megawinsone Megan W. Logan

Mark é um golpista profissional que ganha a vida enganando mulheres com seu charme e bom papo, tirando uma boa grana delas. No entanto, o destino irá armar contra ele quando colocar Melissa no seu caminho. Será que Melissa fará Mark se arrepender de seus atos? Ou ela será mais uma na sua longa lista de vítimas?


Romance Contemporáneo Sólo para mayores de 18.

#romance #drama #amor #traição #sedução #armadilha #conquista #dinheiro #golpe
8
5.4mil VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 30 días
tiempo de lectura
AA Compartir

O próximo alvo!


Mark Willians tinha 28 anos e já fazia nove anos que ele estava vivendo de golpes. Como um bom golpista profissional, não agia sozinho, pois sua namorada Dana o ajudava a escolher as vítimas. Eles viviam uma vida de amantes e usufruíam do dinheiro conseguido com os golpes que eram aplicados em mulheres jovens, de 19 a 21 anos, preferencialmente de famílias ricas, que, tolamente apaixonadas, sustentavam os caprichos de Mark e o davam presentes caros, além do dinheiro dos pais milionários, que não percebiam nada até que era tarde demais e as filhas já tinham depreciado grande parte da conta bancária delas, que eram ligadas a deles.


No entanto, aquela vida estava ficando chata para Mark, que decidiu mudar o seu foco de ataque para mulheres na casa dos quarenta anos, que tivessem bastante dinheiro e que pudessem ser enredadas com seus papos melosos, fazendo-as lhe dar dinheiro. Sua primeira vítima nessa nova empreitada foi uma médica muito famosa, dona de uma renomada clinica de estética e de cirurgia plástica, Kim Wolfeny, uma loira linda, muito cobiçada por muitos e que tinha 42 anos.


Como sempre, Mark conseguiu se aproximar de seu alvo ligeiramente, inventando que queria mudar o formato de seu nariz. Aos poucos conseguiu romper as barreiras que os separava e se casou com a famosa cirurgiã, que, de tão apaixonada pelo moreno, deu-lhe de presente dois apartamentos, um carro esportivo e uma mesada generosa todo mês.


Porém o matrimônio com ela durou apenas dois anos, pois ele já estava cansado e queria mais; algo que só a última cartada daquele esquema bem elaborado daria o que ele queria. Tomando o contrato pré-nupcial como vantagem, Mark contratou um homem bonito de forma anônima e o mandou seduzir sua esposa. Depois o instruiu a tirar algumas fotos que mostravam a suposta traição no ato e mandá-las pelo correio junto com a mensagem: Abra o olho, meu amigo, sua esposa te traí! Com isso, ele ganhou um dinheiro gordo, que era uma multa que estava no contrato deles de núpcias.


📷 📷


Atualmente, Mark morava com Dana na cobertura de um prédio de luxo que ficava num bairro nobre de Riverday, cidade próxima a Chicago, que possuía trezentos mil habitantes. O casal ostentava uma vida de luxo e já fazia nove anos que eles estavam juntos naquele mundo de trapaça, porém mal sabiam que o destino iria pregar uma peça neles.


Nesse momento, o moreno analisava, na tela de seu notebook, algumas vítimas em potencial. Foi quando alguém lhe chamou a atenção: uma mulher de olhos azuis e rosto delicado, e bem abaixo de sua fotografia havia uma matéria em uma revista de fofoca falando sobre ela.


Começou a ler com extremo interesse:


A multimilionária e empresária Melissa Rakers acabou de se separar de Bud Melvin, famoso jogador de basquete do Chicago Bulls. Boatos maldosos falam que motivo foi traição, que Melissa não aguentou as várias amantes do ex jogarem na cara dela que ela não era boa o suficiente para ele. “Mas convenhamos, garotas e garotos, um casamento em que o casal mal se via, como iria durar?”, opinou um dos amigos de Bud numa entrevista exclusiva feita para a revista.


Mark sorriu ao perceber que seria possível enredar aquela bela mulher com seus encantos e tirar dela o que quisesse, mas antes precisava arranjar uma forma de se aproximar.


Pesquisou o site da empresa de Melissa e logo achou algo que lhe fez sorrir largamente, enfim a faculdade de administração que ele tinha feito iria servir para alguma coisa. O destino estava conspirando ao seu favor, pois tinha uma vaga de emprego como assessor administrativo da presidência e por sorte ele tinha todos os pré-requisitos para concorrer àquele cargo. No entanto, seria obrigado a se mudar de cidade para colocar seu plano em ação, mas primeiro teria que passar na bendita entrevista, coisa que sabia que conseguiria com seu charme e bom papo.


Sua confiança exagerada às vezes o impressionava.


De repente seus devaneios foram interrompidos pela chegada de Dana, que colocou as sacolas que tinha nas mãos em cima do sofá e foi até ele.


— Oi, amor! O que está fazendo? — pediu a morena, acomodando-se ao lado do companheiro de longa data e dando um beijo rápido nele.


