Quand je tai vu Seguir historia

dancerbobohu Lucas Byun

Apenas um encontro recheado de carinhos entre amigos que moravam longe.


Fanfiction Bandas/Cantantes Todo público.

#fluffy #exo #baekhyun #chanyeol #chanbaek #baekyeol
Cuento corto
0
606 VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Único

Baekhyun estava ansioso, agitado e nervoso, tudo junto. As portas automáticas a sua frente se abriram e revelaram algumas pessoas que estavam esperando por outras que estavam em seu vôo. Os pequenos olhos caídos e curiosos varreram rapidamente o lugar até achar um certo gigante que lhe encarava todo sorridente. Saiu correndo, largou as malas de qualquer jeito no chão quando estava próximo do garoto e pulou meio desajeitado para cima dele em um abraço.

— Acho que estamos chamando atenção, Baek — O mais novo avisou em meio de risadas.

— Eles que se danem, não quero me desgrudar de ti — Murmurou com um bico nos lábios, enfiando o rosto no pescoço alheio como desejava há meses.

Chanyeol e Baekhyun eram os famigerados webamigos que estavam se encontrando pela primeira vez. Depois de algum tempo trocando mensagens, ligações e afins, Baekhyun juntou dinheiro para visitar seu amigo.

E ali estavam eles, se encontrando pessoalmente pela primeira vez, com os corações disparados e sorrisos estampados na cara.

Eventualmente Baekhyun teve que descer de volta ao chão — já que não poderia ficar ali pra sempre como queria — e começaram a andar lado a lado até o lado de fora do aeroporto.

— Como foi a viagem? Deu tudo certo? — Park estava quase saltitando por aí, se não fosse o pequeno segurando sua mão e entrelaçando os dedos.

— Foi muito legal, Chan! Consegui ver um filmezinho, mas acabei dormindo na metade até chegar, estou faminto! — Abaixou o olhar até a barriga que parecia reclamar consigo por não ter acordado na hora em que os lanches foram distribuídos no avião.

— Não se preocupe, temos muito o que aproveitar nessa semana que vai ficar aqui! — Sorriram um para o outro e seguiram caminho até o carro.

— Aprontou algo para hoje, Yeol? — Byun, como um bom curioso que era, ao menos se segurou em perguntar. Os dois estavam colocando as malas do mais velho no carro para então entrar no automóvel.

— Você sabe que eu não vou contar, não é? — Pôs-se a gargalhar ao ver o bico emburrado nos lábios bonitos, mas logo se distraiu ligando o rádio e se animando com uma música conhecida.

Baekhyun parou alguns momentos para admirar o orelhudo ao seu lado, ele era ainda mais fofo pessoalmente. As orelhas gigantes que pareciam implorar para que fizesse carinho ali — ou talvez mordidas também —, os olhos grandes assim como sua altura, além dos lábios carnudos e rosados.

Ele distraído em dirigir e cantarolando baixinho a música que tocava no rádio, era a definição de beleza.

Não aguentou. Levou a canhota até os fios morenos e começou a acariciar sua nuca, recebendo um sorriso caloroso em resposta.

— Meu menininho lindo.. — Disse em quase sussurro, mas não passou despercebido por Chanyeol.

— Sou mesmo — Desviou o olhar para o Byun por alguns segundos antes de voltar para frente.

A vontade mesmo de Chanyeol era fechar os olhos e aproveitar todo aquele carinho gostoso, mas infelizmente precisava se concentrar para não acabarem sofrendo um acidente. Certamente o dia tão desejado pelos dois não seria estragado assim.

Foram até o shopping para finalmente comer algo, como foi pedido de Baekhyun. Comeram e conversaram bastante, quase como duas crianças animadas.

— Aqui tem a melhor loja do mundo, é sério! Você vai adorar Baek — Andaram até Chanyeol parar em frente a uma loja um tanto peculiar.

Mas certamente um paraíso para Baekhyun.

—YEOL! Uma loja só de pelúcias?! Eu não acredito, eu vou surtar — Agarrou no braço do mais novo e ao lado dele entraram na loja repleta de pelúcias de diversos tipos e tamanhos.

