s-swe3tflow3r ˖๋໋⁺᎒Bruna Santos᎒⁺˖๋໋.

❝ 𝑫𝒊𝒂 𝑑𝑜𝑠 𝑛𝑎𝑚𝑜𝑟𝑎𝑑𝑜𝑠 𝑷𝒓𝒆𝒔𝒆𝒏𝒕𝒆 𝑖𝑑𝑒𝑎𝑙 𝑼𝒎 𝑝𝑒𝑑𝑖𝑑𝑜 𝑼𝒎𝒂 𝑟𝑒𝑠𝑝𝑜𝑠𝑡𝑎 ❞ - ̗̀❪❛One shot de minha autoria, publicada no Wattpad e no Inkispired. ❜❫ ̖́-


Histoire courte Tout public.

#declaração #casamento #oneshot #amordecinema
Histoire courte
2
1.9k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Regalo Ideale

O rico em melanina andava pelo shopping olhando em todas as lojas, procurando pelo presente ideal para sua amada. Seus olhos não deixavam passar nenhum possível presente, possível, pois nenhum era o ideal e perfeito para ela.


Ela, sua namorada, sua melhor amiga, sua companheira, sua parceira, sua mulher. No ponto de vista do homem, ela era perfeita, não continha nenhum defeito, ele amava tudo nela. Seus cabelos ruivos como fogo, seus sorrisos eram como uma luz para iluminar o seu dia, o seu jeitinho tímido mas ao mesmo tempo extrovertida, quando suas bochechas ganhavam uma cor avermelhada quando recebia algum elogio, quando ela se declarava para ele para logo em seguida ficar com suas bochechas coradas de vergonha. Estava claro que Andrew ama Ísis.


O homem já começara a ficar nervoso, ele já havia andado o shopping todo, e ainda não havia encontrado o presente ideal para sua namorada. Todos os tipos de presentes, passavam por sua cabeça. Roupas? Convencional demais, tirando o fato dela não gostar de ganhar roupas. Jóias? Ela é alérgica a colares e brincos, só pode usar de ouro, e ela também não gosta de usá-las. Sapatos? Como ela mesma diz, “eu já tenho muitos sapatos, não preciso de mais”. Livros? Essa talvez seria uma boa opção de presente.


Uma coisa que o Armand mais admirava em sua namorada, era o amor pela leitura. A ruiva lia de tudo um pouco, desde poesias e leituras que poderiam lhe ajudar na faculdade — de jornalismo —, até ficção científica e terror. Mas claro, ela como uma boa amante de livros, tinha os seus preferidos. A série de livros A Rainha Vermelha e Acotar, eram os seus preferidos. A jovem, novamente como uma boa amante de livros, tinha a edição de colecionador de ambas as histórias, que ficavam expostas na sua estante de livros.


Com esse pensamentos, um pequeno sorriso surgiu nos lábios do homem, sabendo exatamente qual seria o presente perfeito para dar a sua namorada.


Suas pernas, começaram a andar sozinhas em direção a livraria. Um lugar já conhecido pelo homem, pelas vezes que vinha ao local com sua namorada.


Dentro do local, os olhos do rico em melanina começaram a procurar, por uma série de livros em específico que Isis ainda não teria. A série de livros, O Lado Mais Sombrio, escrito por A. G. Howard.


Quando seus olhos encontraram a série, seus olhos ganharam um brilho a mais, como se ele tivesse acabado de ganhar na loteria.



A ruiva tirou seus saltos dos pés, a bolsa foi posta — praticamente jogada — em cima do sofá, suas mãos foram em direção aos seus cabelos, logo fazendo agilmente um coque nos mesmos. Suspirou profundamente fechando os olhos, tentando a todo custo espantar o cansaço acumulado dos últimos dias.


A mulher teve um pequeno sobressalto quando sentiu mãos grandes começarem a fazer uma massagem em seus ombros tensos, mas relaxou assim que reconheceu o cheiro amadeirado do perfume de seu namorado.


— O que você acha de nós jantarmos e depois eu fazer uma massagem em você, 'hein il mio amore? — O homem diz no ouvido de sua namorada.


— Eu adorei essa ideia caro. A mais nova responde.