— Escolhendo o meu novo alvo! Já a encontrei — replicou, com um meio sorriso.


— Humm, eu posso ver quem é ela? — Gesticulou Dana curiosa.

— Sim, ela se chama Melissa Rakers, é uma rica empresária. — O homem apontou para a imagem de uma loira muito bonita, que aparecia na capa de uma revista online.


Dana sentiu uma pontada de ciúmes.


— Ela até que é bonita... como você pretende se aproximar dela?


— Tem uma vaga de emprego na empresa dela, e por sorte tenho todos os requisitos para conseguir a vaga. Infelizmente terei que me mudar para Chicago para conseguir o meu objetivo.


— Quando que vamos para lá? — perguntou, ao mesmo tempo que se levantava do sofá.


— Você vai ficar aqui e de vez enquanto venho lhe ver, as cidades são pertinho uma da outra. Se meu plano der certo, vou precisar me focar e interpretar o papel de um cara simples e dedicado ao trabalho — explicou num suspiro ao perceber que Dana não tinha gostado da idéia, pois eles sempre ficavam juntos na mesma cidade quando ele seduzia suas vítimas.


— Eu não sei, Mark, se seria uma boa lhe deixar sozinho desse jeito, além do mais vou sentir saudades de você! — confessou ela sem rodeios.


— Confie em mim, meu amor. Se lembra que a Kim era linda, charmosa e elegante? Isso não fez com que eu me apaixonasse por ela, pois eu te amo. E sobre você sentir saudades: eu prometo vir te ver todos os finais de semana.


— Tá bom, amor! Vou segurar meu ciúme, pois sei que, quando mais dinheiro ganharmos, melhor! — Sorriu a morena, abraçando Mark, que retribuiu e começou a beijá-la, para em seguida levar Dana para o quarto em seus braços.


📷 📷


Enquanto isso na cidade de Chicago, Melissa estava celebrando seus 39 anos junto com suas amigas num restaurante chique que ficava no bairro The Loop. Ela estava finalmente solteira após sair de um casamento conturbado, que não lhe levou a nada. Melissa sentia-se revigorada e livre para encarar essa nova etapa de sua vida e esperava agora ser mais esperta em relação aos homens, pois já tinha se machucado demais.


— E então, Mel... você realmente vai fechar esse seu coraçãozinho para o amor? — pediu a ruiva amiga de Melissa, curiosa.


— Por enquanto sim, Jenny! Não quero entrar em outra roubada. Agora serei cautelosa e racional.


— Nossa, amiga, como eu queria ser como você!


— Quem sabe um dia você consiga, mas não sei, não — falou debochada Melissa, mexendo em seus cabelos loiros.


— Credo! Assim você machuca meu pobre coraçãozinho.... — retrucou Jenny apontando para o peito.


— Bem, meninas, o papo está bom, a festa foi maravilhosa, mas preciso ir para casa. Quero dormir até tarde amanhã, pois na segunda tenho reunião o dia todo com os diretores e gerentes — declarou Melissa, levantando-se.


— Nós entendemos. Até mais, Mel! — despediu-se Deby.


— Semana que vem marcamos outra coisa para fazer — murmurou Jenny.


— Fechado, garotas! — afirmou a empresária, acenando e caminhando para fora do restaurante.


Melissa andou uma quadra até chegar ao prédio onde morava. O porteiro abriu a porta com um sorriso e ela adentrou, seguindo até o elevador, onde ingressou rapidamente. Enquanto subia até o seu duplex, a loira suspirou pensando em como sua vida sofreu uma grande virada naqueles últimos meses, pois nunca imaginou que se separaria de seu amado logo agora que planejava ter um filho. Realmente o destino a surpreendeu de tal forma, que a deixou sem chão. Nunca, nem em seu sonho mais louco, ela imaginaria que iria ser traída.


Chegando ao oitavo andar, logo adentrou no seu apartamento e seguiu para a sala, onde sentou no sofá e ligou a televisão para assistir qualquer coisa que distraísse sua mente naquele momento.

9 de Abril de 2020 a las 20:54 4 Reporte Insertar Seguir historia
5
Leer el siguiente capítulo Disputa!

Comenta algo

Publica!
Melissa Leal Melissa Leal
Ansiosa pelo próximo capítulo ❣️
April 21, 2020, 02:55

  • Megan W. Logan Megan W. Logan
    Olá, Melissa! Muito obrigado pelo seu comentário, ele me deixou muito feliz! Em breve postarei o próximo capítulo! Beijos! April 22, 2020, 01:20
Erilene Moraes Erilene Moraes
Nossa,já estou contando os dias para o proximo capítulo.
April 14, 2020, 23:01

  • Megan W. Logan Megan W. Logan
    Olá, Erilene! Muito obrigado pelo seu comentário, ele me deixa muito feliz! Logo estarei postando um novo capítulo, Beijos! April 20, 2020, 22:33
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 1 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión