e
especta_maniaca


"" nua sociedade pós Apocalipse onde seus inimigos são desconhecidos e pode ser qualquer um uma jovem que tinha perdido seus pais. E seus irmãos foram capturados pelos inimigos tem a esperança de resgatalos antes que eles tenham suas mentes controladas será que ela chegará a tempo ?.... ""___não confie em ninguém e sempre fique alerta o inimigo está a perto!__"" a nossa história ser passa no ano de 2022 !! logo após o governo declara uma quarentena, pós um vírus modificado e encontrado!! "__em momento algum tire a sua máscara__"


Post-apocalyptique Tout public.
0
627 VUES
En cours - Nouveau chapitre Every week
temps de lecture
AA Partager

capítulo um : o começo

"__ O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer.___"


"__eram gritos e mais gritos por todos os lados __""


"__ pessoas correndo para salva suas vidas __"


"__o medo e o caos dominavam as ruas __"


-nada mais fazia sentido pra mim um dia eu era uma jovem no ensino médiocheia de amigos e uma famíliasem me preocupa , e do nada eu tenho que luta pra sobreviver e mata monstro e pessoas.


"__eu só queria que tudo fosse um pesadelo e que eu acordasse logo __"

acordei com o nascerdo sol na minha cara e os som da natureza no meus ouvidos
eu não podia ficar ali por mais tempo pra quer não me encontra-se.
eu apago meus rastos e sigo viajem não iria desisti de acha-lo nem que custa-seminha vida eu iria resgatá-lo, a comida tinha acabado então eu paro em uma cidade perto onde eu estava .


entro num mercado todo acabado e começo a abastece minha bolsa ainda tinha comida boa lá e curativos.

quando saiu esculto um grito ali perto era de uma garota ?

??? _ socorro !!.... não por favor!! - fala chorando

tinha alguém ali com ela... me aproximo onde tava vindo os gritos e vejo que era um homem. não parecia que era um modificado ou um mascarado ou ate um dos deles. é sim um cara normal só querendo ser divertir não era problema meu eu só estava a 189 km do meu irmão não podia me atrasa eu tinha prometido que iria resgata toda a minha família. eu iria achá-los.

" _agora para sobreviver neste mundo, eu não posso deixa a
razão me cegar "


??? _ me solta por favor - chora - eu te imporo.

por mais que aquilo seja tentado eu nao podia deixá-la ali. pelo menos não daquele jeito. estrupador* me dão nojo e repulsa. eu cogito muita vezes a ir ajudá-la até que pego uma espigada e me aproximo, mirando na cabeça dele o mandado ser afasta dela, ele ser levanta a soltando.

cara//_ quem é você gracinha?

- seu pior pesadelo , ser não a deixa-la em paz .

cara _ tem certeza disso ?

eu em gatilho a arma e aponto pra ele

??_ cuidado atrás de você !! - grita ela

cara2// _ ola !!

eu me viro, mas o cara não estava só. o outro cara puxa a arma na minha mão e joga pra longe e começamos a lutar eu mando ela corre e ela obedecer e outro cara vai atrás dela me deixando com seu amigo
ele me jogar no chão me fazendo cuspi sangue dentro da máscara, eu me solto dele e avisto a arma. ele chega perto e eu pego um ponhau de areia e jogo nos seus olhos e começo a engatinha até arma a pegando e me virando saindo do chão

__ei coisa feia - ele olha - te vejo no infern*- atiro!! atiro!! e atiro !!

eu me levanto puxando o ar minha costelas doíam muito, mas mesmo assim ainda escutava o grita daquela menina na verdade qualquer um que estaria em um raio de distância escutaria.eu corro até eles com dor vejo que espigada não tinha mais munição eu tinha gastado tudo no outro cara pego na minha bolsa uma Pistola GLOCK G17 Gen 5 a última coisa que eu tinha dos meus pais e atiro no cabeça do cara que cair encima dela. eu tinha acabado de mata dois cara a sangue frio pra salva uma menina que eu nem conhecia. eu nem sempre fui assim sabia. o que será que eu acharia de mim agora?


