J
Jaine Duarte


"Quando as minhas emoções falam" se trata de uma sequência de poemas que eu escrevo em momentos em que, as minhas emoções falam mais alto do que a razão.


Poésie Déconseillé aux moins de 13 ans.

#Poema
0
1.0k VUES
En cours - Nouveau chapitre Tous les mardis
temps de lecture
AA Partager

Sozinha

Vazia é como me sinto,

Abandonada na beira de um precipício.

Minha carcaça sente frio e pelo teu corpo clama, em desespero te chama.


Clamar por ti sempre foi fácil

Você vir ao meu encontro que era difícil.

Meus ossos rangem, lágrimas descem e nada me resta.


Me suportar é difícil, preciso preencher este vazio. Sinto minha carne sendo arrancada e você não está comigo.


Mais uma vez caminho sozinho

Com a minha escuridão

E com meus pensamentos sombrios.

11 Mai 2021 19:40:17 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
1
Lire le chapitre suivant Como pode?

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Comment se passe votre lecture?

Il reste encore 9 chapitres restants de cette histoire.
Pour continuer votre lecture, veuillez vous connecter ou créer un compte. Gratuit!