O Armand desceu sua mão direita, vendo os pequenos pêlos do braço da mulher se arrepiarem ao seu toque. Entrelaçou os seus dedos com os delas, e a puxou delicadamente em direção a mesa de jantar, que já se encontrava arrumada.


Um prato e um conjunto de talher se encontrava em cada direção da mesa, no meio se encontrava, uma garrafa de vinho Marco De Bartoli — preferido da ruiva —, e duas taças de vidro, em cada lado do vinho.


A White, foi levada em direção a uma das cadeiras. Andrew, como um cavalheiro, puxou a cadeira da mesma, e em seguida esperou a mulher se sentar, para depois se sentarem em sua respectiva cadeira.


Ambos os adultos, estavam com um sorriso enorme em seus rostos, os olhos continham um brilho de amor e carinho, transmitindo tudo que sentiam um pelo outro.


— Eu… Não quero estragar esse momento. — Ísis começou a dizer envergonhada. — Mas… Eu estou com fome. — Terminou dizendo a última palavra rindo um pouco, o que fez o homem à sua frente rua junto, assentindo, em seguida se levantou indo até a cozinha, para pegar a travessa onde se encontrava o macarrão ao molho branco.


A comida foi posta no prato de ambos. O vinho foi derramado em suas taças. Os sorrisos não saiam dos rostos. As risadas não paravam nem por um minuto. O jantar seguiu nesse clima descontraído e romântico.


Quando a ruiva engoliu o restante do macarrão, levou o guardanapo delicadamente até os lábios, limpando os cantos de sua boca, que estavam sujos de molho branco, Andrew que até o momento estivera apenas olhando atentamente para cada movimento de sua amada, se levantou e andou em direção a mulher, até estar frente a frente com a mesma.


— Ísis, eu tenho orgulho de dizer, que você é minha amiga, minha melhor amiga, parceira de assalto a geladeira durante a madrugada, minha confidente, e por último a minha namorada. — Ele começou dizendo, olhando diretamente nos olhos verdes escuros da ruiva, suas mãos seguravam as delas. — Você é tudo isso e muito mais. Você é perfeita, do seu jeitinho tímido e extrovertido ao mesmo tempo, mas você é perfeita. Se alguém disser o contrário, trate de me falar, que eu dou um soco na pessoa. — A ruiva riu entre as lágrimas que começavam a cair de seus olhos. — Eu amo você. Amo você desde o dia em que você entrou pelos portões daquela faculdade. Amo desde a primeira vez que você direcionou um sorriso pra mim. Amo dês da nossa primeira troca de olhares. Amo quando você começa a falar a história de um de seus livros, seus olhos começam a brilhar, demonstrando todo o amor que você sente pelos livros. Eu amo, quando as suas bochechas ficam coradas quando eu te elogio, igual estão agora. — A ruiva sentiu as suas bochechas ganharem um tom avermelhado, as mãos grandes do homem, secaram algumas lágrimas que caiam. — Eu te amo Isis. E eu queria saber se você quer ser algo a mais que apenas uma namorada. — O mais velho diz se ajoelhando em frente a mulher, tirando uma pequena caixa vermelha de veludo do bolso da jaqueta que usava. — Ísis White, você aceita casar comigo?


A mulher estava estática, as lágrimas caiam livremente em seu rosto, o sorriso parecia que a qualquer momento poderia rasgar o rosto da mesma.


Nenhuma palavra foi dita por ela, apenas o som de seus joelhos batendo contra o chão, em seguida suas mãos foram direcionadas até o rosto do rico em melanina, o puxando para um beijo, transmitindo todos os sentimentos que sentia.


Eu aceito. — A mulher sussurrou quando se separam do beijo.


O casal estava com sorrisos de rasgar o rosto, a felicidade estava explícita em suas expressões, nos olhos brilhantes de felicidade, amor e carinho.


— Eu te amo Andrew, você faz eu me sentir a pessoa mais amada e feliz. Você me ensinou que é possível amar uma pessoa mais do que qualquer coisa. Você me ensinou o que é amar e ser amada de verdade. — Os olhos do Armand já estavam marejados. — Eu sei que, eu não sou muito de demonstrar carinho, porque eu nunca tive alguém que se importasse comigo ou alguém para me dar carinho. Mas eu te amo sem sombras de dúvidas. Eu te amei naquele dia que nos encontramos no corredor e que também foi a nossa primeira troca de olhares… Eu te amo Andrew Armand, e não tenho nenhuma dúvida, que quero me casar com você.