2 anos atrás:


mãe _ Nadine derça aqui o café tá ponto


me chamo Nadine carolany tenho 16 anos sou irmão do meio do sayuri (22anos)e do Yuri ( 11anos) filha dos maiores cientistas der são Francisco. fazia um ano que nos mudamo pra uma cidade chamada Hill Valey a 190 km de sao francisco ( obs e uma cidade fictícia ok pelo menos e o que eu sei kkk) deixando meus amigos pra trais e embarcando em uma nova escola junto com pessoas novas .


nadine _ tô indo mãe !!!


TV: _ taxa de morte pro corona - vírus aumentou cerca de 96% no último mês no Japão já dateu a marca de mais de 2,4 mil mortos e este munero só aumenta ao redor do mundo.


mae _ que Deus nos ajude ! - fala preocupada.


Nadine _ mãe por favor até ficar assim aqui , o papai já deve te arrumando a cura não é mesmo ?eu tenho os melhores pai do mundo . - olho o relógio- já deu minha hora eu já vou.


mãe _ de seu melhor neste jogo. tô torcendo pro você. e chegando lá me ligue.


Nadine _ tá bom, tô indo diz pro sayuri que eu ja fui ok !!- dou um beijo nela e saiu


mãe _ ei cadê a máscara morcinha ?


misha _ TA COMIGO, EU PEGUEI - grito


na escola :


Carmem _ ser viu os noticias ?


Carmem era minha amiga foi a primeira pessoa a fala comigo quando eu cheguei na escola, ela era tudo na escola desde líder de torcida a vice presidente os pais dela era dono de uma empresa de Market e a mãe na minha opinião, na verdade da minha e da minha mãe uma sangue sugar, mas é claro eu não nunca iria fala pra ela.


Marcos _ oi coisa linda!! - fala beijando a Carmem - oi Nadine !!


sério aquilo me dava nojo. eles dois sao a imagem do interesse em pessoas.


Marcos e o atual da Carmem ele tinha praticamente uns 18 anos. antes deles namora nos tavamos ficando juntos até ele pedir ela em namoro. então nos encerramos o que fosse que tínhamos com uma bela trans* de despedida depois disso não tocamos mais no assunto


a visora _ ei mocinho onde pensa que está indo ?


Marcus _ a tia eu iria acompanhá estas linda jovem a seus destinos.

a visora _ caia fora os do estudante não é este.

ele ser despede de nois duas e sair de lá . é todo o time entra no ônibus

a visora _ meninas vocês sabem o porque estao aqui o time feminino. ira ganha este jogo ou não? - pergunta
tentando anima nosso ânimo

todas // - SIM !!

O ônibus da partida e vai ao nosso destino onde iríamos passa quarto dia lá. chegamos de noite. todo time estavam casando. passamos a viajem toda cantado e tirando foto uma das outras entre outras coisa. estavamos em São Francisco então já tinha marcado um encontro com meus amigos da aqui.

a nossa visora foi até a recepsao do hotel e pediu nossa reserva pegou as chaves e dividiu os quartos igualmente .

Carmem _ vamos dividir o quarto - fala animada.

Nadine _ verdade né.

formos até o quarto dito e entramos era lindo, pelo menos pra mim. arrumamos nossas coisas,eu não tinha trazido muita coisa já que seria só quarto dia mas a Carmem por outro lado não digo o mesmo. tinha roupa ali pra sei lá quantos dias. eu começo a encara ela.


Carmem _ que é- pergunta rindo- não sabemos o que vai rola é eu gosto de ficar previnida.

Nadine _ ser viu o tanto de roupa que tem aí? - pergunto rindo - da pra um mês e olha lá.

Carmem_ não esagera não tá o que tá aqui só duraria uma semana, mas como eu não sabia ser iria chover ou não.

olhamos uma pra outra e começamos a ri.

