angelitsa Angelitsa

Ela esperou uma vida inteira por ele... -Felicidades para vocês dois. Poucos haviam sido convidados para a cerimônia, mas os que foram eram queridos de alguma forma. -Tem certeza que quer estar aqui? -Eu precisava ver... -(...)Obrigada por tudo que fez por ele em todos esses anos. Deve ter sido amor à primeira vista. ...ela sabia mais que ninguém o quanto ele merecia ser feliz. -Porque eu Kakashi-sensei? -Eu a escolhi porque você é a ninja mais forte que eu conheço(...) Aquele corpo... -Você nunca me viu como mulher! Quem era ela A Outra


Fanfiction Anime/Manga Interdit aux moins de 21 ans.

#romance #amor #novela #fanfic #naruto #sasuke #sasusaku #sakura #shoujo #tragédica #infidelidade
3
3.8k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

"Eu morri todos os dias esperando você"

Arrumava seus cabelos curtos colocando a presilha no formato da flor que levava seu nome, no centro dela uma bela pérola jazia.


O kimono não muito longo a deixava elegante na medida certa.


Passava delicadamente o rímel preto nos cílios ressaltando os orbes esverdeados.



Ele amarrava o obi em torno da Yucata cerimonial, logo seu antigo sensei ou seu amigo barulhento estariam entrando pela porta lhe perguntando o porquê da demora.


Naquele dia ele finalmente concluiria mais uma etapa de seu objetivo, logo ele não seria mais o único Uchiha na Vila da Folha, logo seu clã seria reconstruído.


-Ei Teme, não vai querer deixar a noiva esperando!


O loiro hiperativo adentrou no aposento o repreendendo.


-Não é tão fácil usando essa coisa.


O Uchiha terminava de arrumar seu traje quando o amigo loiro se aproximou.


-Você vai se acostumar com a prótese, passou muitos anos apenas com um braço, logo você pega o jeito.


O novo Hokage tinha seu enorme sorriso costumeiro.


-Agora é melhor irmos logo antes que sua noiva desista.


Sasuke lhe deu um sorriso lateral e o acompanhou porta afora.



Poucos haviam sido convidados para a cerimônia, mas os que foram eram queridos de alguma forma, a mesma aconteceria nos jardins da casa de Naruto, que além de amigo do noivo também era o padrinho.


Quando ela adentrou no recinto tudo estava perfeito, o clima naquela tarde de outono estava fresco, as flores pendiam das árvores trazendo consigo um doce aroma, percebeu os olhares sobre ela mas tudo em que pôde focar foi na figura dele, grande e altiva parado diante do altar improvisado debaixo da enorme árvore de kobuchi *.


Seu coração falhou uma batida.


E então a música começou a tocar.


Sentiu o ar lhe falhar os pulmões .


Algo tocou uma de suas mãos.


-Sakura, você está bem?


Então ela pareceu voltar a si.


-Sim Ino.


A amiga então lhe puxou para perto.

-Tem certeza que quer estar aqui?

-Eu precisava ver...


Ela quase sussurrou.


A jovem passou por todos e se encaminhou até ele, usava um tradicional Shiromuku* branco representando sua pureza para o futuro marido. Os olhos de um castanho dourado brilhavam enquanto olhavam pra ele e os cabelos amendoados estavam escondidos por sobre o wataboshi*.

Ele pegou sua mão e todos se sentaram.


Ela achou que suportaria, juntou todos os pedaços de seu coração e foi até aquele lugar apoiar seu antigo companheiro de equipe, ela sabia mais que ninguém o quanto ele merecia ser feliz.

Mesmo que a escolhida não fosse ela.

Mesmo que a escolhida fosse outra!

Mas agora, ali, presenciando aquela cerimonia, diante dos dedos dele unidos aos dela, ouvindo seus votos...


-Eu acho que preciso de ar.

Disse a cerejeira para sua amiga

-Mas Sakura, estamos do lado de fora.

-Deixe ela Ino.

Dessa vez foi Sai quem disse, depois de tantos anos lendo sobre o sentimento humano e convivendo com seus amigos, principalmente com a rosada, podia entender o que ela sentia.


Ela se levantou e se virou rapidamente para não precisar ver aquilo e passando despercebida por todos, afinal quem repararia nela enquanto o Uchiha colocava a aliança no anelar da esposa e selava seus lábios nos dela em um rápido, mas casto beijo selando de vez sua união.


Uchiha Sasuke estava casado, e não era com ela, era com outra.


Porque estava se lamentando, ela não era mais uma menina apaixonada, era uma mulher adulta que havia passado por uma guerra e ajudado a reconstruir nações.

Era uma das ninjas mais fortes e respeitadas do mundo mas ainda sim...

Ainda sim nutria lá fundo esperanças de que quando ele voltasse de sua jornada de redenção ela fosse a escolhida.


Ela que esperou por ele por tantos e tantos anos, que o amou apesar de tudo e de todos o odiarem.


Se sentia horrível por pensar assim, afinal Sasuke tinha o direito de amar e se casar com quem quisesse, ele não lhe deu nenhuma esperança, ela ingênua como era se guardava para um amor que simplesmente não existia.


Então quando ele voltou de sua jornada ela não estava em Konoha, estava em uma das vilas das nações aliadas ajudando no treinamento e reconstrução dos centros médicos. Foi quando ela retornou que seu mundo caiu.


