swagdaddy swag daddy

Ver filmes de romance onde a mocinha esbarra no galã sempre me deixou muito apaixonado, claro que nunca acreditei de verdade que o amor a primeira vista fosse real. Vivendo uma vida normal como estilista de uma grande marca de roupas, passo meus dias tranquilamente. Isso até conhecer um alfa grande, de corpo tatuado e um sorriso fofo quase como um coelhinho felpudo. Jeon Jungkook é nome do alfa que virou minha vida tranquila de cabeça pra baixo. • JikookFactory foi um user que já não uso mais, é a minha capa com um user velho •


Fanfiction Groupes/Chanteurs Interdit aux moins de 18 ans.

#abo #2jae #tattoo #fanfic #moda #onedirection #jimin #jungkook #bangtan #bts #kookmin #jikook
3
1.7mille VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les 2 jours
temps de lecture
AA Partager

Christmas Day

Era véspera de natal e a casa dos Jeon estava toda decorada e com o bom e velho espírito natalino.


— Tenta me pegar!


Jungkook escorregou pelo corrimão da escada, fugindo de seu irmão mais velho Jaebum, com o risco de cair e quebrar algo mas isso não preocupava nenhuma das crianças eles só queriam se divertir.

— Seu! Você tá sem saída Koo!


Eles riam e corriam ao redor da árvore de Natal, que estava bem decorada , fazendo sua mãe sair da cozinha com seu avental cor de rosa e sujo de farinha. Soo estava muito concentrada e duas crianças correndo pela casa gritando, fariam ela se atrapalhar, mas isso era divertido ao seus olhos.

— Meninos pra cima!- disse enquanto limpava suas mãos no pano.


— Quem chegar primeiro ganha.- o mais novo disse.


— 3,2,1.. TRAPACEIRO VOCÊ FOI ANTES DO 1!


Soo olhou para seu marido que descia as escadas rindo dos filhos.


— Seus filhos tem energia de sobra sabia?


— Eu sei bem querida- beijou o topo da cabeça- nossos meninos vão amar os presentes não acha?


— Tenho certeza meu bem.


E lá foram os dois irmãos pro segundo andar da casa.

Dois irmãos que viviam sempre assim, animados e prontos pra tudo, cheio de energia. Dois pequenos alfas cheios de si.

Na mesma véspera de natal em um avião partindo de Seoul, com destino à França, um filho e uma omma, dois ômegas prontos pra começarem uma nova vida juntos, isso seria possível se algo naquele vôo não tivesse dado errado.

O avião que o pequeno Jimin e sua omma estavam sofreu de um pane elétrico, fazendo todos que estavam a bordo entrar em desespero, a situação fez a mais velha olhar no fundo dos olhinhos molhados pelas lágrimas de medo do filho,e dizer, o quanto ela o amava, o quanto ele era tudo pra ela, que ele iria sobreviver e iria ser uma ótima pessoa no futuro, disse pro seu pequenino que tudo ia ficar bem e que quando sentisse medo, quando se sentisse sozinho, olhasse pro céu e ficasse em silêncio e então poderia sentir seu amor e sua presença.

— Ji não chore- segurou firme a mão do menor- quando sentir medo olhe pro céu, eu vou estar lá somente pra você meu menino, somente para seus olhinhos tudo bem?- beijou seus cabelos tentando transmitir alguma calma ao coração confuso do pequeno em meio a tanta gritaria no avião.


No escuro, a luz já acabou no avião, o mesmo já balançava sem direção certa, algumas pessoas haviam desmaiado e então piloto disse fraco.

— Senhores passageiros perdemos o controle.

Alguns anos depois.


— Olá vim para meu primeiro dia de trabalho.- fez uma leve reverência- Me chamo Park Jimin e vou dar o meu melhor sempre senhores.

30 Juin 2021 03:03:47 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
1
Lire le chapitre suivant Just La Mode

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 2 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!