E novamente os lábios do homem estavam em contatos com os da mulher, em um beijo carinhoso, cheio de amor, demonstrando todo o carinho que sentiam um pelo outro.


— Eu tenho um presente pra você. — O mais velho diz assim que se separam do beijo.


— Não precisa caro. — A ruiva diz em vão, pois o rico em melanina já não se encontrava mais na sala de jantar e sim no quarto, pegando seu presente.


— Eu não sei se você vai gostar, eu espero que você goste. Foi bem difícil encontrar algo que você goste, e também que e também que você goste de ganhar… — O Armand começou a falar nervosamente, enquanto a ruiva encarava a série de livros em suas mãos surpresa.


Ela havia procurado em diversos sites e livrarias, mas não havia encontrado a série em nenhum lugar, e não sabia que seu agora noivo, sabia que ela queria essa série de livros.


— AI MEU DEUS… EU NÃO ACREDITO QUE VOCÊ COMPROU ESSES LIVROS. — A mulher gritou interrompendo todo o diálogo do homem.


— Então, você gostou…? — O mesmo perguntou receoso pra ela.


— Se eu gostei?! — Ele diz se levantando da cadeira que estava sentada, e indo em direção ao Andrew. — Eu. Amei. Caro. Te. Amo. Te. Amo. Te amo. — Cada palavra a mesma dava um beijo no rosto do homem.


Depois disso, eles foram em direção ao quarto, logo se deitando na cama, o homem puxou a White para se deitar em seu peito. Um de seus braços estava fazendo carinho nos cabelos ruivos e meio ondulados da mulher, a outra estava entrelaçada com uma das mãos da mesma.


O silêncio se fez presente em todo o quarto. As respirações calmas do casal. Eles não precisavam dizer nenhuma palavra para expressar os sentimentos que sentiam, apenas os pequenos gestos de carinhos já significavam muito para eles.


Eu te amo Ísis White.


— Eu te amo muito mais, Andrew Armand.


°•°•°•°•°

¹ CaroQuerido

² Il mio amoréMeu amor

15 Juin 2021 16:30:34 14 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
6
La fin

A propos de l’auteur

˖๋໋⁺᎒Bruna Santos᎒⁺˖๋໋. •.̇𖥨֗✨⭟ Bem-Vindos ao meu pequeno mundinho, onde eu liberto tudo que a minha cabeça maluca cria. ✩₊˚ 𓂃𝆹ꗃPeguem a pipoca, seus óculos de leitura, e se preparem para embarcar em uma aventura cheia de emoções.¡!⩩🍒ꯨ໋֙˖࠭❞ 🏮𝆬ꦿ˚𓈒ْ𝆬 wattpad: S-SWE3TFLOW3R Ꮺ̸̷᮫᜔࠭🌹໋᳕⭛ spirit fanfic: S-SWE3TFLOW3R 𝆥🍒ׅ〫࣪〬͘⸰࣭ ࣼ  tumblr: S-SWE3TFLOW3R

Commentez quelque chose

Publier!
Inkspired Brasil Inkspired Brasil
Olá! Tudo bem? Você inscreveu sua história no desafio #amordecinema. Foi um desafio construído com muito carinho para que vocês, autores, pudessem conhecer obras de outros escritores maravilhosos ao mesmo tempo que tinham a oportunidade de mostrar o trabalho de vocês. O desafio, assim como todos os outros lançados na plataforma, possuía regras bastante claras e uma delas era de que o autor deveria comentar pelo menos em seis histórias participantes para ter sua participação validada. Essa regra existe para que haja real interação entre os autores da plataforma e para que vocês possam reverenciar o trabalho uns dos outros. No entanto, apesar de ter inscrito sua história, você não cumpriu o número de comentários estipulados. Por conta disso, informo que sua história foi desclassificada. Talvez esteja se questionando sobre o motivo disso, mas na verdade ele é bem simples: ao inserir sua história no desafio, você recebeu comentários que poderiam ter sido direcionados a autores que participaram do desafio como um todo, não somente cumprindo com as regras do edital como interagindo e enaltecendo outros colegas escritores. Esses autores que se empenharam verdadeiramente para participar do desafio #amordecinema podem ter sido prejudicados por essa falta de retorno. Caso discorde dessa decisão, você pode entrar em contato respondendo este comentário, porém no momento, e até que se prove um problema ou equívoco, a palavra aqui dada é absoluta. Boa sorte com sua escrita.
June 19, 2021, 15:08

