liralov Lira Pavlova

Havia momentos em que Bucky mais sentia Steve por perto.


Histoire courte Interdit aux moins de 18 ans.

#lgbtq #Stucky #romance #Fanfiction
Histoire courte
1
2.7mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Capítulo Único

O momento entre o sono e o despertar era o favorito de Bucky. Houve momentos, mesmo que pequenos, nos quais ele sentiu a presença de Steve ao seu lado, respirando suavemente. O peso de seu corpo a afundar o colchão, o farfalhar lento dos lençóis. Às vezes parecia quase como se pudesse tocá-lo: se pegava estendendo a mão para aquela meia verdade e agarrá-la; sua intenção era senti-lo, puxá-lo para si...Mas ele sempre parava um momento antes de chegar. A mão suspensa no ar, os dedos esticados em direção àquela presença nunca completamente perdida.

No entanto, Steve nunca havia estado na casa de Sam, ele nunca tinha dormido em sua cama, eles nunca fizeram amor nela. Para Bucky, não era importante saber onde eles estiveram juntos ou que há tempos não se viam.

Bucky tinha sido feliz. Ele não poderia falar por Steve, mas sabia que ele também havia sido. Como poderia ser de outra forma?

Às vezes podia ouvir no ar o “eu te amo” que Steve havia lhe dito na ultima vez que se viram, era nesse momento que toda a magia quebrava e seus olhos lacrimejavam. Logo sua mente voltava para o dia em que foi ao apartamento do loiro e ele havia sumido sem deixar vestígio. Do corpo achado no rio como sendo supostamente dele e em como se viu perdido sem saber a quem recorrer, pois o passado de Steve era uma incógnita.

No entanto, Bucky se sentia bem. Apesar do sofrimento que, dia após dia, assolava seu coração, ainda conseguia separar a realidade daquilo que sua alma ansiava...e o que seu coração diziaera que ele ainda estava vivo. Steve estava lá, mesmo não estando. Estava vivo nas lembranças de suas conversas, na lembrança do toque de lábios, das noites em que fizeram amor.

Não importava, se aquele não era seu apartamento. Não importava se Steve, na verdade, tivesse ido embora ou morrido. A única coisa que lhe interessava era que ele podia senti-lo lá. Ele estivera no mundo, vivera e, antes do fim, amara e fora amado.

18 Juillet 2022 22:15:58 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
3
La fin

A propos de l’auteur

Lira Pavlova Doutora em astrofísica. Escrevo uns devaneios. Uma russa de coração brasileiro. Poliglota. #LGBTQIANP+ 🌈

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~