agustdeadtown Vick

❝Onde Jimin decide unir os sete amantes com elásticos de criança❞ [Universo alternativo | Yaoi | Cute | One Shot] [14+ Contém romance homossexual] ©2017 agustdeadtown Todos os direitos reservados!


Fanfiction Groupes/Chanteurs Déconseillé aux moins de 13 ans.

#yaoi #namjoon #bts #yoongi #seokjin #hoseok #jungkook #jimin #taehyung #surubangtan #ot7
1
1.0k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

unico; hyungs, can we get married?

📷


Jimin tinha o celular em mãos, o vídeo do casório de um de seus staffs passava na pequena tela do IPhone mais recente da época. O loirinho contornava um sorriso feliz em seus lábios ao perceber que fora os noivos, haviam mais pessoas no altar. Jimin e seus companheiros de amizade e de grupo.

Não é mentira se lhe disserem que no amor não há limites, e o grupo era uma entre milhares provas. Os sete garotos aprenderam o sinônimo de amar depois de alguns anos convivendo juntos, atravessando o mundo com pequenos e médios shows.

Afinal, o grupo BTS não era famoso, eram consideradosflop. E isso tornava tudo mais difícil. Os membros se autocobravam, treinavam até caírem no chão cansados e cantavam até as cordas vocais implorarem por socorro. As composições eram realizadas diariamente, por cerca de quatro horas no mínimo.

Era realmente difícil, mas Jimin sentia-se feliz em ter seis pessoas junto consigo, porque para o loirinho tudo se tornava mais fácil quando havia os membros perto de si.

Se descobrirem parte da comunidade lgbt foi um momento difícil para eles, mas não tinha como ser fácil. É como viver a adolescência novamente, onde você não sabe em quem confiar, quais decisões tomar e quais rumos levar.

Se perguntassem para Jimin se o mesmo queria se casar um dia, hoje, Jimin responderia que sim com um grande sorriso de bochechas gordinhas. Provavelmente ele não revelaria um nome, pois teria uma lista de seis garotos nela.

Jimin se apaixonou por seis personalidades diferentes. Jeon JungKook, o garoto tímido, porém extremamente bonito chamou a atenção de Jimin no momento em que se viram.

O loiro gostava de levar seu dongsaeng para a escola junto com SeokJin todos os dias. Gostava de buscá-lo e ouvir tudo que o mais novo havia aprendido e como seus colegas diziam lhe apoiar na carreira do grupo.

Kim TaeHyung, o garoto que ele conhecia de vista antes do debut do grupo lhe roubava ares. Adimirava o esforço que o garoto teve para entrar no grupo e assim que o Kim conseguiu entrar no grupo, Jimin logo se tornou melhor amigo do garotinho de personalidade única e apaixonante.

Jung Hoseok, o garoto elétrico e animado. Jimin nunca deixou de pensar que o Jung era ligado na bateria, não parava nem um minuto, mesmo depois dos shows parecia que ele havia acabado de acordar. O garoto que tinha em seu nome esperança não era sem um significado, afinal o nome esperança era uma descrição completa de Hoseok.

Kim NamJoon, o líder do grupo. O homem de cabelos platinados fazia tantas coisas pelos membros, mesmo não acreditando em si, o mais velho se tornou mais forte e melhor pelos garotos. Jimin admirava isso de uma forma grandiosa.

Min YoonGi, garoto do sorriso de gengivas, como o de uma criança. O modo como sobreviveu praticamente sozinho e como acreditou em seus sonhos sem ouvir seus pais dizendo que aquilo era banal encantou o Park. YoonGi sempre fora um hyung maravilhoso, apesar do comportamento boca solta e super digo o que penso, Jimin e YoonGi sempre se deram bem.

Kim SeokJin, o hyung mais velho dali. Jimin se divertia a beça com o Kim, iam sempre ao mercado juntos na companhia de JungKook, cozinhavam juntos também. Um dos momentos mais significativos era quando Jimin esquecia de conversar com o mais velho no dialeto respeitoso e recebia uma bronca de hyung do Jin.

Jimin amava todos e com aquele vídeo ele se decidiu: Iria se casar com os seus seis amores.

Calçou as pantufas e levantou de sua cama beliche. Arrumou o lençol um pouco bagunçado e saiu do dormitório da casa simples em que morava com os membros rapidamente. Parou na sala e viu os garotos jogando algo no vídeo game. Ficou parado ali no batente da porta até que JungKook - que assumia o controle no momento - parou o jogo, fazendo com que todos lhe encarassem.

Jimin sentiu a maior pressão que já havia sentido em todos os anos de sua vida. Andou até o meio da sala e sentou no grande tapete preto da sala cruzando as pernas em posição de índio.

- Nós podemos nos casar?

O Park não parava de mexer os dedos um nos outros em vergonha, ato que o tornava fofo junto aos lábios cheinhos em um biquinho.

- Por que quer se casar conosco? - SeokJin perguntou. Jimin se levantou e andou até o mais velho sentando em seu colo.

