misterjota Mister Jota

Roqueiro que é roqueiro só gosta de Rock! Pelo menos até a bebida fazer efeito...


Histoire courte Tout public.

#ContadordeCausos
Histoire courte
0
1.2mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Onde o Rock Errou?

ONDE O ROCK ERROU?

Marcos Metal é um roqueiro-roqueiro.
Daqueles roqueiros que só tem roupa preta no guarda roupas, não sabe quanto custa um tênis porque só anda de bota militar, nunca entrou em uma barbearia e não ouve outra coisa que não seja o bom e velho rock’n roll, de preferência no mais alto volume.
Marcos Metal vai a missa por exigência da mãe (ateu em minha casa não mora), mas usa um fone escondido no ouvido para, ao invés de ouvir o padre, ouve um rock daqueles bem pesados com letras demoníacas.
Ninguém além dele está ouvindo mas, ele acha que está causando choque ao sistema católico.
Marcos Metal é radical!
Ele vai ao estádio de futebol apenas porque os amigos insistem (depois do jogo tem cerveja), mas enquanto todos ouvem a narração pelo rádio do celular, Marcos Metal ouve um bom punk rock, daqueles que protestam contra as coisas populares, como por exemplo, o futebol.
Marcos Metal vai em aniversários apenas para comer e beber.
Não suporta aquelas musiquinhas infantis, aqueles pirralhos gritando, as mães fofocando e principalmente, por não ter rock na festa.
Na hora de “bater os parabéns”, só para mostrar o quanto é malvado, fica calado de braços cruzados.
Marcos Metal vai sempre ao shopping e fica indignado quando alguém o olha com cara de surpresa ou cochicha algo sobre seu visual.
Se sente discriminado pela sociedade.
Marcos Metal costuma dizer que está em uma luta de “resistência ao sistema” embora ele mesmo não saiba a quem e nem porque está resistindo.
O roqueiro, as vezes até gosta das propostas de um ou outro candidato político mas, como é resistente ao sistema, sempre vota nulo.
Defende a anarquia mas gosta de tudo organizado.
Acha que todo mundo que não ouve rock tem mal gosto e é limitado intelectualmente. Marcos Metal costuma dizer que não consegue ouvir essas músicas cujas letras nada dizem, apesar de ouvir rock em inglês e não entender nada. Aliás, de inglês Marcos Metal só sabe pronunciar (mal) o nome das bandas e algumas palavras, como hot-dog e hamburguer.
Mas o que mais causa ódio em Marcos Metal, sem sombra de dúvidas, são as malditas músicas sertanejas.
- Primeiro que sertão só tem no Nordeste – costuma dizer, apesar de não conhecer muito bem o mapa do Brasil.
Marcos Metal odeia aquelas letras melosas, que só falam de traições e gado. Acostumado com bandas, não entende como um gênero musical pode ser sempre composto de duplas.
- Para que dois cantando a mesma música?
Costuma trocar o nome das duplas (ninguém sabe se por desconhecimento ou se só para dar a impressão de que não as conhece).
Fala que uma dupla é Marília e Maraísa, que outra é Chitãozinho e Leonardo, jura que Sandy e Junior são um casal e acha que o único que canta sozinho é um tal de Jorge Matheus.
O problema aconteceu ontem na festa de aniversário de Fulgêncio Fubuia, que aliás, ele não foi convidado.
Após a primeira cerveja, comentou com alguém:
- Essas músicas sertanejas só servem para quem é corno. São o cúmulo do mau gosto.
A outro, após a quinta cerveja, falou:
- Amor é só uma coisa que inventaram para amolecer as pessoas e fazer com que elas esqueçam das coisas que realmente importam.
Depois de beber a décima, decretou:
- A pessoa que chora por causa de uma música deveria procurar um psicólogo e se tratar.
Foi lá pelo fim da festa, quando já tinha perdido a conta de quantas cervejas bebeu, que o vexame aconteceu.
Quando começou a tocar Evidências, Marcos Metal, já bêbado surgiu no salão, com uma garrafa na mão e abraçado a uma vassoura.
- E nessa loucura de dizer que não te quero – cantou alto, embolado e desafinado, o roqueiro radical.
E, com lágrima nos olhos, confidenciou a uma insensível vassoura:
- Essa música é linda e me lembra a Ana Amorosa, minha primeira paixão. Mas não conte a ninguém porque eu sou roqueiro, resistente ao sistema e só ouço sertanejo quando estou sozinho em casa.

25 Décembre 2021 14:52:23 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
La fin

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~