vandacunha Vanda da Cunha

Viver é mergulhar em si mesmo, e conhecer que dentro de você tem uma força maior que qualquer sofrimento.


Inspirant Tout public.

#auto-ajuda
0
3.8k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Encontrando meu eu

Vivemos em constante evolução, o que pensávamos muda completamente conforme adquirimos novas experiências. Temos o privilégio de fazer nossas escolhas, e de verdade, às vezes não escolhemos direito. E porque digo isso. Uma vez ouvi uma pessoa famosa dizendo que nunca quis sr mãe, ao ser questionada pela apresentadora, ela riu e disse que não estava preparada para ter um filho e pior, ela tinha certeza que 50% das mulheres que são mães, também não estão preparadas. Infelizmente acredito que aquela artista estava certa. Sabemos que muitas mulheres não estão e nunca estarão preparadas para serem mães. Mas nesse momento, quero falar especificamente de escolhas. Tudo na vida é escolha. Como eu disse, nós temos o privilégio de escolher, mas nem sempre temos maturidade para fazer isso, e por muitas vezes sofremos com nossas escolhas. Existem situações que graças a muita meditação, reflexão e aceitação, hoje eu consigo viver tranquila, mas já sofri muito por escolhas errôneas, e creio que muitas pessoas já passaram pelo mesmo.

Hoje aos 51 anos, alcancei espiritualidade para seguir sem estresses, perturbações e tantas outros males emocionais que normalmente abate o ser humano. Isso só aconteceu quando eu entendi que toda pessoa pode mudar seu pensamento e naturalmente sua história será outra. Descobri o poder da cura mental, física e emocional, e não foi em igrejas ou em lugares referente a religiões, aliás, eu fui em várias igrejas, fiz isso a fim de acabar com algo que estava me destruindo, literalmente. Foram momentos de depressão, choro, vontade de morrer, de matar, de não existir. Enfim, muito sofrimento.

Eu já conhecia Deus, ou imaginava que o conhecia, na verdade acho que muitas pessoas imaginam conhecer Deus, só que como eu, a maioria está completamente enganada, pois não conhecem nem a si mesmas, como podem conhecer a Deus?

Minha vida começou a mudar quando eu mergulhei no meu interior, isso não aconteceu dentro de uma igreja, aliás faz tempo que não vou a igrejas. Sozinha, eu iniciei um processo de auto conhecimento, descobri que tudo estava errado, eu tinha muito medo, vivia angustiada, triste. Então fui buscar a raiz desses males. A primeira coisa que percebi foi a necessidade de fazer as pazes com minha mãe que já tinha falecido, assim começou, eu fiz as pazes com todos os meus antepassados, depois me perdoei, sim, eu me perdoei, a partir desse ponto já passei a ver o mundo com novas perspectivas, se eu continuasse meditando, tudo poderia mudar, e foi o que aconteceu, depois de três anos, eu finalmente me vi livre de tudo que me atormentava.

Hoje tenho uma vida de muita paz, harmonizo minha casa com músicas que realmente trazem uma áurea iluminada, eu entendi que sou filha de Deus, e como filha de Deus faço parte de sua divindade. Aprendi a ser grata e a viver a positividade. Conheci minha aura, meu interior, meu eu. E não foi ninguém que me ensinou, foi decisão própria. Decisão que só me elevou.

Eu não sei se você está passando por situações complicadas, mas se tiver, busque conhecer a si mesmo, a se perdoar a perdoar todos, inclusive seus antepassados, faça as pazes com o universo, medite, ouça músicas que te elevem. Acredite, as escolhas que você fez no passado, nunca poderão ser mudadas, mas você pode mudar seu futuro, e ser uma pessoa melhor.

Quero dizer que não sou uma pessoa espiritual, e sim uma pessoa espiritualizada, e realmente tenho paz. Eu desejo que você seja pleno(a), em todos os aspectos de sua vida.


[email protected]





10 Décembre 2019 02:10:03 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
Lire le chapitre suivant Mudança de Pensamento Mudança de Vida

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 2 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!