samyla-freitas1651265268 Samyla Freitas

Inspirado na obra Supernatural, porém, história totalmente voltada a um glórioso conto antigo e tenebroso. Há de chegar o dia do impetuoso juízo final, e certamente algumas almas estão fadadas a lista negra, juntamente com todos os assassinos e criminosos, os psicopatas e por quê não, a primeira serial killer da era vitoriana, uma dama que doou sua própria humanidade pelos elos eternos da beleza juvenil afrodisíaca e intoxicante, e em seu deleite a banhar-se em coágulos escarlate de pureza, enquanto seu corpo acalentava cada gota de desespero, grito e terror percorrido pelas virgens que agonizavam em seus últimos suspiros. Preza na escuridão, seu espírito vaga por lugares frios, acorrentada em seu consagrado castelo, até que a escolhida da lua de sangue apareça e as infernidades da condessa a corrompam por completo; "Acorde-me. Congelo-me por dentro sem teu toque. Chame meu nome, querida só você pode me salvar, faça meu sangue correr por entre min has veias antes que eu desfaça... Salve-me do nada que eu tornei-me... Me liberte do inferno! estou perdida no meu próprio interior... Você é minha salvação"


Paranormal Vampires Déconseillé aux moins de 13 ans.

#thevampirediary #vampiro #suspense #winchester #Dean #Sam #Supernatural
0
2.5mille VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les dimanches
temps de lecture
AA Partager

Índice

"A verdade permanecerá enterrada nesse calabouço esquecido, de onde os soluços e gritos da condessa podiam ser ouvidos noite após noite, até que o próprio diabo piedoso dela, montou-a em seu impetuoso cavalo, levando-a aos domínios sombrios do inferno..."

Três adolescentes caminham pela floresta localizada próximo do vilarejo de Čachtice, ao oeste da Eslováquia, as jovens chamavam-se respectivamente, Sara Bennett e Abigail Roberts com a mesma idade de 17, e junto a elas está a mais nova, Penny Baker de apenas 16 anos.

Desde pequenas as três sempre foram muito unidas, buscavam conhecer o lugar onde nasceram, porém acabaram perdidas a noite, completamente exaustas e famintas;

-- Precisamos acampar, estou morta de fome. - protestou Abigail respirando fundo devido ao cansaço de caminhar o dia inteiro.

-- Por um lugar mais seguro Abbe, que tal ali? - apontou Sara para um castelo em ruínas.

-- Você só pode estar louca, aquele castelo é o local onde... - Penny agilmente contestou.

-- É o que temos Penny, não podemos dormir na floresta a mercê de um inseto venenoso ou até um animal nos atacar! - a voz de Sara se opôs sobre a voz da mais nova.

A menina acabou mesmo contra gosto, seguindo as mais velhas, rezando para estar errada e aquele castelo não ser o mesmo que ela ouviu histórias macabras desde criança, suplicando mentalmente para nada de ruim acontecer com ela e suas amigas, enquanto caminhava a passos largos e coração acelerado.

Respiração pesada e engolindo a seco a decisão das amigas, Penny podia sentir ruins vibrações extremas vindo daquele castelo que estava a uma caminhada pequena, seus ossos começavam a tremer em compasso de seu coração que parecia querer sair por sua boca, essa que abria e fechava para protestar mas sabia que não adiantaria de nada, procurou apoio consigo mesma, juntando a mochila que antes estava em suas costas, abraçava como se quisesse afogar as mágoas de toda a vida;

-- Bom, chegamos, vamos procurar um local para comer e deitar. - Sara avisou antes que um vento gélido percorreu pelas garotas, fazendo arrepiar do primeiro fio de cabelo até o dedinho do pé das três, um silêncio ensurdecedor estagnou naquele espaço.

-- Okay, isso foi estranho... - Sara indagou pausadamente.

-- Que estranho o quê, foi só uma brisa, vamos entrar logo. -- Abigail deu de ombros e caminhou até o portão de ferro, tocou-o e abriu com facilidade, como se aquilo espera-se por elas. -- Vocês vão ficar aí? - ela olhou Sara e Penny que se entreolharam e foram até a amiga.


(. . .)

"Contemple o castelo de Čachtice, uma fortaleza inexpugnável que o tempo reduzirá a pedras e pó..."

29 Avril 2022 22:02:33 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
Lire le chapitre suivant 1° Prodigies

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 3 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!