  • ˖๋໋⁺᎒Bruna Santos᎒⁺˖๋໋. ˖๋໋⁺᎒Bruna Santos᎒⁺˖๋໋.
    Ooie, eu super entendo, realmente eu me esqueci da quantidade de comentários e acabei comentando só em alguns... Na próxima eu sigo todas as regras certinho June 19, 2021, 15:15
Nathy Maki Nathy Maki
Tão fofos que eu fiquei toda derretida aqui!! Não aceito declaração menor do essa a partir de agora <3 <3 Aliás, o Andrew acertou perfeitamente na escolha. POR MAIS LIVROS DE PRESENTE!! Parabéns pela história linda!
June 18, 2021, 19:16

NíngYì Mèng NíngYì Mèng
"Agora sei o que é amar alguém. Não importa o que você faça é impossível fugir dos seus sentimentos. É impossível deixar de amá-lo." - ShanCai, Dong. Andrew e Ísis são o verdadeiro significado de amor verdadeiro. O mais belo e mais puro amor. É magnífica ver a forma como se apaixonam, a busca pelo presente, o jantar e o pedido. É tudo muito lindo. Estou apaixonada por sua obra, é simplesmente perfeita <3
June 18, 2021, 18:18

  • ˖๋໋⁺᎒Bruna Santos᎒⁺˖๋໋. ˖๋໋⁺᎒Bruna Santos᎒⁺˖๋໋.
    Ouu, nunca tinha ouvido essa frase, e simplesmente amei ela. E sim, o Andrew e a Ísis, são o verdadeiro significado de amor verdadeiro.... Obrigada ♡ June 18, 2021, 20:10
Ellen Batista Ellen Batista
A inveja chega pinga mais ok kkkkkkkk Casal lindo de perfeito. Aquele amor que se busca uma vida. E assim você me ganhou no ruiva, falou ruivos eu broto sei lá de onde. Parabéns pelo meu diabetes de felicidades.
June 16, 2021, 23:03

  • ˖๋໋⁺᎒Bruna Santos᎒⁺˖๋໋. ˖๋໋⁺᎒Bruna Santos᎒⁺˖๋໋.
    Aahhhh, achei outra pessoa que é apaixonada por ruivos, sou igualzinha. Inveja pinga mesmo viu?! Queria eu ter um namorado igual o Andrew.... E obrigada <3 June 17, 2021, 01:15
Karimy Lubarino Karimy Lubarino
Olá, Bruna! Tudo bem? Fico muito feliz que tenha resolvido participar. E, caramba, esse pedido foi de tirar o fôlego de qualquer um. Acho que qualquer leitora ia amar uma declaração dessa, digna de um livro de romance, e ainda por cima ganhar um livro de presente em seguida. Cara, o pouco que vó desse casal já dá pra ver que, sem dúvidas, eles vão ser extremamente felizes. Parabéns pela história 💖.
June 16, 2021, 16:42

Arnaldo Zampieri Arnaldo Zampieri
Foi muito bom te ler. Adorei como descreveu o carinho entre os personagens, muito real, muito natural.
June 16, 2021, 14:55

Kehillah Sanchez Kehillah Sanchez
Olá, Bruna. Quero parabeniza-la pela linda história repleta de fortes emoções e surpresas que até agora me deixara de boca aberta, e eu pensando que o presente se resumia a apenas em uma coleção de livros, realmente, o pedido de casamento em pleno dia dos namorados, foi uma ideia brilhante, além de ser uma cena de arrancar todos os suspiros possíveis! Enfim, parabéns pela história!
June 15, 2021, 16:57

~