Nadine _ eu vou liga pro meus pais ok.

Carmem _ e eu vou toma um banho e dormim.

peguei o telefone e sair do quarto fechando a porta . fui até a piscina e me sentei na borda , colocando meus pés dento da agua . e liguei por meus pais,mas não consegui fala com eles só dava deixe seu recado e isso eu odiava.

eu me levanto e olho um lindo homem sair de dentro da água me desequilidro mas logo pego equilíbrio novamente fazendo a chave do quarto cair na piscina. logo me desespero tentando pegar de volta,mas pareceu que só piorou ela foi ser afastando.

eu não queria me molhar, ainda mas de noite ,pensei no que fazer até que o cara olha pra mim e ver meu desespero.

vou até meu quarto, chamei a Carmem mas ela não respondia bati na porta e nada. derci novamente pra piscina e a chave não tava mas lá. nem ela nem o homem lindo.

???_ o que houve ? por que está tão preocupada?

Nadine _ he yque eu vir um cara lindo saindo da piscina e fiquei espantada com a beleza dele e deixem a MERDA DA MINHA CHAVER CAIR AGORA NAO POSSO MAIS VOLTA PRO MEU QUARTO PORQUE ELA NAO ESTA MAIS AQUI.- falo irritada.

???_ está chave ?

eu me viro pra trás e vejo de quem era a voz e dor um passo pra trás como previsto caindo na piscina. ele pula também me puxando pra cima, pois onde eu tinha caido era a area funda da piscina. não que eu não saiba nadar, mas não é todo dia que um homem lindo nos salva de ser afogar né?

???,_ você está bem ?

Nadine _ claro eu queria mesmo dar um mergulho. - falo brincando

??? _ me desculpe por ser o culpado da sua perda e da seu mergulho. - fala dando uma leve risada.

Nadine _ nao ...não foi sua culpa ...eu que sou atrapalhada mesmo.

ele me devolver a chave. eu concerteza está vermelha depois do que eu disse e fiz.

???_ e obrigado pelo elogios ser foi elogio mesmo.

Nadine _ não!! pode ter certeza que foi um elogio que disse não que eu -

???_ não precisa ser explicar eu agradeço- me interrompendo.

eu saiu da piscina toda enxacarda e agradeço a ajuda dele mesmo no final das contas eu me molhando.e vou por quarto ser a Carmem não tiver dormindo eu mato ela.

abro a porta e vejo a linda cena de sex* da Carmem e do Marcus.

Nadine _ put* que pari* e sério isso - pergunto fechando a porta - acabem logo com isso .

peguei uma toalha do carrinho das camareira. e começo a me enxugar.

ele sair do quarto pedido desculpa mas eu não esculto e tiro ele do quarto e fecho a porta.

Nadine _ me desculpe atrapalha seu show mas é que eu irei toma meu balhor e dormim

Carmem _ que houve com você ?

Nadine _ sem comentários - falo indo pro banheiro .

dia 2 : reencontro


eu fui incontra meus amigos de sao francisco. convessamos por horas e horas eles me falaram as novidades e eu fiquei mega feliz um iria ser casa próxima semana e gostaria que eu ccomparecer no seu casamento eu disse que iria vê mas queria muito vim. formos nos nossos lugares favorito é brincamos nus parques da cidade até eu volta pro hotel.


dia 3 : dia do jogo


eu não consegui dormim direto além de não dormi o suficiente eu não tirava da cabeça o cara daquela noite ,mas isso não impediu de ganhamos.


para comemora a Vitória de 5 a 2 que tivemos fizemos uma festa sem a supervisora soubeçe só nos meninas mas aí o Marcus chegou e logo após chamou todos nós por uma suíte que disse ele que era do amigo dele


Carmem _ vamos Nadine- fala com olha pidao. - ainda tá cedo nem e duas horas ainda.


Nadine _ acho que não e uma boa ideia . caso vocês não saber tamos em uma pandemia.


