stefs Queen The Vampire

O deus Susano'o se viu eufórico quando te escolheu. Em contrapartida, seu olhar era igual ao de Okita quando estava com raiva, tudo porque não planejou se casar e agora estava ali para uma cerimônia em um templo xintoísta, despertando a curiosidade dos outros deuses do panteão japonês. Primeiro, por se recusar a utilizar os trajes costumeiros, optando por um vestido vermelho; e segundo, por ser estrangeira. Definitivamente, para Amaterasu, Susano'o estava completamente louco, mas para o deus, aquela humana era apenas mais uma vontade, um desejo e, acima de tudo, alguém muito interessante.


Fantaisie Épique Interdit aux moins de 18 ans.

#fantasy #fantasia #gods #god #mythology #mitologia #marriage #deuses #confusões #amaterasu #comédialeve #izanagi #tsukuyomi #susanoo #japanesemythology #izanami
0
130 VUES
En cours - Nouveau chapitre Toutes les semaines
temps de lecture
AA Partager

Prólogo

NOTAS DA AUTORA


↠ Essa é uma fantasia mitológica que contém: xenofobia/racismo ambos aplicados no quesito deuses vs humanos, conteúdo sexual explícito, momentos de raiva e ódio, romance, solidão e tentativas de assassinato e assédio.


↠ Se passa no mesmo universo de Lust e acontece pós-ragnarok;


↠ Lembrando mais uma vez que é uma das várias distorções históricas e mitológicas que eu já criei;


↠ O Susanoo não me pertence, porém todo o conteúdo dessa fanfic assim como os OC'S criados sim e não autorizo reprodução, adaptação, inspiração e tradução de nada do que eu escrevo;


↠ A história utiliza o recurso onde a leitora/or dará o nome a personagem durante a leitura, tendo suas características principais e personalidade definida pela escritora. O intuito é apenas aproximar quem está lendo ainda mais da obra, por meio do famigerado Sn (seu nome), mas fique a vontade para ler como desejar;


↠Lembrando que Sn = Seu nome/nome escolhido por você.


Dare mo ga mina shitteru
Kese ya shinai kizu wo
Dore kurai tsuzuku no
Mou iranai yo

Todos nós sabemos
Que não queremos mais prosseguir
Com essa ferida
Por quanto tempo isso vai durar?

Rakuen - Do As Infinity




PRÓLOGO

Amaterasu andava pela corte japonesa indignada, seus longos cabelos pretos praticamente tocavam o chão límpido conforme ela caminhava entre os súditos, cada um se curvando para ela conforme seus passos se tornavam mais severos.

"Onde Susano'o está com a cabeça? Trazer uma mortal para cá, ainda mais uma mortal sem cultura!" As unhas rubras fincaram na palma fria enquanto ela se aproximava do salão cada porta sendo aberta para que passasse deixando um delicioso rastro de seu perfume. Ao adentrar, deparou-se com seu irmão mais velho sorrindo e encarando uma maquete que havia feito. A bela deusa ficou ainda mais irritada quando seu irmão não fez questão alguma de lhe dirigir atenção.

-- Susano'o-no-Mikoto! Como ousa considerar essa ideia estapafúrdia?

O deus, declarado como uma calamidade, apoiou a mão no queixo, confuso. Não fazia a menor ideia do que ela estava falando, e claro que a Deusa do Sol japonês percebeu.

-- Não é possível! Como ousa sujar a nossa tradição? Uma mortal? E para piorar, ela nem é japonesa! -- A deusa massageou as têmporas antes de cruzar os braços, as mangas cobrindo os pulsos enquanto caíam de seus braços, se alongando no belo kimono branco tingido com os tons do sol. Quanto mais Amaterasu ficava nervosa, mais intensas as cores se tornavam.

-- Ah, isso? -- Susano'ocoçou a cabeça, sorrindo como se não fosse nada, apenas mais uma de suas diversões. -- A Imōto não seja tão brava, isso vai te dar rugas. -- Ele riu ao provocá-la.

O grande e poderoso Deus das Tempestades e do Trovão, aquele considerado com o temperamento mais violento e intransigente dentre os filhos de Izanagi e Izanami, no momento se comportava como um adolescente.

-- Susano'o é incrível como você não leva nada a sério! Eu não vou aceitar essa mortal imunda por aqui! -- É inacreditável como certas palavras podem deixar o humor e o clima pesado. A face tempestuosa de Susano'o fez com que Amaterasu desviasse o olhar.

-- Ama, não me provoque dessa forma. -- Foi tudo o que o deus falou antes de retornar para a maquete, os fios escuros cobriram rapidamente a face, antes dele exaltar mais uma vez os próprios pensamentos silenciosos. Susano'o é um deus muito astuto e até mesmo impulsivo, em contrapartida faz tudo no sigilo.

-- Onii-chan, você se tornou um deus tão imprudente. -- A mera irritação de sua Imōto fez com que ele tivesse a certeza de suas escolhas. E enquanto Amaterasu batia os pés irritada saindo da sala, você, na Terra, se debatia dentro daquela liteira, a carruagem celestial que estava atravessando os montes japoneses te carregando feito uma princesa, mesmo que estivesse tentando fugir. Quando abriu a porta e notou que a carruagem era movida apenas pela força de uma divindade maior e que não havia mais chão ao qual pisar, fechou rapidamente a porta e se recostou nos tecidos macios e almofadas.

-- Mas que droga, e agora, onde foi que eu errei?! -- Sua pergunta descabida fez você ter a certeza de que, na primeira oportunidade que tivesse, fugiria dali e não se tornaria uma concubina de um deus e talvez Susano'o não te desse tantas escolhas.


────────────────


Divisórias e line por raridecor, List, no deviantart


Glossário

  • Imōto - irmã mais nova.
  • Onii-chan - irmão mais velho.



10 Mai 2024 00:00 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
1
Lire le chapitre suivant 1

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 2 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!

Querida Distorção Mitológica
Querida Distorção Mitológica

Não é preciso conhecer ROR para ler. Um universo criado com base nas mitologias e unido aos personagens de SNV, onde cada estória seguirá com o enredo original utilizando os personagens da obra. Em Lust acompanhamos a história da deusa que tudo pode e nada tem; Em Destiny compreendemos que mudar o destino daqueles que estão fadados a morrer pode acarretar em uma grande confusão; Em Citadel veremos que nem sempre podemos contar com aliados; Por fim em A arrogância de um Deus entendemos que não se deve mexer com o vazio. En savoir plus Querida Distorção Mitológica.