Y
Yan César Lira Xavier


Essa é uma história de super heróis clássica e icônica, muito divertida e interessante aproveitem e aguardem os próximos capítulos 😉


Bandes dessinées Web comics Tout public.
0
352 VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les 15 jours
temps de lecture
AA Partager

A ameaça de Actrus parte 1

Era uma vez... Ops não é esse tipo de história, vamos começar de novo. Bom... Tudo começou em Nova York, um rapaz órfão desde criança, chamado Daniel andava sem rumo pela cidade até que ele viu uma mulher em apuros num beco, ela estava sendo agredida e assaltada por dois homens, Daniel pensou em sair e deixar para lá, afinal não era problema dele, mas seu caráter e heroísmo falou mais alto, então ele foi ajudá-la, Daniel: “ei parceiros, estou atrapalhando alguma coisa?” assaltante: “sai fora moleque a gente não quer te machucar” mulher: “socorro!! Socorro!!” Daniel: “tá certo então eu acho que vou nessa”, Daniel saiu, mas de repente os assaltantes viram algum tipo de coisa passando muito rápido, essa “coisa” passou e levou a mulher sem que os assaltantes percebessem, assaltantes: “o que!!! Onde está ela!!” a “coisa” chega de repente e da um soco neles, eles assustados perguntam, assaltantes: “o que, ou quem é você?!” e se surpreendem ao ver que na verdade a “coisa” era Daniel, Daniel: “típico de covardes, atacam pessoas indefesas, mas quando chega uma pessoa corajosa, vocês se borram todos, agora vão embora e nunca, NUNCA mais abusem de ninguém principalmente de uma mulher, se eu ver vocês fazendo isso de novo não vai ser tão fácil, ENTENDERAM?!” assaltantes (se borrando de medo): “tá bom cara a gente não faz mais, foi mal, só não machuca a gente tá!!” e saíram correndo com medo. Daniel foi até o local onde deixou a mulher, Daniel: “desculpe pelo susto moça, mas você está bem?” mulher: “graças a Deus e a você eu estou bem sim, você salvou a minha vida, serei eternamente grata, mas... Como você me trouxe aqui tão rápido?” Daniel: “se eu te falasse você não acreditaria, enfim, de nada e toma cuidado por aí” mulher: “pra onde você vai agora?” Daniel: “não sei, vou para onde a vida me levar... Se cuida!” e saiu como um raio. Pela manhã Daniel achou o que estava procurando, uma mansão para jovens super dotados, ele tocou a campainha, mas a porta estava aberta, ele então foi entrando, Daniel: “olá, tem alguém aí?” ele avistou um rapaz, Daniel: “oii cara, eu sou o Daniel” rapaz: “eai, meu nome é James, tá procurando alguma coisa?” Daniel: “tô procurando o professor Abraham, me disseram ele mora aqui” James: “é ele mora aqui sim, mas o que você quer com ele?” Daniel: “também me disseram que aqui é um lugar para jovens com peculiaridades” James: “então você se enganou, aqui é só um orfanato” Daniel: “a tá bom, se liga então” usou seu poder de super velocidade para mostrar a James sua peculiaridade, James: “Uau você também tem poderes, você é super veloz!! Eu também posso fazer isso se liga” James então usou sua super velocidade, Daniel: “Um pouco mais lento do que eu” James: “Vem vou te levar até o professor”, eles seguiram para a sala do professor Abraham, chegando lá, James apresentou Daniel ao professor, eles conversaram por um tempo e o professor decidiu abrigar Daniel em sua mansão, Daniel e James foram até o quarto que Daniel ficaria, lá ele conhece Dunkan um outro jovem super poderoso. Daniel: “eai eu sou o Daniel, pode me chamar de Dan se quiser”, Dunkan: “eai, você deve ser o novato, bom acho que eu vou ser seu colega de quarto, mas me diz aí, qual o é o seu super poder?” Daniel: “acho que é super velocidade, e o de vocês?” James: “pensa no superman... É eu sou tipo ele hahaha, eu tenho de tudo um pouco, super força, super velocidade, visão de calor, super resistência, posso me curar, também absorvo alguns tipos de energia, ah e eu também posso voar” Daniel: “nossa você é bem apelão” Dunkan: “bom eu posso me teletransportar para qualquer lugar, tenho regeneração bem acelerada, acho que só isso” Daniel: “é vocês são bem poderosos, mas só tem vocês aqui?” James: “não tem vários outros caras, não tão incríveis quento eu mas... Dão para o gasto”. Eles vão até o refeitório e Daniel conhece os outros jovens peculiares, Jack (um rapaz bem esquentadinho literalmente, seus podres são produção, manipulação e absorção de chamas e calor). Tyler (um rapaz um pouco mais velho e experiente, seu poder é se transformar em um lobisomem sedento de fúria e ódio). Lá eles fazem amizade, começam a trinar intensamente e começam a se tornar uma grande equipe. 