- As pessoas se casam porque se amam. Assim como o staff, não é hyung? - SeokJin concordou enquanto Jimin recebia a atenção de todos os membros.

- Quero me casar com vocês porque nos amamos, não como o staff ama a mulher dele, mas nos amamos, não é?- Todos soltaram um murmuro indicando que estavam entendendo o pequeno.

- Não podemos nos casar, Jimin. O governo permite que apenas duas pessoas se casem - NamJoon arrumou o cabelo loiro do Park.

- Mas não precisa ser no papel, hyung - O garoto disse animado com o plano que acabara de inventar e se levantou do colo de SeokJin correndo até o rack tabaco onde a televisão e alguns objetos estavam.

Pegou uma caixinha de papelão onde ficavam alguns prendedores e elásticos de cabelo e sentou no meio da sala cruzando as pernas novamente. Pegou cuidadosamente sete elastiquinhos da cor amarela e voltou até os garotos, sentando agora no colo de NamJoon.

- Todos peguem uma liguinha - Abriu a mãozinha e os garotos pegaram cada um uma, até sobrar somente uma na mão do Park.

- Deixem todas aqui na minha frente - Os garotos esticaram seus braços até a frente de Jimin.

- Agora repitam comigo - Pausou pensando em algum tipo de jura de casório nova. Afinal aquele casório não era como os outros, então não havia por quê das juras serem como a de costume - Eu aceito os meus hyungs e dongsaengs como meus maridos...

Assim que JiMin dava um tempo, todos ali repetiam as palavras do loirinho com alegria. Era um momento único, coisa que não iria se repetir. Todos sentados um no colo dos outros, com grandes sorrisos nos lábios fazendo juras de casamento com ligas de cabelos como aliança.

- E prometo vivermos felizes até o último momento do nosso amor... - O coral baixinho podia ser ouvido por JiMin que não parava de sorrir.

Não eram seis garotos casando com Jimin, mas sim sete garotos casando entre si. Casa um ali prometia silenciosamente dar amor igualmente entre todos os membros. Eles vivenciaram o crescimento de cada um até ali, vivenciaram as lágrimas, as dores e os sorrisos de todos. Eram realmente como maridos e o casório de elásticos amarelos veio para findar tudo isso.

- Prometo também ser um bom marido para todos os meus hyungs e dongsaengs... - Encarou JungKook e TaeHyung, o maknae sorria e Jimin presenciou o garoto secar uma das lágrimas com as costas da mão.

- Se há alguém contra, que fale agora ou cale-se para sempre! - Falou sério e os garotos começaram a rir.

Era um casório diferente de tudo que já havia existido. Era promessa de cuidado e irmandade, promessa de união e de família.

Jimin se levantou do colo do líder e andou até o final do sofá, onde JungKook estava sentado. Deixou um selar nos lábios vermelhinhos do maknae e secou as lágrimas do moreno sorrindo.

- Não chore, JungKookie - Colocou a liga amarela no dedo anelar do garoto que concordou com o pedido do mais velho parando de chorar.

Jimin andou de lado como um caranguejo até parar no próximo marido. Min YoonGi.

- YoonGi, nunca desista dos seus sonhos. Veja onde chegou até agora e nunca deixem lhe dizer que você não pode algo - Disse e deixou um selar no de cabelos cinzas repetindo o processo da "aliança" em seguida.

- Hoseok, obrigado por trazer alegria para nós e ser nossa esperança - Beijou o de cabelos laranjas e colocou a liga amarela em seu dedo.

- TaeHyung, obrigado por ser um dos meus seis melhores amigos e um dos meus seis maridos - Beijou o de cabelos castanhos claros e colocou a aliança na mão do garoto.

- NamJoon, eu tenho uma lista de agradecimentos para você. Irei escrevê-los e lhe entregar - Deixou um selar no líder e colocou a liga em seu dedo.

- SeokJin hyung! - Se animou ao ver o mais velho com lágrimas presas nos olhos - Estamos casados! Nós sete, é legal né? - Deixou um selar no mais velho e colocou a liga em seus dedos - Obrigado por cuidar de mim como um verdadeiro hyung. Agora somos maridos, posso cuidar de você também. Ah, podemos cozinhar um jantar romântico para nós sete também.

Jimin levantou do chão e andou até o meio da sala novamente. Levantou a mão até a altura de seus olhos e colocou a liga amarela em seu dedo sorrindo em seguida. Ato que ocasionou o levantamento de suas bochechas e o fechamento de seus olhos que formaram dois risquinhos.

- Agora todos nós somos casados! - Gritou fazendo com que risadas saíssem dos lábios dos garotos que se olharam não acreditando no que Jimin havia feito.

Jimin tomou coragem para fazer o que ninguém ali tinha coragem. Casar todos os sete amantes.

- Vamos ter uma lua de mel!


13 Octobre 2021 12:43:41 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
La fin

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~