urutake Urutake Hime

A intensidade da ira e atração entre Mo Guan Shan e He Tian era gritante dentro daquele elevador. O eterno impasse, tão conflitante para ambos, se repetia como sempre.


Fanfiction Anime/Manga Déconseillé aux moins de 13 ans.

#webcomic #sentimentos #tensão #impasse #discussão #elevador #gay #bl #mo-guan-shan #he-tian #19days
Histoire courte
2
2.3mille VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Capítulo Único

Os passos apressados pelo corredor denunciavam sua irritação, juntamente com a expressão fechada que afastava qualquer um que cruzasse seu caminho no momento. Nem mesmo uma inofensiva caixa escapou de xingamentos quando Mo Guan Shan esbarrou nela, espalhando seu conteúdo no chão. Mas não tentou organizar as coisas e pouco importava se alguém o fizesse, tudo o que ele queria era sair dali de uma vez. Alcançou o elevador, apertando repetidas vezes o botão para que a caixa metálica viesse o mais rápido possível e, quando as portas finalmente se abriram, entrou com a certeza de que o outro já estava em seu encalço.


— Pequeno Mo... — He Tian segurou a porta do elevador para que o ruivo não tivesse tempo de fechá-la com o botão interno — Você deveria voltar e pedir desculpas...


— Não vou fazer merda nenhuma do que você diz! Eu nem deveria ter vindo, em primeiro lugar!! — rosnou para o moreno com toda a sua fúria — Você realmente achou que eu não perceberia que isso tudo é uma armação?!


— Você está exagerando... — manteve a compostura enquanto seus braços se cruzavam, observando o rosto enrijecido do outro — A proposta de emprego era excelente e você ganharia bem se tivesse...


— Cala a boca!!


Guan Shan bateu com a mão espalmada contra a parede do elevador, não estava disposto a ouvi-lo no momento e apenas queria explodir, mais um pouco e poderia dar um soco no moreno sem pensar duas vezes. O ruivo vivia em uma situação complicada financeiramente, trabalhava em um pequeno mercado e queria mudar de vida, mas não pretendia depender de ninguém para isso... Muito menos de He Tian! No caso, quem lhe contou sobre a vaga de emprego naquela empresa tinha sido Jian Yi e estava esperançoso com a oportunidade de ter um trabalho melhor, mas pouco antes da entrevista começar, acabou descobrindo que o dono do lugar era amigo da família de He Tian e que o mesmo já estava “mexendo os pauzinhos” para que fosse aceito ali.


— Por que você não pode aceitar? — o moreno perguntou depois de um momentâneo silêncio.


— Porque eu não quero!! Não vou ficar em um lugar que não seja por minha própria capacidade!— a exaltação continuava e Mo Guan Shan acabou agarrando a camiseta alheia, puxando com força — Maldito intrometido! Você se acha tanto por ser rico, mas eu não preciso da sua ajuda, da sua influência e muito menos do seu dinheiro. Não preciso de você pra nada!!


Antes que pudesse dizer mais alguma coisa, o ruivo sentiu seu pulso sendo segurado com força e acabou largando a camiseta alheia, sendo que foi violentamente colocado contra a parede do elevador por He Tian, que o mirava com aquela expressão assustadoramente severa. Uma das mãos do moreno havia imobilizado o braço e a outra encontrava-se em torno do pescoço de Guan Shan, pressionando a região. Apesar de toda a ira que ainda sentia dentro de si, o ruivo também suou frio ao lembrar que estava lidando diretamente com um homem cuja família era cercada de um passado obscuro e sangrento. Além disso, já havia experimentado da força de He Tian várias vezes e sabia que, mesmo sendo forte, não conseguiria vencê-lo.


De repente, a tensão sufocante que havia se instaurado no local mudou com a aproximação do moreno, que praticamente colou os corpos um no outro. O olhar frio e cortante de He Tian suavizou conforme os olhos castanhos do ruivo se expandiram em surpresa ao sentir seu pescoço ser libertado, os dedos longos do moreno subiram lentamente por seu rosto como uma caricia e se fecharam em sua nuca. Toda a sua raiva sumiu e deu lugar a uma hesitação, seguida de arrepios involuntários conforme a respiração do moreno batia contra o seu rosto, sendo que He Tian se aproveitava da oportunidade para sentir o outro bem junto de si.


— Pequeno Mo... — o chamado doce e sussurrante era a própria tentação, chegando a encostar as pontas dos narizes — Seu orgulho vai te levar a ruina um dia, sabe? Eu só quero te ajudar... Me deixe te mimar um pouco.


— E-eu não... Preciso disso, seu... Seu grande filho da... — verbalizar qualquer injuria naquele momento era uma tarefa quase impossível, Guan Shan sentia seu coração acelerado e sua temperatura subir a partir do toque alheio — Me solta!


Quanto mais se debatia, mais sentia o corpo de He Tian contra o seu, principalmente o baixo ventre sendo propositalmente pressionado. Sabia que o moreno estava se deleitando com aquele momento, divertindo-se com sua inútil resistência e, por mais que quisesse explodir de raiva, não encontrava forças em meio ao seu grande embaraço. No fundo, seu orgulho realmente era um grande empecilho para aceitar qualquer coisa que vinha dos outros e principalmente de He Tian, que lhe deixava tão confuso e abalava suas estruturas com cada gesto ou palavra. Mas estava disposto lutar até o fim para não se entregar para aquele cara que tanto odiava, ainda que seu corpo, mente e coração, já gritassem desesperadamente por ele.


He Tian também se sentia conflituoso, pois tinha o ruivo ali cativo a sua força e pressão, poderia beijá-lo e tomá-lo para si como queria. Mas não pretendia ser assim, não daquela maneira... Já havia aprendido que ser imperioso não era o melhor caminho para chegar em Mo Guan Shan. Além disso, que alegria poderia sentir se o obrigasse a ficar ao seu lado? Queria que ele ficasse por querer, pela própria vontade de estar ao seu lado tanto quanto tinha vontade de ficar com ele. Ainda que perdesse a cabeça e usasse sua força em muitos momentos, He Tian sentia-se genuinamente cativado pelo outro e o queria de coração, então iria lutar até o fim para conquistá-lo.


Encerrando aquele eterno impasse, liberou o ruivo quando chegaram ao térreo e a porta do elevador se abriu, mas manteve um pequeno sorriso nos lábios ao ver a face completamente vermelha de Guan Shan expressar um pouco de frustração com a sua distância. No fim, toda aquela resistência e irritação faziam parte do charme daquele rapaz que He Tian estava disposto a seguir e proteger, até o momento que permitisse ser amado.

17 Mai 2021 21:27:57 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
2
La fin

A propos de l’auteur

Urutake Hime Uma garota que escreve desde 2009, com diversas temáticas e fandom diferentes. Nyah: https://fanfiction.com.br/u/30892/ Spirit: https://www.spiritfanfiction.com/perfil/urutake-hime Wattpad: https://www.wattpad.com/user/Urutake-Hime

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~