jacianasuzy Jaciana Suzy

A versão em inglês dessa história ganhou menção honrosa na competição internacional See You Soon Songfiction. | Baseada na música Where's My Love? de SYML, a história descreve como Diego se sente quando Isadora vai embora. Agora, tudo que ele quer é encontrá-la novamente. Será que ele irá conseguir?


Drame Tout public.

#romance #drama #tristeza #musica #abandono #a #letra #songfiction #dra #syml #wheresmylove
Histoire courte
0
2.4k VUES
Terminé
temps de lecture
AA Partager

Capítulo único

É um dia chuvoso. Dá para ouvir o som do vento forte pela janela e o barulho da chuva caindo no telhado. Há silêncio por toda a casa, a não ser pelo meu choro ininterrupto. E há frio. Muito frio.

Cold bones. (Ossos frios.)

Eu estou deitado na cama, segurando o travesseiro que ainda tem o cheiro dela. Não achei que fosse possível sofrer tanto por alguém — até que ela foi embora.

Desde aquele dia, meu coração se partiu de um jeito que não sei se há restauração. É como se uma parte de mim tivesse sido levada e a que ficou, bem, não parece funcionar normalmente. Não sem ela.

Yeah, that's my love. (Sim, esse é o meu amor.)

Tudo que eu queria era falar com ela mais uma vez, dizer tudo que ficou preso na garganta e que não tive oportunidade de colocar para fora. Mas ela foi embora antes disso. Não me deu uma escolha e nem a oportunidade da palavra final.

E agora, sinto que carrego o peso do mundo, além de um buraco onde ficava os sentimentos que cultivei, sem saber que eles seriam arrancados de uma vez e de qualquer forma.

Porém, eu ainda consigo sentir. Há um buraco em meu peito que dói cada vez que eu a imagino. Sua voz suave, seu cabelo acobreado, seus olhos inebriantes e seu toque avassalador.

Além disso, há o seu nome. Significa "dádiva", assim como eu me senti quando ela entrou na minha vida. Foi como um presente que eu nunca pensei que fosse merecedor. Mas ela continuava aqui, dizendo que eu era tudo aquilo que sonhou — até que ela foi embora.

Eu não sei quais foram os motivos que a fizeram ir. Eu não sei o que eu fiz para que ela tomasse essa decisão, mas eu gostaria de saber o porquê. Até tentei ligar, deixei inúmeras mensagens, contatei a família e os amigos, mas ninguém soube de nada.

She hides away, like a ghost. (Ela se esconde, como um fantasma.)

Às vezes me pego imaginando se foi difícil para ela deixar tudo para trás, arrumar as malas enquanto eu não estava em casa e se pensou em minha tristeza quando chegasse do trabalho e me desse conta de que ela havia partido. E as lembranças? Será que não doeu pensar em todas as memórias que tivemos juntos?

Does she know that we bleed the same? (Ela sabe que nós sangramos o mesmo?)

Eu sorrio com lágrimas nos olhos ao lembrar de como nos conhecemos. Isadora precisava de um lugar para morar e eu precisava de alguém para dividir o aluguel.

Ela era essa mulher independente e corajosa, enquanto eu, um cara tímido e inseguro. Em poucos meses, éramos melhores amigos e a sua presença revelava o melhor em mim.

Fui vulnerável, sem muros emocionais para derrubar. Fui apenas eu com todos os meus defeitos e qualidades. E ela viu isso. Ela gostou disso. Mas ao ir embora, rejeitou tudo que construímos.

Don't wanna cry but I break that way. (Não quero chorar, mas me quebro assim.)

Costumávamos conversar sobre a vida, sobre nosso futuro e nossos sentimentos. Eu pensei que a conhecia melhor do que qualquer pessoa. No entanto, estava enganado. Quando vejo o espaço vazio no guarda-roupa, percebo esse erro.

E de novo, encontro-me chorando abraçado ao seu travesseiro como tenho feito pelos últimos dois meses, numa espécie de súplica invisível e um pouco de esperança.

Cold sheets, but where's my love? (Lençóis frios, mas onde está meu amor?)

Como num sobressalto, levanto-me e decido procurá-la novamente. Já havia feito isso em todos os dias anteriores, mas acredito que dessa vez será diferente.

A chuva passou e a lua cheia brilha acima de mim. Meus cabelos pretos cacheados balançam com o vento e exalo o cheiro característico de terra molhada.

Decido ir até a praia — seu lugar favorito — e sinto a brisa suave fazer cócegas no meu rosto. Corro pela areia umedecida pela chuva em busca de Isadora. Meu coração bate mais rápido, minha respiração começa a ficar entrecortada e ouço alguém me chamar:

— Diego — sussurra em meu ouvido.

Olho para os lados em busca da dona dessa voz, mas não encontro ninguém. Corro mais depressa. Grito seu nome no vazio da noite. Não obtenho resposta. Caio de joelhos sob a areia fria.

— Onde você está, Isadora? — grito em desespero.

I am searching high, I'm searching low in the night. (Eu estou procurando por cima, eu estou procurando por baixo na noite.)

Não aguento mais essa situação. Não suporto não saber onde ela está ou se encontrarei com ela novamente. Então, faço a única coisa que pode me ajudar nesse momento, planejo nosso reencontro:

Eu estou sentado na areia, de frente para o mar e ela se senta ao meu lado. Consigo sentir seus olhos tristes me encarando, mas não diz nada.

— Por que você foi embora?

— Você não entenderia, Diego. — Ela passa o seu dedo pelo meu rosto. — Mas não duvide que eu te amei, por favor.

Sinto uma lágrima cair pela minha bochecha.

— Eu não sei se consigo acreditar em um amor que abandona.

Levanto do chão coberto de areia.

— Você era minha melhor amiga, minha parceira e a mulher que eu queria passar o resto da minha vida. E quando fiquei sozinho, eu sofri como nunca antes.

— Eu sinto muito.

— Não, não sente. Porque você nem ao menos está aqui.

Did she run away? I don't know. (Será que ela fugiu? Eu não sei.)

Encaro a praia vazia, assim como eu estou por dentro. Despeço-me daquele lugar e sigo em frente, sabendo que fiz tudo que estava ao meu alcance. Porque não importa quantas vezes eu a procure, quantas vezes tente ligar ou quantas vezes imagine nosso reencontro. Agora, só depende dela.

Just come home. (Apenas volte para casa.)

27 Octobre 2020 21:20:38 0 Rapport Incorporer Suivre l’histoire
0
La fin

A propos de l’auteur

Jaciana Suzy 23 anos, cristã, nordestina e formada em Psicologia. Amo séries e livros, principalmente de romance e investigação.

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~