Marcos _ vai Nadine deixa de ser chata uma vez. o que pode acontece.


Carmem _ vai só uma vez !!!


"__ser eu soberse o que iria acontecer logo depois que nos fosse pra aquela suíte talvez não tivesse aqui talvez ainda estaria com a minha família. !!__"


eu topo é ele nos leva pra
suíte não tinha tanta gente lá só uns amigo dele . entramos e ficamos lá bebemos e farramos foi o último dia normal da minha. a Carmem tava desmaiada no sofá e eu subir pra ir por banheiro.


quando estava saindo esculto alguém batendo na porta era o Marcos então abro ele ficar na porta


Nadine _ pode usa eu já tô saindo!!


ele não parecia está bêbado pelo contrário elê só tinha tomado 2 copos já eu tomei uns 5 ou uns 6 também não estava bêbada mas mesmo assim.


Marcos _ ser tá linda sabia !!


nadine _ nossa sério eu passei horas na frente do guarda - roupa pensando em qual era a melhor roupa pra o meu ex peguete me olha e disse que eu tava linda hoje!! . - falo seria


ele me empurra pra dentro me beijando e fechando a porta eu me afasto dele perguntado o que ele táva fazendo.


Marcos __ desculpa !! mas eu não resistir !!


Nadine _ e eu tô resistido pra nao da um tapa na sua cara. então sair da minha frente e me deixa sair.


Marcos _ espera !! ser saber muito bem que eu e Carmem não tamos dando certo mais né.


ele nao deixou eu sair dela então eu sentei no vaso.

Nadine _ não parecia quando eu peguei vocês dois no quarto não é mesmo.

Marcus _ ainda bem que você atrapalhou eu não queria fazer aquilo ela que ... e quando você apareceu toda molhada na porta eu lembrei de nos é de tudo que passamos.

nadine _eo que você quer que eu faça?-pergunto - o melhor oque eu tenho a ver com isso?


marcos _ você, eu não sei o que quer, mas eu quero você. - fala com olha malicioso - a Carmem e um saco não sei como você ainda é amiga dela.


eu me aproximo e fico na sua frente


nadine _ eu quero sair !! - sussurro em seu ouvido


Marcos _ então me beija !! duvido. ser você fazer isso eu te deixo sair.


a única coisa que eu não suporto e quando me desafiavam, mas eu não pudia ficar com ele eu tinha caratê por mais que ele fosse gostoso e lindo eu não podia.


Nadine _abre a porta ser não eu grito e a situação piora pra nós!!


ele não tem escolha então sair da porta deixando eu saiu e vou até a varanda da suíte, abro a porta datendo de frente com o um cara.


??_ você de novo ?


está voz eu conhecia . era ele novamente, não consigo desfaça minhã cara de surpresa. ele estava usando um treno uma da sua mão estava com um celular e outra com um cigarro.

Nadine _ tá me seguindo ?

???_ olha, você está na minha suíte então suponho que voce e que tá me seguindo .

Nadine _ ha - com voz de desanimo - então é você que é amigo do Marcus!!

??_ ser conhece o Marcus ?

Nadine _ infelizmente sim.

???_ ele falou amigo né?

Nadine _ isso mesmo amigo porque são amantes ou algo do tipo - falo brincando.


???_ não curto estas paradas não. não gosto de dividir o que é meu com mais ninguém.


eu não o respondo nem brinco apenas me espanto com sua resposta.


???_ eu posso lê oferece uma bebida ? ser não for pedi demais


Nadine _ ser não for me droga ou algo parecido sim pode.


bebemos e conversamos um pouco até que ele toma uma iniciativa me beijando.


Nadine _ ei calma aí- o impurando - nem sei seu nome é já que me beija assim.


???_ me desculpe, eu devo te bebido demais .eu preço per-


eu o interrompo o beijando, não ia despedia um homem deste e ele retribuir, ate sermos interrompido


Carmem _ é olha só o que termos aqui amor - ri - nao e que e preciso irmos pra uma cidade diferente pra pegamos ela no fraga


Nadine _ muito obrigada Carmem.