2 anos se passaram, e aqueles jovens não são mais jovens, agora são adultos e vão combater o seu primeiro crime como uma equipe, um vilão chamado âncora estava assaltando um banco com seus capangas e fazendo várias pessoas de reféns, então, Daniel, James e Dunkan são acionados para esta ocorrência, os três vestem seus trajes, e vão até o banco, James voando, Daniel correndo e Dunkan usando seu teletransporte, Daniel e Dunkan chegam primeiro e esperam a chegada de James, que faz uma entrada triunfal fazendo o famoso “pouso de super herói”, James: “olá bandidos como vão? Que tal largarem as armas e se renderem?” âncora: “hahaha, quem é você moleque, pera aí quem são vocês?!” Daniel e Dunkan chegam no local, James: “nós? Nós somos... Ainda não temos um nome de equipe, então pode chamar a gente de O TRIO, e você é quem? O capitão gancho? Hahaha” âncora: “seu idiota, eu sou o âncora, já chega de conversa, tome isso” (atacou James com a âncora que tem no lugar da mão direita) porém, James desvia fácilmente, James: “acho que você errou!” âncora: “tem certeza? Hahaha” (puxa a âncora de volta para atacar James pelas costas), mas... James desvia novamente com muita facilidade e a âncora acaba voltando com toda força no meio da cara do âncora, ele voa longe e grita... Âncora: “o que estão olhando seus idiotas, atirem neles!!!” os capangas atiram para todos os lados inclusive nos reféns então Daniel e Dukan agem com eficiência, Daniel desvia as balas que estão em direção aos reféns enquanto isso Dunkan se preocupa em levar os reféns para um local seguro, isso tudo acontecendo simultaneamente e muito rápido, nesse intervalo de tempo James da uma boa surra no âncora, o joga em uma parede... James: “renda-se ou eu vou ser obrigado a te matar!!” ( lançando sua visão de calor na parede e a aproximando cada vez mais de âncora) James: “renda-se agora!!!” âncora: “está bem eu me rendo, eu me rendo” James se acalma com seus olhos fumaçando, enquanto isso, Dunkan luta contra os capangas e seus olhos começam a ter um brilho roxo estranho, e ele perde o controle e quase mata um dos capangas, mas felizmente Daniel chega e o impede Daniel: “o que você tá fazendo cara?? Fica calmo” os olhos de Dunkan perdem o brilho estranho, e ele se acalma Dunkan: “o que?? O que aconteceu??” Daniel: “você quase matou ele” eles pegam os capangas e levam para fora entregando a polícia, James carrega âncora e o joga no chão, as pessoas surpresas com o acontecido ficam olhando, James: “o que estão esperando?? Prendam eles!!” polícias abismados ao ver que James voava policial: “claro, vamos prendam eles!” todos os que assistiam começam a aplaudir o trio, James e os outros acenam para o povo, e vão se retirando até que uma das pessoas pergunta pessoa: “qual o nome de vocês?” Dunkan: “eu sou o steam” Daniel: “me chamem de fast” James voando e saindo presta continência e diz, James: “eu? Eu sou o power!” e sai voando super rápido, James (se comunicando com os outros): “isso aí!! Conseguimos galera!! Até que foi bem fácil hahaha”, Daniel: “somos uma equipe e tanto em!! Parabéns para nós” ao chegar na mansão eles comemoram a vitória, e ligam o jornal e a cara deles está estampa na TV, Dunkan: “nossa!!! A gente tá na TV!! Aliás galera falando em ficar famoso, vai rolar uma festa hoje a noite eai vocês topam?” James: “que festa é essa, a gente nunca foi em uma festa