Be my company Seguir historia

dancerbobohu

Quem diria que uma simples entrega de pizza iria resultar em uma companhia para o dia dos namorados? [ Feliz dia dos namorados | Fluffy | +18 pelo yaoi | Chanbaek ]


Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 18.

#dia-dos-namorados #fluffy #baekyeol #chanbaek #chanyeol #baekhyun
Cuento corto
0
393 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Entrega Especial

Ah, o dia dos namorados.

Dia no qual os casais tiram para passar juntos, trocar mimos ou presentes; que as lojas usam para lucrar ainda mais e, é claro, que os solteiros sofrem por não terem um parceiro amoroso para o dia dito como especial.

Para Chanyeol era só um dia em que ele tirava folga para pedir uma pizza e maratonar alguma série nova, como era seu próprio dono, conseguia esses privilégios. O ruivo tem seu próprio estúdio de tatuagens e piercings no segundo andar de sua casa, ter seu próprio negócio é realmente tudo de bom para si.

Pois bem, o grandão normalmente passava o dia sozinho. Sozinho, mas era o que tinha, então fazia um bom proveito.

Bem que Chanyeol queria um companheiro ou companheira para o dia, mas todos pelo qual se interessava só queriam descompromisso, não conseguia entender todo esse desapego que os outros tinham. Às vezes até lhe exigiam uma personalidade diferente! Tudo bem que ele poderia até parecer um homem rude e frio por sua alta estatura, seus músculos definidos e diversas tatuagens pelo corpo; mas a verdade é que sempre foi um romântico nato, completamente gentil e carinhoso.

❛ ❁ ❜

Preparou a sala para o seu dia de preguiça: Juntou todas as besteiras que comprou no dia anterior, pegou diversas bebidas e até fez pipoca, deixando tudo em cima da pequena mesa à frente do sofá. Tudo para não levantar de seu sofá confortável e nem interromper sua série.

Ligou para a pizzaria ao lado — que também era sua favorita — por pura preguiça de sair de casa e começou a sua maratona da nova série que havia lançado no netflix: Busted.

Bem quando estava em um momento de tensão do episódio, o som estridente da campainha soou pela sala. Praguejou o maldito que tinha o interrompido no pior dos momentos. Mesmo que soubesse que era sua pizza, não podia chegar alguns momentos depois?

A contragosto pausou o episódio e caminhou calmamente até a porta, cheio de preguiça, e nem acreditou em quem viu pelo olho mágico: Baekhyun, o garoto bonito que sempre está atendendo no caixa em sua pizzaria favorita — a qual conheceu por seu primo, Jongin, trabalhar como entregador lá —. O grandão teve que respirar fundo antes de, finalmente, abrir a porta.

— Hey! Você pediu uma pizza de calabresa, certo, Chanyeol? — A voz melodiosa se pronunciou assim que avistou Chanyeol. E ele? Estava é desconcertado com o baixinho com cabelos tingidos de rosa claro sendo lindo com aquele sorriso retangular que contagiava alegria por onde passava. Era muito para si.

— Uh.. isso mesmo — Pegou a grande caixa de pizza que o baixinho segurava e levou rapidamente até o sofá — Eu vou pegar minha carteira.

— Não se preocupe, Chan — O menino bonito apressou-se em dizer, nem ligando em chamar o outro pelo apelido — Desta vez é por conta da casa.. — Baekhyun estava inquieto, passeando pelo cômodo com o olhar de forma ansiosa — Tem companhia?

— Companhia, eu? — Pôs-se a rir timidamente — Não, só eu, a televisão e bastante comida.

—Ah sim, entendo. Meu horário já acabou, então não devo fazer nada pelo resto do dia… Logo hoje que é dia dos namorados.. — Baekhyun tinha deixado uma deixa? Chanyeol se perguntou por um momento ao vê-lo todo esperançoso.

— Quer ficar, Baekhyun? Tenho comida suficiente para dois, além disso é sempre melhor com uma companhia — Arriscou-se a perguntar, afinal o máximo que receberia seria um ‘’não’’. Chanyeol torcia para que sua resposta fosse positiva, quem sabe teria uma chance com o baixinho.

— Sério? Eu vou adorar! — Ambos sorriram e Chanyeol abriu passagem para que Baekhyun entrasse. Neste momento aquele já sabia que o destino estava sorrindo para si.

❛ ❁ ❜

Estava no meio da tarde quando terminaram de ver a série — Baekhyun estava um episódio a frente, então não foi problema — então decidiram colocar em um filme aleatório que acharam, algo que ambos gostavam.