Marcus _ e mesmo já não digor o mesmo do meu amigo aí né

Carmem _ tá vamos sair daqui -fala interrompendo o Marcus-me desculpa pro atrapalhar vocês.

pego meu celular e tinha 20 ligação da minha e 10 do meu irmão logo ficar com medo.

???_ tá tudo bem ?

Nadine _tá sim e que tenho que fazer uma ligação me desculpa .

???_ não ok pode ir .

tento retona mas ninguém atende


??? //menina do time _ puta merd* gente olha isso aqui !!


nos formos até a varanda e olhamos por céu todo cobertor por uma nuvem preta. um sinal de evacuação da cidade tava tocando olhamos pra baixo e vimos pessoas correndo alguém bater na porta, mas logo para .


TV: imteropemos a programação pra um aviso muito importante.


jornalista: o governo dos Estados Unidos declara que todos os cidadãos fiquem onde estão não saiom de suas casa em hipótese alguma não sabemos o que está havendo mas estamos trabalhando pra resolve . hoje convocamos os dois melhores cientistas de sao francisco e os levamos pra um lugar seguro. então tranque as portas e janelas.


Carmem _ aí misha não são seus pais ?


eu volto a tenta liga pra eles mas barlavento ligo por sayuri e ele me atende .


Sayuri _ nadine e você?


Nadine _ sou eu, você tá bem, ainda bem , me ajuda sayuri eu não tô conseguindo ligar nem pra mamãe nem por papai.


sayuri _ onde ser tá? tá segura - pergunta ele.


Nadine _ eu no hotel com uns amigos eu nada escultamos gritos e quando saímos vimos pessoas e umas coisas caindo do céu, me ajuda sayuri - falo chorando.


sayuri _ fica calma !! então que disse que não te acharam.


Nadine _ como assim me acharam ? - pergunto assustada.


sayuri _ não ser preocupa só esculta tá..... Nadine voce e mais calma e corajosa do que você pensa tá me esculta com atenção o que eu te fala.


Nadine _ tá- falo recompondo o ar.


sayuri _ não confia em ninguém o pai e a mãe tao bem só não deixaram nos irmos com ele. estao indo te buscar então não sair daí vai por tereio do hotel e espera lá.


Nadine _ tá, eu vou .


sayuri _ ser cuida irmãzinha e toma cuidado.


TV falava uma coisa e meu irmão outra.nao sabia em quem acredita


eu desligo depois de um tempo escutamos tiros e mais tiros gritos choros ligamos a TV novamente


TV: novas notícias :


pessoas estavam atacado outras !! fechem as portas não confie em ninguém e importasse alguma saia sem mascara isso não é brincadeira o ar está infectado com um vírus mortal !!


jornalista _ temos novas informações que o nosso ar está infectado com um vírus que está modificando as pessoas . o governo já tinha declarado estado de quaretena ,guardas estão tentado conte os infectados ,mas sem sucesso. tranque as portas e não deixe ninguém entra. não é brincadeira agora é nem um treinamento ,ser salvem e não confiem em ninguém.


// gritos no sete de filmagem //


a câmera vira mostrando uma pessoa estranha mordendo outra um monstro asqueroso apareceu e gritos é mais gritos praticamente vimos pessoas sendo mortas pro outras na TV só que desta vez era real !


???//time _ eu não vou ficar aqui parado nem a pau eu vou sair


???² _ ser e louco não escultou o que ele disse ?


alguém date na porta com força e a arroba era um daquelas coisas todo mundo ser assusta e grita ele vem atrás de nos e corremos pra fora do quarto a coisa pegar um de nós eu o Marcos e Carmem subimos até o terio estavamos totalmente em pânico até vimos um monstro vir até nos é corremos e um helicóptero aparece.


/////tiros /// matando o bicho


???_ coloquem estas máscara agora - da a máscara a nos - qual de vocês e Nadine ?


nadine _ eu porque ?


