Histoire courte
0
3.0mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Diário de um inverno

Corações gelados transbordam pelo mundo,
derramam lágrimas pelas ruas e deprimem sorrisos,
congelam corpos que até ontem bailavam pelo dia.
Será possível viver sem a tristeza nessa tragédia que toma a vida?

Discursos profanam a leveza da vida,
corroem templos felizes levantados por décadas.
Pobres tiranos defecam pela boca, e sonham com uma revolução em verde e amarelo.

A cada dia morrem milhares de corações ressentidos,
transbordando mais e mais frio.
Suplico: não morram! A cada morte o dia fica mais frio.
Como é possível morrermos com coração quente em tempos tão sombrios?

None 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
3
La fin

A propos de l’auteur

Sertidão do Cer "Querido diário...." Sou um mero vagante curioso pelo mundo que não se contentou apenas em pesquisar. Vim de um lugar, no interiorzinho de Minas Gerais, onde várias forças confluiram para que eu não chegasse onde estou, mas cheguei! Então, aqui nada mais é que uma fuga do ringue (ou será uma extensão dele?). Aparentemente, cada texto é uma inquietação do meu eu tentando se achar em meio ao carretel interno de sentimentos, formalismos e rebeldias, e tentando deixar pegadas pelo mundo.

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~