liralov Lira Pavlova

A cultura egípcia é riquíssima e para os amantes de histórias mitológicas, não poderia esquecer de escrever sobre Mitologia Egípcia.


#6 Dan Historique Tout public.

#mitos #mitologia #lendas #egito #história #egípcia
9
8.0mille VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les 30 jours
temps de lecture
AA Partager

Anúbis: O Deus Egípcio dos Mortos e dos Funerais



Na antiga terra do Egito, há muito tempo atrás, os deuses governavam sobre o destino dos humanos. Entre essas divindades, existia Anúbis, o poderoso deus dos mortos e dos funerais. Sua figura era representada com a cabeça de chacal, um animal que era associado à morte e ao além.


Diz a lenda que Anúbis nasceu da união entre Osíris, o deus da vida e da ressurreição, e Néftis, a deusa da escuridão e dos mistérios. Por causa de sua origem, Anúbis era considerado um guardião do mundo dos mortos e possuía um papel imprescindível nas cerimônias funerárias.


Os egípcios acreditavam que, após a morte, a alma do falecido passava pelo julgamento de Osíris. Nesse momento crucial, Anúbis era o responsável por pesar o coração do falecido em uma balança. Se o coração fosse mais leve que uma pena, a alma era considerada pura e podia seguir seu caminho rumo à vida eterna. Caso contrário, se o coração fosse mais pesado, a alma seria devorada pelo temível monstro Ammit.


Além de sua presença no julgamento das almas, Anúbis também desempenhava um papel essencial nos rituais funerários. Ele guiava os falecidos pelo difícil caminho até o além, protegendo-os de espíritos malignos e ajudando-os a encontrar o caminho correto, conhecido como "A Passagem".


Anúbis era amplamente reverenciado pelos egípcios, que o invocavam para cuidar de seus entes queridos que haviam partido. Os sacerdotes lhe rendiam tributos e ofereciam orações e hinos em sua honra, buscando sua proteção e bênção para garantir o devido descanso aos mortos.


Apesar de sua associação com a morte, Anúbis também era considerado um deus protetor. Acredita-se que ele também guardava os cemitérios e túmulos, mantendo-os seguros e afastando espíritos malignos. Sua presença era reconfortante para aqueles que temiam o desconhecido do além-túmulo.


Com o passar dos anos, Anúbis continuou a ser uma figura venerada no antigo Egito, representando a transição da vida para a morte e a proteção dos falecidos. Seu culto foi parte integrante da cultura egípcia e seus símbolos e rituais persistiram por séculos.


Hoje, a imagem de Anúbis ainda fascina e intriga pessoas ao redor do mundo, lembrando o poder que a morte e o além exerceram sobre as antigas civilizações. A história desse antigo deus egípcio nos lembra que a morte é apenas uma parte de um ciclo eterno, e que, com a proteção de Anúbis, a alma dos falecidos pode encontrar paz e eternidade.

17 Août 2023 23:13 3 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
6
Lire le chapitre suivant Osíris e Seth: A traição de Seth

Commentez quelque chose

Publier!
Norberto Silva Norberto Silva
Oba! mais lições de panteões para futuras ideias. Mandou bem demais moça! Anúbis é um deus muito interessante e você escrever soberbamente bem sobre ele. Parabéns!
August 18, 2023, 17:47

  • Lira Pavlova Lira Pavlova
    Valeu, querido! Obrigada por acompanhar 🙏 August 18, 2023, 22:29
María Guadalupe Daza María Guadalupe Daza
Parabéns! É muito bonito. Eu amo Anubis
August 18, 2023, 07:44
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 6 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!