???_ eu fui designado pelos seus pais e irmão pra resgatala ! entre no helicóptero agora é ligue por seu irmão


eu entro ,mas o cara disse só eu. logo imporo pra que deixe eles entrarem o cara diz que não mas outro monstro aparece e ele manda eles subirem logo e atira no monstro sairmos dela logo.


//eu ligo pra ele //


sayuri _ ser tá bem eles chegaram ?


nadine _ tô sayuri o que tá acontecendo me fala!!


sayuri _ ficar calma eu to bem tamos em casa estamos bem ok levaram nossos pais pra alguem lugar nos estamos indo pra lá quando voce chega !!


// gritos /// tiros///

nadine _ sayuri ? SAYURI ?

Telefone _ este munero está fora de area ou está desligado tente novamente mais tarde - pli- que merda


chego em casa ela tava toda destruída
eu entrei nao tinha ninguém eu nao sabia o que tinha acontecido ele jurou que me esperaria eu vascunho a casa toda mas não tinha ninguém vejo um rasto de sangue até o porão e sigo quando vejo o sayuri estava ferido com uma mordida no pescoço eu me aproximo


Nadine _ sayuri o que aconteceu?- choro


sayuri _ formos atacado por uma coisa, um monstro - fala com dor


nadine _ relaxa eu vou te ajuda onde tá os primeiros socorros ?


sayuri _ não há mais tempo eles levaram o Yuri, nadine você tem que resgatalo. treinos toda a nossa vida pra este dia nadine.


nadine _ como ? eu não consigo sem você- falo chorando - ser e o mais velho. ser sempre foi melhor que eu .


sayuri _ não chore !! esculte bem vá até aquela porta e coloque sua mao no escane pegue o que acha necessário e saia daqui escultou ?


Nadine _ eu não vou te deixa !!


sayuri _ o minha kitket você nao tem escolha eu fui mordido ou eu irei morre ou me torna uma daquela coisas e eu nao quero te machucar então ser salve e salve nosso Yuri !!


ele estava morrendo em meus braços eu não queria acredita em seu últimos suspiros ele me deu um cola com um líquido verde que ele não tirava por nada desque nosso pai deu a ele e fez eu jura que eu não tiraria por nada !!


Nadine _ eu te prometo !!


então ele morre em meus braços eu não tava acreditando .


Marcus _ temos que ir Nadine !!


eu vou até a porta e ela ser abre. lá tinha um laboratório e armamentos pra uma guerra. eu e o Marcos pegamso tudo o que precisávamos enquantos estavamos colocando armas nas bolsas e comida eu vou pro meu quarto e pegar umas coisas.


escutamos tiros dela de fora um monstro diferente tava atacando era tipo um caçhorro branco com uma língua enorme


ele pegar um por um e devora eu via a Carmem escapando correndo pra dentro da mata.


o monstro nos avista e corremos pra fora da casa. corremos e corremos até que nos separamos o monstro me segue e eu tropeço eu estava quase sendo devorada até que um tiro e desparado bem na nuca dele.


era um grupo de sete pessoa composto de quarto aduto e três adolescente !! que estava comigo.


???_ vocês está bem ?


-----------------flashback : off-----------------


a menina do começo _ quem é você ?- pergunta assustada tirando o corpo de cima dela


Nadine _ eu sou a salvação !!


dou um passo e minha costela doe me fazendo desmaia eu só esculto aquela garota me perguntado ser eu tava bem .


continua.......



"oi gente então ser não ficou tão interessante me desculpa e o meu primeiro suspense ou terro sei lá qual é o gênero kkkk no próximo capítulo vai melhora eu prometo este foi só pra conta como tudo deu início ok ... talvez eu faça alterraçoes nete capítulo mas pra frente não sei disse

6 Juin 2021 10:35:22 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
Lire le chapitre suivant capítulo 2

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 1 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!

Histoires en lien