daisyrms Margarida Alves

Somos todos feitos de pó de estrelas, mas ele é a destruição mais bonita que meus olhos já presenciaram, o renascimento mais caótico de um ser tão sereno que já vivenciei.


#41 Dan Histoire courte Tout public.

#romance #estrelas #338
Histoire courte
17
2.1mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

O caminho de volta para casa ainda existe?

Somos todos feitos de pó de estrelas, mas ele é a destruição mais bonita que meus olhos já presenciaram, o renascimento mais caótico de um ser tão sereno que já vivenciei.

Ele é feito de pó de estrelas, partículas do cosmo. É possível ver o reluzir de seu fogo em seu olhar, pontos brilhantes salpicados em seu cabelo, colorindo de azul e vermelho seu rosto sorridente voltado para mim. É a imagem viva de um pedacinho do universo que pertence somente a mim. Um repuxar de lábios, uma sonora gargalhada e uma troca de olhares reservados a ninguém mais e ninguém menos do que a mim.

Pelo menos, essa é a impressão que eu tenho, a sensação de pertencimento que a sua presença me causa é inebriante e capaz de cegar os sentidos e qualquer tipo de lógica, mas no fundo de meu ser, eu sei que isso não passa de uma invenção de meu cérebro criativo.

Sou uma mera figura opaca em sua vida. Um fragmento do que um dia foi uma estrela viajante, ou seja, aquela que é passageira. Entretanto, nada impede meu ímpeto de sonhar, meus devaneios correm livres de minha mente através de belas pinturas da galáxia que encontro em seus olhos, do buraco negro e a espiral de incertezas que cerca meus pensamentos toda vez que penso em seus lábios colados aos meus, absorvendo toda a minha luz e sugando tudo o que resta de mim.

Continuo. Mesmo sabendo que não há nada além, nada a ser criado, nem destruído. Não há nada, apenas eu, ele e uma vaga ilusão de que um dia nossas galáxias irão colidir e eu enfim, descansarei minha cabeça no ombro dele e meu coração ansioso se acalentará e entrará em frequência com seus batimentos. Enfim, seremos um.

Continuo. Por que nós não somos nada mais do que pó de estrelas, tentando ascender aos céus para tornar a casa.

Eu gostaria de poder retornar.

2 Juin 2022 19:57 5 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
14
La fin

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
Alice Plays Alice Plays
Muito inspirador. Parabéns, Margarida!
March 15, 2023, 10:35
Wesley Deniel Wesley Deniel
Fascinante! Como me atrai os mistérios da criação. Achei simplesmente encantador! Parabéns. 😊
March 13, 2023, 10:40
Franciele Autora Franciele Autora
Lindo poema!
December 28, 2022, 00:37
Samy Haruno Samy Haruno
Simplesmente um dos melhores poemas que ja li!
October 09, 2022, 15:01
Daniel Trindade Daniel Trindade
Estou profundamente encantado com cada palavra! Lindo, lindo.
September 23, 2022, 19:47
~