Mesmo anteriormente, durante a série, mantinham uma conversa sobre o que tinham em comum — e as divergências também — esta disfarçando os flertes sutis de Baekhyun. Como sempre, Chanyeol se perguntava internamente toda vez se era realmente um flerte ou estava entendendo errado, mas sempre acabava deixando suas dúvidas de lado para admirar a animação do rapaz de sorriso retangular.

Chanyeol se acomodou no canto sofá, meio sentado e meio deitado, sendo acompanhado por Baekhyun que se enfiou entre as pernas do grandão para deitar e se apoiar nele.

O baixinho atrevido começou a tocar nos braços fortes, os olhos admirando cada detalhe das tatuagens expostas.

— São lindas.. Eu queria fazer algumas, mas tenho um pouco de medo — O rosado formou um bico adorável, mordível e beijável na opinião de Park — Vai que a pessoa erra ou fica feio? Além de que eu vou morrer de nervoso! Duvido que algum tatuador vá me aguentar.

— É só arranjar alguém bom, Baek — Gargalhou pela graça do pequeno — Você sabe que eu tenho um estúdio, não é? Vai ser um prazer fazer sua primeira tatuagem, se você quiser, óbvio — Sorriu gentil e recebeu um largo sorriso em resposta.

— É sério, Chan? — Os olhinhos do baixinho brilharam, Chanyeol não conseguiria negar, mesmo se quisesse.

— Claro, é só vir me procurar que eu arranjo um tempo — Um motivo para vê-lo novamente? Talvez

— Obrigado, Chan — Suas mãos desceram pelo braço musculoso até alcançar suas semelhantes — Woah! Suas mãos são tão grandes, parece que vão engolir as minhas

— As suas que são muito pequenas — Chanyeol teve que segurar o riso com a careta indignada do outro, mesmo que logo depois foi suavizada para uma feição divertida.

Como Baekhyun parecia nunca deixava de surpreendê-lo, entrelaçou os dedos de ambos. Os dois mantinham um silêncio confortável, mesmo que Chanyeol tivesse um milhão de perguntas remoendo em seu interior para fazê-las.

O pequeno trouxe as mãos maiores próximas ao seu rosto, até que seus lábios macios roçaram na pele alheia em um beijinho tímido e lento. Em resposta, o grandão aproximou seu rosto dos fios tingidos e começou uma carícia com a ponta do nariz, obviamente aproveitando para sentir o cheirinho gostoso de seu shampoo.

—Hey. Baek. Por que foi trabalhar como entregador hoje? Eu sempre vejo você no caixa — Claro que Park não segurou sua maior dúvida, tendo-a em mente desde que o rapaz apareceu em sua porta com sua entrega.

— Por você, claro —Disse, simplista como se não fosse nada demais. Já o gigante ao seu lado sentiu uma batida falhar com as poucas palavras ditas. — Fala sério Chan, você não notou que eu vim sem a moto de entrega?

— Supus que você veio a pé, a pizzaria é aqui do lado! — Mesmo que Baekhyun não pudesse ver, Chanyeol formou um bico birrento. Não podia ser mais lerdo nos dias atuais, a vida é realmente difícil para Chanyeol.

— Você é muito bobinho, Chan — Gargalhou — Mas é uma fofura, é impossível não acabar me apaixonando por você — Mesmo que dito de forma baixa, Park ouviu claramente a declaração inesperada. Aí pronto, ele já não sabia se pulava de felicidade ou morria de amores por aquele baixinho atrevido.

Se Chanyeol não tivesse um bom reflexo, tinha certeza que iriam se bater, já que o outro inventou de se mover de repente para ficarem de frente um ao outro. Os rostinhos perto um do outro e os lábios praticamente encostando-se.

— Baekhyun.. — Começou, mesmo que não fizesse ideia de como continuar.

— Cala a boca e me beija, Chanyeol. Pelo amor de deus — Dito isso acabou com o mínimo espaço que tinha entre as bocas.

Os lábios de Baekhyun eram macios e sua língua roçava na sua de forma tão gostosa, se ele não estivesse meio sentado com o baixinho em cima de si, certamente iria derreter. Nem pensava que realmente iria conseguir experimentar da boquinha atrativa, Chanyeol desejava que aquela não fosse a última vez. Ah, sintomas da paixão..

Isso que dá ser um completo romântico.

Mas, bem, no final Baekhyun e Chanyeol encontraram uma ótima companhia para o dia dos namorados, tanto desta vez quanto dos próximos anos que estavam por vir. Nada melhor que estar nos braços de quem se ama, mesmo que, naquele momento, eles não soubessem o tamanho amor a mais que iria se desenrolar dali.

10 de Noviembre de 2019 a las 22:13 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Lucas Byun ʚωєℓcσмє! » trasboy • єxσ-ℓ • sʜɪɴᴇʀ • Exo Royals Shipps «

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~