antes” Daniel: “só sei que eu topo hahaha” James: “é eu também” Dunkan: “beleza vou falar com os outros caras. Aí Jack tá afim de ir numa festa?? Pelo menos você esfria essa sua cabeça quente hahaha” Jack: “cala a boca!! Eu vou de deixar chamuscado seu idiota” Dunkan: “tá tá, mais você vai ou não?” Jack: “beleza eu vou, vai ver eu encontro alguma gatinha pra apagar meu fogo hahaha” Dunkan: “eai Tyler você vai tamb...” Tyler: “pode parar, eu tô dentro” Dunkan: “beleza todo mundo vai, vai ser as 21:00”, eles ficam perambulando pela mansão até as 21:00, quando chega a hora da festa eles se arrumam e saem escondidos do professor, ao chegarem na festa, vêem que estava lotada, eles vão pegar bebidas e se divertir, até que Daniel avista uma garota belíssima, Dunkan percebe ele olhando, Dunkan: “eai ligeirinho, vai falar com ela ou vai ficar só olhando?” Daniel: “eu nem conheço ela!” Dunkan: “mais um motivo pra você ir lá vai logo usa sua velocidade hahaha” Daniel toma coragem e vai falar com a garota, Daniel: “com licença, olá eu me chamo Daniel mas pode me chamar de Dan se quiser” garota: “ah oii eu sou layla muito prazer” eles conversaram por um tempo e curtem a festa, enquanto isso o comunicador de emergência de James toca o avisando que alguma coisa estava acontecendo na mansão, então ele vai procurar seus amigos para avisá-los do ocorrido, ele conseguiu achar Daniel, Jack e Tayler, porém eles procuram Dunkan por toda parte de não o acharam James em apuros saiu voando para a mansão para ver o que estava acontecendo, Daniel o acompanhou correndo, Jack também foi com eles, enquanto Tayler ficou para procurar por Dunkan, Daniel chega na mansão e tudo fica lento ao seu redor, nesse meio tempo ele averigua todos os cômodos da casa, quando ele chega no quarto do professor ele tenta abrir a porta e não consegue de jeito nenhum, e James chega destruindo o teto lentamente, Daniel tenta de todas as formas mas não consegue abrir a porta, então ele volta ao normal e James entra derrubando tudo Daniel: “cara eu não consigo abrir essa porta!!!” James: “deixa comigo” da um soco super forte na porta e nada, enquanto isso o professor gritava de dor, pois dois seres estranhos o atacaram enquanto ele dormia, professor Abraham (gritando) : “quem são vocês?!” garota: “eu sou Elisabeth, e quero saber onde está Damon” garoto: “e eu sou Leonard seu pior pesadelo” professor Abraham: “eu não seii quem é esse!!!” Elisabeth: “que pena, então você é inútil para nós” o motivo o qual Daniel e james não conseguiam abrir a porta era porque Elisabeth estava lançando um feitiço de campo de força no quarto, James ainda continuava tentando abrir com força, com sua visão de calor e nada acontecia, até q ele percebeu que estava diante de um tipo de campo de força, dentro do quarto Elisabeth já estava enfraquecendo com os golpes de James, o campo de força estava se desfazendo, Elisabeth: “vamos Leonard acaba logo com isso, eu não vou aguentar mais!!” então Leonard acaba matando o professor, Elisabeth abre um portal, e James prepara seu maior golpe, e ataca o campo de força quebrando-o no mesmo instante que Leonard e Elisabeth fogem pelo portal, quando entram no quarto e se deparam com o professor morto, os jovens se desesperam James (chorando): “nãooooo!!! Professor acorda!! Não faz isso com a gente!!!” Daniel: “ele se foi james!!” James: “quem foi o desgraçado que fez isso?! Eu vou matar!!” lança para todo lado sua visão de calor e da um soco no chão que estremesse toda a cidade, nesse momento Dunkan chega sem entender o que está acontecendo Dunkan: “galera o que tá acontecendo aqui?!” James (furioso):“a culpa é sua!! Se você estivesse aqui ele ainda estaria vivo!!” parte para cima de Dunkan, James: “você era o único que poderia entrar no quarto com o teletransporte, e onde você estava em?! Agora o professor tá morto por sua causa!!” Daniel: “não adianta procurar um culpado, agora não tem mais volta, era magia nos não fomos treinados para isso” Dunkan chora ao ver o professor naquele estado, eles fazem um funeral digno para o professor. 