godrafas Rafael Souza

o meu corpo é um templo, e por este, e não único motivo, você lhe deve respeito.


Poesía Romance Todo público.

#prazer #lamentações #corpo #autoestima
Cuento corto
0
3.5mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Mágoa corporal

desculpe-me, que por mero prazer -as vezes nem para mim- eu lhe expôs. desculpe-me pelas inúmeras vezes qual você foi usado, desgastado, tratado como algo qualquer. preciso amar-te mais. preciso cuidar-te mais. preciso escolher a dedo quem lhe tocará, para que não haja um arrependimento, um nojo, que nem é por você, mas que lhe atinge diretamente. uma situação, qual você não cabe. pois entenda, você é gostoso para caralho, e quem discordar, não tem ideia do que está falando.

ainda passaremos por diversas situações que, não nos orgulharemos, mas vejo isso como experiências, pretendo evoluir com elas, para que os erros passados não sejam cometidos mais uma vez, e que eu não lhe magoe novamente.

16 de Diciembre de 2019 a las 04:27 1 Reporte Insertar Seguir historia
0
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
MiRz MiRz
Olá, eu sou a MiRz do Sistema de Verificação do Inkspired. O Sistema de Verificação atua para ver se as histórias estão dentro das normas do site e ajudar os leitores a encontrar boas histórias no quesito de gramática e ortografia; verificar sua história significa colocá-la entre as melhores nesse aspecto. A verificação não é obrigatória para sua história continuar sendo exibida no site, portanto se não se interessar em obtê-la, basta ignorar essa mensagem e não alterar o seu texto. Caso queria que outras histórias suas sejam verificadas, é só contratar o serviço através do “Serviços de Autopublicação”. Sua história foi marcada como “Em revisão” pelos seguintes apontamentos retirados do seu texto: 1) Letra minúscula em início de frase. Tanto na sinopse, como no corpo do texto a primeira letra é iniciada em maiúsculo, assim como as palavras que vêm após os pontos de interrogação, exclamação e ponto final. 2) Crase. Em alguns momentos do texto há falta da crase, como na expressão “às vezes” quando usada como sinônimo de “de vez em quando”. Nesses casos, é necessário o uso da crase. 3) Conjugação de verbo. No trecho “eu lhe expôs”, a conjugação do verbo “expor” está escrito na terceira pessoa enquanto a frase está na primeira pessoa, sendo assim, a forma correta “eu lhe expus”. 4) Vírgulas. Existem vírgulas que estão mal posicionadas no texto, como após em “situações que, não nos orgulhamos, mas vejo isso como...”; neste caso, não deve ter uma vírgula após o “que”, vez ele que está fazendo a ligação com o restante da frase. Eu citei apenas alguns exemplos presentes no texto, existem alguns outros que não foram abordados, por isso recomendo uma revisão mais minuciosa da história caso decida optar por revê-la. Você pode contratar os serviços de um Beta Reader em Serviços de Autopublicação aqui do Inkspired para analisar os erros mais profundos ou se quiser, pode conferir algumas dicas no livro “Esquadrão da Revisão”. Caso você estiver interessado em uma nova verificação, após corrigir os erros, basta comentar aqui, que eu farei uma nova releitura. Tenha uma boa semana! :)
January 08, 2020, 21:06
~