B
Bianca Vega


Uma adolescente normal com uma vida simples se ver em um grande dilema da sua vida quando chega o tão esperado ano de entrar em uma faculdade ela precisa pensar em seu relacionamento e em sua família antes de tomar qualquer decisão, mas o que ninguém sabe e que ela tem seu próprio drama pessoal e precisa segurar a barra com tanta coisa na sua cabeça. Sua vida muda quando ela passa a se valorizar e entende que nada vem quando está na sua zona de conforto. Essa história aborda relacionamento abusivo, depressão, mudanças e primeiras experiências.


Récits de vie Tout public.

#resiliencia #vidanova #depressao #relacionamentoabusivo #mudança
0
3.7k VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les dimanches
temps de lecture
AA Partager

Antes do princípio

-Antes, aaah antes era tudo normal...

Eu vivia em uma cidade pequena no interior do Rio, namorava a 3 anos, estava prestes a prestar vestibular e eu nem sabia o que queria direito. Minha família sempre me apoiou quando se tratava de estudo e minha vida era normal, como a de toda garota de 17 anos. 

Toda essa história começou de fato em junho de 2016 eu estava passando por um dos momentos mais difíceis da minha vida, tive que mudar de escola no meio do ano, fazia curso pré vestibular e não tinha tempo pra nada. Eu depositava toda minha força no Daniel. E quem é Daniel? Meu namorado de 2 anos e meio e a gente vivia até muito bem, pelo menos era o que eu achava. Porém em junho de 2016 eu estava com início de depressão, estava com problemas na escola, problema familiar e minha auto estima só piorava, ninguém sabia do meu estado, eu tinha medo de contar e as pessoas dizerem que eu estava reclamando de barriga cheia, até porque olhando de fora eu tinha uma vida perfeita, porém estava incompleta por dentro e tudo que me dava força para continuar vinha do Daniel, meu primeiro namorado.

Um belo dia depois do curso o Daniel foi para minha casa e naquele dia específico ele estava muito diferente, super carinhoso e me mimando e por um instante pensei que ele estivesse percebido que estava depressiva, mas depois começou a ficar exagerado tanta atenção e a segunda coisa que veio na minha cabeça foi que algo tinha acontecido. Em certo momento da noite ele foi ao banheiro e pensei em pegar o seu celular e ver o que estava mais recente, fiquei meio triste em fazer isso porque sempre prezei a confiança e nunca precisei chegar a esse ponto,  contudo naquele dia algo estava falando na minha cabeça "olha, pelo amor de Deus, olha" e foi o que fiz. Olhei.

Não sei se já ouviram essa expressão " Quando tudo está ruim, tende a piorar" e foi isso que aconteceu. 

27 Janvier 2019 18:01:33 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
118
Lire le chapitre suivant Quebra de confiança

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 3 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!

Plus d'histoires