1
5.2k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Som do ódio

Aqui estou eu...

Condenado a ser o mesmo de sempre

A raiva parece me fazer bem

Sinto que a cada dia vou me apagando


O ódio me consome por dentro

Corroí o coração e traz minhas piores lembranças

Será que isso um dia vai acabar?


Por mais que eu tente

Não consigo desfazer as péssimas escolhas que tive

Eu só queria poder sumir para não errar mais


Rios de sofrimento saem de meus olhos.


Eu deveria ser esquecido...



7 Novembre 2019 01:51:25 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
1
Lire le chapitre suivant A vida é feita de dores

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 22 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!

Plus d'histoires

Poetry: Rhymes of Evil Poetry: Rhymes of Evil
Covid -19, We can overcome. Covid -19, We can over…