1 semana se passou, todos ainda estavam de luto, mas não podiam deixar os criminosos fazerem o que queriam na cidade, James estava voando fazendo uma pequena patrulha pela cidade quando ouviu uma mulher gritando, imediatamente se dirigiu até o local e viu um homem espancando a mulher, James prontamente foi ajudá-la e chegou arrombando a porta e dando um soco no homem nesse momento James estava furioso, um brilho roxo nos olhos dele parecia tomá-lo em fúria, ele continuou batendo no homem e disse James: “que tal dar uma voltinha no céu?! Hahaha” homem: “não cara por favor não faz isso!!!” James pegou o homem e levou até o céu voando James: “se eu te soltar você cai rápido ou devagar?!” homem: “não me solta não cara por favor eu não faço mais isso!!!!” James solta o homem sem piedade, enquanto o homem caia James ria, depois se tocou do que tinha feito, e voou rapidamente para salvar o homem, ele pegou o homem deu um soco e disse James: “eu sou um herói diferente de você, eu não mato pessoas e nem as faço mal, só a quem merece” E levou o homem até a delegacia. Enquanto isso Daniel fazia o mesmo procedimento de patrulha quando viu em um galpão uma gangue torturando um rapaz prontamente agiu como um herói e foi salvá-lo, chegando lá usou sua super velocidade para deixar todos em câmera lenta deu uma surra em todos da gangue mas esqueceu de desviar a bala que estava sendo disparada no rapaz, a bala o atingiu e Daniel ficou furioso e partiu para cima do responsável pelo disparo, deu uma surra e vibrou a sua mão tornando-a intangível e pegou o coração do homem arrancou fora e explodiu com a mão, matando o homem, naquele momento os olhos dele também tinham um brilho roxo estranho, parecia que algo estava acontecendo. Dunkan estava na mansão ainda abalado com a morte do professor, afinal o professor foi o seu primeiro amigo, ele estava na sala de treinamento para tentar aliviar a tensão, e começou a treinar em um certo momento ele estava tão concentrado no treino que começou a se teletransportar para todos os lados instantaneamente e estrategicamente, seus olhos tinham o mesmo brilho roxo de James e Daniel, chegou um momento que ele estava tão concentrado que acabou se teletransportando para um local estranho, sombrio, e macabro, e avistou uma criatura se aproximando rápido, então, Dunkan com medo matou a criatura, mas quando observou novamente avistou mais criaturas e lutou com elas e as matou quando ouviu uma voz misteriosa dizendo voz misteriosa: “ora ora, quem está aqui, venha até mim meu filho!” Dunkan se teletransportou até a voz misteriosa e perguntou Dunkan: “quem é você?! E por que me chamou de filho?” voz misteriosa: “eu Actrus, seu pai, e chegou a hora de trabalharmos juntos novamente” Dunkan: “o que hahaha meu pai, olha eu não tenho pai tá legal pelo menos que eu me lembre” Actrus: “aquele mago fez isso com você filho, por isso não se lembra de nada, mas entenda, seus poderes vem de mim” Dunkan: “tá mas onde eu tô?!” Actrus: “você está no tártaro, mas já que não se lembra... Elisabeth venha até aqui” Elisabeth chega e toca na testa de Dunkan conjurando um feitiço de recuperação de memória Elisabeth: “lembre-se!!” Dunkan nesse momento começa a gritar enquanto se lembra de toda a sua vida Dunkan: “ahhhhhhhh paraaaaa!!!” e não parava de gritar, na sua mente se passava um filme completo com toda sua vida desde que nasceu até o exato momento, até que ele finalmente parou de gritar, com a cabeça abaixada e os olhos fechados... Actrus: “me diga filho... qual é o seu nome?!” Dunkan com um sorriso maligno no rosto respondeu abrindo seus olhos, Dunkan: “meu nome... Meu nome é Damon!!”. Continua...

18 Septembre 2021 02:19:33 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
À suivre… Nouveau chapitre Tous les 15 jours.

A propos de l’auteur

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~