pra ela

Eu pensava nela toda noite nesses 16 anos

Que eu passei trancado naquele clã


Essa foi demais

E isso não se faz

Ninguém vai acreditar

Ela me deixou peladão


Ela já deve estar bem longe daqui

Ela já deve estar bem longe daqui


Daqui pode ter pego qualquer rua ou ido pra outra vila

E seguiu floresta afora até sumir


Só me pergunto o que é que aconteceu

Só me pergunto o que é que aconteceu


Ela ter ido embora tudo bem

Eu não tô nem aí (mentira)

Perder o meu roupão

Foi que doeu


Eu que tinha até ficado de quatro pra ela

Eu pensava nela toda noite nesses 16 anos

Que eu passei trancado naquele clã


Essa foi demais

E isso não se faz

Ninguém vai acreditar

Ela roubou o meu roupão


Sinceramente eu pensei que dessa vez

Ela fosse me amar

Mexendo com a minha mente

Eu pararia de apanhar


Uma vida bem normal

Para envelhecer em paz

Mas o destino quis assim, agora tanto faz

Das termas não saio nunca mais!


Ela roubou o meu roupão!

Ela roubou o meu roupão!


Ela saiu das termas dizendo que não me aguenta mais

E foi embora com o meu roupão


Foi embora e me deixou aqui

Ela foi embora e me deixou aqui


Quando cansei das termas procurando meu roupão

Não tava mais

E nunca mais na vida eu vou me despir


Eu que tinha até ficado de quatro pra ela

Eu pensava nela toda noite nesses 16 anos

Que eu passei trancado naquele clã


Essa foi demais

E isso não se faz

Ninguém vai acreditar

Ela roubou o meu roupão"


***


Neji entrou em casa vestindo o barril, sendo questionado por Hiashi, com uma expressão confusa.


"O que é isso, Neji?"


"Nada não", respondeu Neji correndo para o próprio quarto.


A surpresa dele foi encontrar Hinata o aguardando de braços cruzados e uma aura aterrorizante.


"Aprendeu?", Hinata perguntou.


"Então foi você???", Neji descuidadamente deixou o barril cair, revelando suas partes.


Hinata deixou o quarto gargalhando maleficamente.


"Se quer ver algo, aprenda com os profissionais. Eu nem precisei de byakugan", foi a última frase que Neji ouviu antes que ela deixasse o cômodo.


Neji se estirou no chão, do jeito que veio ao mundo, mas provavelmente não aprendeu a lição. Com suas tendências masoquistas, e agora exibicionistas, com certeza no futuro ele teria mais problemas por importunar a dona de seu amor e de seus pensamentos pervertidos nos banhos demorados.

29 Février 2020 21:34:11 2 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
1
La fin

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
pure ether pure ether
Ícone de fic! Foi uma honra ler em primeira mão. Você reproduziu muito bem as características deles nessa versão de road to ninja. E que venham mais fics pela frente porque seu talento não deve ser desperdiçado. Que bom que gostou da arte! Conte comigo pra tudoooo ❤️❤️❤️❤️
February 29, 2020, 21:39

  • Azarashi Onna Azarashi Onna
    Eu ameeei! E fico feliz que você gostou da fica, tudo pela sunflower squad <3 Pois logo logo Criatura volta, e não vou parar de escrever não <3 February 29, 2020, 23:16
~