Amores de Demônios Suivre un blog

shaddal Ângela Amonique Caleb Fanon é irmão gêmeo Cael Fanon, eles nasceram em algures na cidade de Manhattan, em um orfanato onde foram deixados pela assistência social. Caleb e seu irmão tiveram uma educação muito restrita, foram maltratados e até sofreram abuso sexual, por causa disso os irmãos começaram a viver com ódio onde nasceu uma paixão em matar sem restrição, e tornarem assassinos profissionais.
Histoire non vérifiée
AA Partager

A traíção de Caleb

CAPITULO

Na Segunda Manhã

ela recebeu outra ligação e era a mesma voz, que significava que era o mesmo homem, esta ligação levou ela até ao Caleb como assassino, mas não acreditou por que também começou ama-lo, para ela era impossivel ele ser um assassino proficional, e nem fazia ideia que quem colocava as
provas as porta dela era o Cael.

Cael queria que Caleb a matasse por que sabia que ela tinha abandonado sua filha Pérsia, para Cael estórias não contavam desde que abandonou é suficiente para matá-Ia.

Atração que Caleb sentia se transformou em um amor protector, investigando o caso, ele percebeu que ela não tinha abandonado sua filha,
mas foi lhe arrancado dos seus braços quando ainda era muito jovem.

Cael sentio-se traído pelo irmão, protegendo uma mulher que nunca esteve em seus planos, ele sabia que mesmo que Cris, soubessse o que aconteceu anos atrás, ela nunca enfretaria Caleb, então colocou as provas na mão do Lúcios Sanari, onde Caleb foi confrontado por ele, acabando preso. Cris, triste tentando entender, então Caleb começou a lhe contar tudo sobre eles.

Caleb: Depois que nossos pais morreram, fomos parar no Orfanato Vilar, a nossa crianção foi a mais perturbada, a princípio por que nunca tinha nos dito que nossos pais morreram, segundo tudo que vivemos na aquele lugar culpavamos somente uma pessoa, nossa mãe. A primeira pessoa que morreu em nossas mãos foi à madre Suéli Coven, dias depois descubrimos que ela tinha abandonado seu filho, então continuamos;
Sentiamos prazer no que faziamos. As rosas que deixavamos era em homenagem a nossa mãe, quando fomos levados para orfanato à única coisa que levamos foi uma rosa.

Um dos ultimo assasinato que aconteceu foi há três anos, brigava com ele por que tinha se tomado muito violento, além de matá-Ias também as estrupou, não gostei e viemos o carninho todo a brigar, por um discuido meu agente acindetou, pensei que ele tinha morrido. Seis meses depois quando vi a ocorrência eu sabia que única pessoa que mataria assim, só poderia ser eu ou ele.

Caleb chamou Cristina: Cristina! Corre, vai a buscar sua filha não importa onde ela esteja trága-a e fique perto dela, fassa isso agora, Cris, foi à busca da Pérsia.

11 Mars 2020 22:20:30 0 Rapport Incorporer 0

Commentez quelque chose

Publier!
Il n’y a aucun commentaire pour le moment. Soyez le premier à donner votre avis!
~

Histoires en lien

Plus d'histoires