Histoire courte
0
2.5mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Já era noite quando a carcaça do homem balançava debilmente ao sabor de um vento frio que entrava pela clarabóia, Mei assoviou, dois mastins negros atenderam seu chamado então esticou a mão e puxou o que restava de sua última refeição.


Jogou longe e os cães acompanharam a trajetória dos restos, esperando o comando para se banquetear com as sobras calcinadas do homem que tentara atacar sua mestra, um aceno e os dois correram, uma disputa começou, de longe agora reclinada num sofá ela observava.


- Agora entendo a forma como cães e humanos se relacionam, competem por alimento com seus irmãos, pouco se importam se o outro é mais fraco e necessita de mais alimento para suprir suas necessidades, subjulgam o oponente e se vangloriam da conquista disfarçando a com uma pálida compaixão. A consciência predatória de Mei tornara-se afiada com o passar das décadas, ser o que ela era não deixava espaço para emoções, e quando vinham eram tão rápidas, a única coisa que a assemelhava a um humano era a fome. Caçar, observar eram meros caprichos, usava suas habilidades apenas para distrair-se do tédio de sua longa pós vida. Tudo era cinza exceto o sangue, quando rasgava gargantas madrugadas afora sentia algo.

15 Décembre 2023 22:01 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
La fin

A propos de l’auteur

Siph Ferreira Nerd de maquiagem, amante de música, livros e quadrinhos, amiga de Meia Noite e Qliph, viciada em podcast e buscando seu rumo nesse mundo.

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~