misterjota Mister Jota

Aí você compra um óculos para melhorar a visão e ficar parecido com seu ídolo! Orgulhoso, sai de casa apenas para descobrir que está parecido com outra pessoa...


Histoire courte Tout public.

#ContadordeCausos
Histoire courte
0
1.3mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

O Óculos

O ÓCULOS

Com a idade surgem os “males da velhice”.
É dor nas costas, flatulência, cansaço, dor aqui, dor acolá...
Mas, no meu caso, os primeiros sintomas da velhice que se aproxima foram os problemas de visão.
É um negócio de ver tudo turvo e de perder ônibus por não conseguir enxergar o que está escrito, que virou um tormento.
Muito relutante em admitir meu primeiro sinal de PVC (P* da Velhice Chegando), fui até um médico e, de lá, saí com uma receita de óculos.
Já que não tinha jeito, resolvi que compraria algo moderno e bonito para, quem sabe, dar uma melhorada nessa minha cara feia.
Experimentei vários modelos e não me agradei de nenhum até que, quando já estava quase desistindo, eis que vejo em um cantinho escondido da prateleira o óculos perfeito!
Aro fino, tamanho adequado e redondinho igual ao de John Lennon...
Na condição de fã incondicional dos Beatles, me apaixonei de imediato por aquela divina e perfeita obra da engenharia ótica humana.
Paguei até mais caro por aquela armação e esperei ansiosamente pelo dia em que ficasse pronta.
No dia combinado para a retirada, saí feliz e satisfeito com aquela pequena homenagem ao meu ídolo.
Cheguei em casa sorridente e mostrei o novo xodó a minha esposa.
Ela me olhou fixamente e comentou:
- É bonito mas, você está um pouco velho para usar óculos de Harry Potter. Deveria ter comprado algo mais sério.
Harry Potter? Com certeza a mulher, ou estava variando das ideias ou estava curtindo com minha cara. Era óbvio que meu óculos não tinha nada a ver com Harry Potter e sim com John Lennon. Qualquer cego poderia ver isso e perceber a diferença!
Ignorei aquele comentário sem noção e mostrei meu “quatro olhos” para minha filha. Esta, bateu palmas alegremente e comentou:
- Que legal, pai! Você comprou óculos do Harry Potter!
Será que todo mundo enlouqueceu? Não sabiam a diferença entre o óculos redondo e sem graça do Harry Potter e óculos redondo, estiloso e belo do grande mestre, John Lennon?
Pior que a loucura parecia ser coletiva!
No dia seguinte, no ônibus, na rua e no trabalho, ouvi diversas vezes as pessoas comentando: “olha o óculos de Harry Potter”...
Não tenho nada contra o bruxinho lá dos filmes e livros (até gosto dele) mas, gostaria que as pessoas percebessem que EU ESTAVA USANDO UM ÓCULOS IGUAL AO DO JOHN LENNON!
Até minha mãe já idosa e que, teoricamente, não deveria sequer conhecer a franquia dos filmes, ao me ver comentou:
- Você não vai crescer nunca? Um homem dessa idade, já pai de família, usando um óculos de personagem de filme adolescente? Bem que seu pai dizia que você sempre foi meio abobado...
E assim se passaram as primeiras semanas: com todos elogiando meu bonito óculos de Harry Potter e ninguém falando que parecia com o de John Lennon. Será que era tão difícil assim perceber a diferença?
Chateado, frustrado e cansado daquela comparação sem sentido, voltei na ótica e pedi para fazer uma modificação sutil no óculos: retirar as lentes transparentes tradicionais e colocar lentes escuras com o mesmo grau.
Recebi de volta os óculos já com as novas lentes escuras e, com a barba por fazer, olhei-me no espelho satisfeito.
Eu podia não estar mais parecendo com John Lennon mas, com certeza, agora estava “a cara” do meu outro ídolo, o Raul Seixas.
Fui para casa mostrar a novidade para minha mãe que, ao me ver, fez uma careta e comentou:
- Você está cada dia mais desmiolado.
Fiquei sem entender e nem pude perguntar o motivo daquele comportamento porque, a velha ficou tão chateada que saiu da sala e me deixou falando sozinho.
Minha filha, que chegava naquele momento da escola, sorriu e com ar de ironia, perguntou:
- Papai, porque você trocou o óculos de Harry Potter por esse de Patropi, da Escolinha do Professor Raimundo?
É triste mas, já faz uma semana que, em todo lugar que eu vou, alguém me chama de Patropi e pede para eu repetir o bordão do personagem:
“ Meu, você parece que não sei”.
Agora estou voltando à ótica para comprar um óculos mais simples, careta, comum e comportado porque, Harry Potter já era ruim mas, Patropi é humilhação demais!

26 Décembre 2021 11:21:28 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
La fin

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~