atirlebasisatierf Atir. Isabel Freitas

Lídia é uma menina solitária e muito ligada à tecnologia, mas quando a sua melhor amiga virtual começa a agir de forma estranha e suspeita a desconfiança entra em campo e tudo fica completamente diferente à sua volta. Descobertas, traições e crimes estarão à sua espera e alguém vai acabar por ficar com as mãos cobertas de sangue. Estará Lídia à altura daquilo que a espera?


Criminalité Tout public.
1
1.5mille VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les jours
temps de lecture
AA Partager

Quem raio é Lídia?

Sou a Lídia.

Ou melhor, Lídia Thompson, não sou lá muito conhecida pelo meu primeiro nome, são raras as pessoas que me conhecem somente por Lídia.

"Olhem, é a Lídia!"

"Lídia?,mas quem raio é Lídia?"

"Lídia Thompson"

"Ah...sim,a menina estranha e solitária, não é?"

Exato...sou eu, a menina estranha, solitária, sem amigos e sem vida.

É assim que quase todos me conhecem na escola, mas também não é da maneira mais popular pelo qual sou conhecida.

Infelizmente as pessoas acabam sempre por me reconhecer devido aos "nomes" que me chamam, são "nomes" difíceis de ouvir mas já nem sei o que fazer...por exemplo,existe um rapaz, um rapaz que passa todo o seu tempo a infernizar a minha maldita vida, ele chama-me das piores coisas que alguma vez alguém já chamou,e confesso que já estou a perder a minha paciência... Jack, Jack é um nome que assombra e vai assombrar para sempre a vida que nem tenho.

Chama-me de aberração e trata-me super mal, mas isso é só por enquanto.

Não vou deixar que continue a fazer-me isso, não posso, juro que não vou deixar mais.

Eu não mereço.

Já passei por muito, eu sei mesmo que não mereço isso.

Enfim...

Quanto à minha rotina? Para além de ir à escola para escutar coisas horríveis sobre mim?

Bom, é quase óbvia...quer dizer, não é tão óbvia assim, mas há certas coisas que são.

O que é que uma adolescente anti social e esquisita faz no seu dia a dia? É fácil

Joga, passa imenso tempo à frente dum ecrã e adora tudo aquilo que é sobre tecnologia, computadores, telefones, tudo aquilo que tenha fios, Cartões SIM, ou sendo ainda mais especifica, tudo aquilo que envolva Wi-Fi.

A minha infância não foi boa, na verdade, foi péssima, um enorme desastre, mas por enquanto prefiro não falar sobre isso, só por enquanto.

Por vezes, sinto que já não tenho uma vida fora dos ecrãs, e talvez isso seja verdade, talvez eu não tenha mesmo, não tenho quaisquer amigos, mas também para que é que preciso de amigos "verdadeiros" se tenho amigos virtuais?

Katherine, Katherine é o nome da minha melhor amiga, melhor amiga virtual no caso, cuja voz nunca escutei mas confio mais nela do que em algumas pessoas da minha família, história difícil mais uma vez, também não quero falar sobre isso agora.

Enfim, conhecia-a num jogo, e não me arrependo nada de a ter conhecido, aliás, ainda bem que comecei a jogar aquele jogo inútil, caso contrário provavelmente o universo não teria nos apresentado uma à outra.


21 Février 2023 18:12 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
Lire le chapitre suivant Olhos cor de diamante

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 3 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!