Ele já estava noivo, de uma civil...


Nem sabia direito como eles haviam se conhecido, Naruto havia dito algo sobre ela ser enfermeira no hospital ou algo assim, e no processo de colocação da prótese eles se conheceram.


Deve ter sido amor à primeira vista.

Então dois meses depois ela recebeu o convite em sua casa.

E agora eles estavam casados.


Foi tudo tão rápido que mal teve tempo de processar tudo que estava acontecendo.


Nesse período ela se afastou dele, não ia mais as reuniões semanais que Naruto insistia em fazer com o antigo time 7, dizia estar cansada e com muito trabalho no Hospital.


Ino foi a única que se preocupou com ela, mesmo sendo recém casada ia a sua casa ver se estava tudo bem, se queria conversar...ela nunca queria.


Kakashi-sensei e Naruto estavam ocupados com a transferência de cargo de Hokage.


Então era só ela e sua dor.



Todos os cumprimentavam pela bela cerimônia e os desejavam felicidades pela nova vida que agora trilhariam juntos.


Já estava cansado de tantas reverências...

Sua esposa pelo contrário, sorria ternamente e agradecia a todos delicadamente.


-Finalmente desencalhou hein Teme!!!


-Felicidades para vocês dois. Hinata estava ao lado do marido, fez uma sutil reverência sendo seguida pela noiva.


-Obrigada Hinata-chan, está linda hoje.


Ino e Sai também se aproximaram para cumprimentar os noivos.


-Quem diria que todo o time 7 estaria reunido em seu casamento Teme, por falar nisso, onde está a Sakura-chan?


-Estou aqui Naruto.


O loiro, sua esposa, Ino e Sai se viraram e puderam ver a rosada se aproximando.


-Não podia deixar de vir cumprimentar os noivos. Ela disse já diante de ambos.


-Felicidades Sasuke. E fez uma leve reverência.


A partir daquele dia ela não usaria mais o Kun.


Seu kimono vermelho com desenhos de cerejeiras se movimentou com o gracejo, suas jades se mantinham presas ao ônix dele.


Desviou seu olhar para a jovem ao lado dele.


-Felicidades Akemi*, cuide bem dele.


Antes que a rosada pudesse fazer algo a jovem a segurou e lhe deu um terno abraço.

Todos se surpreenderam

Congelada ela segurou sua respiração.


-Obrigada Sakura-chan, tentarei o meu melhor, obrigada por tudo que fez por ele em todos esses anos. E a apertou mais em seus braços. Disse a jovem em seu ouvido.


Após lhe soltar a Haruno sentiu um aperto ainda maior no peito.


Mais uma vez ela o encarou e seu único olho negro a observava.


-Ah, aí está você, preciso roubar a Sakura de vocês agora ou não terei com quem dançar essa noite.

Kakashi então surgiu e a pegou pelo braço.

-Com licença. Ela disse e saiu se deixando levar pelo antigo sensei.

Parece que naquele instante todo o sangue voltou a circular por seu corpo.

-Obrigada por me tirar de lá. Ela disse.

-Disponha.


Eles agora estavam debaixo de uma enorme tenda onde uma calma música tocava.


O ex copy ninja a guiava sutilmente.

-Como você está?

-Bem... ela lhe sorri gentilmente.

-Eu te conheço a 10 anos Sakura, eu sei que você não está bem.


Ele a girou e seu kimono balançou junto ao ritmo da música.

-Estou tentando ficar bem.

-Sei que deve ter sido um golpe duro pra você ver tudo isso.


Ela o olhou e mais uma vez e sorriu, um sorriso triste.

-Eu vou sobreviver.

-Essa é a minha garota.


Eles giraram pelo salão, só havia ambos ali.

-Preciso que passe amanhã no escritório do Hokage.


A rosada estranhou.

-Pensei que agora o Naruto fosse o Hokage.

-Sim, ele é, mas até a cerimônia de oficialização eu ainda tomo algumas decisões.

-Entendo.

-Te espero amanhã bem cedo.


A música parou e ele a soltou.

-Agora é hora da primeira dança do senhor e da senhora Uchiha.


Pôde ouvir um dos músicos dizer.

-Acho que já é hora de ir. Ela disse a seu ex sensei.

-Quer que te acompanhe?

-Não, acho que eu prefiro ficar sozinha, obrigada, aproveite a festa Sensei.


Então ela saiu do local e caminhou para fora da festa, o mesmo lugar em que antes fora a cerimonia.


Caminhou e não olhou para trás, e mesmo que olhasse não acreditava que veria alguma coisa.


Seus olhos estavam embaçados pelas lágrimas.




CONTINUA...






Kobuchi- A árvore de magnólia Kobushi floresce no começo do verão e tem flores brancas com um leve tom rosado. O significado da palavra Kobushi é "punho".

Shiromuku- traje da noiva, Kimono de casamento.

Wataboshi- O chapéu wataboshi é usado durante a cerimônia religiosa.

Akemi- Significa "aquela que brilha lindamente", "linda luz", "brilho bonito", "bela aurora". Akemi é um nome feminino de origem japonesa.

Seu nome é devido aos seus olhos castanhos dourados.

31 Décembre 2019 00:25:19 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
Lire le chapitre suivant "Eu vagarei até o fim dos tempos arrancada de você"

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 23 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!