Se não estivesse segurando no braço de seu amigo, provavelmente já estaria correndo por toda loja de tanto surto. Bem que poderia ter uma loja daquele tipo no lugar onde mora. Provavelmente iria gastar todo seu dinheiro, mas isso não importava no momento.

Andou pelos corredores ao lado do amigo, a cada segundo um surto diferente pelas fofuras à sua volta. Pelo menos até avistar duas pelúcias específicas, da Pucca e Garu, que fizeram seus olhinhos brilharem na hora.

— Chaaaaaaan, olha que coisa mais linda! — Ficou na ponta dos pés para pegar os dois no topo da prateleira. — Eu com certeza seria a Pucca, eu sou o doido apaixonado e raivoso dessa relação

Os dois gargalharam, mas certamente inegável.

— Eu gosto do Garu, somos iguais — Pegou a pelúcia da mão de Baekhyun e colocou ao lado do seu rosto, imitando-o de forma engraçada e só causando mais risadas em seu baixinho favorito.

— Me dá isso aqui, seu palhaço — Pegou das mãos de seu amigo e caminhou decidido até o caixa — Eu vou levar, você vai ficar com a Pucca e eu com o Garu, assim podemos ter lembranças um do outro

E Baekhyun deu aqueles sorrisos retangulares sinceros que faziam o coração de Chanyeol derreter.

Bom, seguiram grudados passeando pela cidade até que o final da tarde chegou bem quando chegaram na casa do Park.

— Bote sua roupa de banho Byun, vamos à praia! — Saiu gritando pela casa já que Baekhyun provavelmente estava botando sua mala no quarto de hóspedes.

Não demorou nem cinco minutos para que Baekhyun aparecesse quase correndo, de bermuda, regata e uma toalha nos ombros. Chanyeol sabia o quanto seu amigo era apaixonado pela praia, não conteve o sorriso quando o viu correndo até si.

— Você sabe como me apressar não é, Park? — Ergueu uma das sobrancelhas e cruzou os braços, parando em frente ao amigo que estava sentado no sofá. — Vamos logo! A praia está me esperando!

E o mais velho não poderia estar mais animado. Estava com seu homem favorito indo para seu lugar favorito, não tinha como ficar melhor.

O sol já se despedia e trazendo com ele suas bonitas cores alaranjadas por todo o céu, uma visão perfeita principalmente se vista da areia da praia. Os dois estavam sentados lado a lado em um silêncio confortável, apenas apreciando a vista.

Baekhyun deitou sua cabeça no ombro alheio, aquele tinha sido um dia realmente agitado — não de uma forma ruim, é claro — e aquele era seu pequeno momento de descanso. Chanyeol segurou sua mão e entrelaçaram os dedos, os dois sorrindo que nem dois bobos com o gesto carinhoso.

A vontade de entrar no mar era gigantesca, afinal o mais velho era conhecido pela sua paixão pela água, mas estava ciente da alergia que seu amigo tinha, certamente poderia entrar em algum outro dia em que não estivesse em sua companhia.

— Espero que esteja pronto para mais mimos, porque ainda vai ter uma sessão de filmes — O mais novo virou um pouco rosto e pode observar seu amigo levantar a cabeça de seu ombro para corresponder o olhar. Ele sorria todo travesso, como se fizesse altos planos com aquela nova informação.

— Isso está me cheirando a Harry Potter

— Talvez… Só vai saber quando voltarmos pra casa

— Nem vem, Park, tentar fazer suspense não vai funcionar — Bufou, fazendo seu amigo rir.

— E você vai fazer o que? — Arqueou uma das sobrancelhas. Chanyeol estava quase brincando com o fogo que era seu amigo teimoso.

— Vou te beijar se não calar essa boca, Park — Aproximou seu rosto, divertindo-se em avistar o momento em que a expressão convencida se tornou em surpresa. Chanyeol sempre foi um garoto adorável com suas expressões sempre deixando o que sentia transparente, era quase um bebê em corpo de gigante na opinião de Baekhyun.

— Eu duvido

E não bastou outra palavra mais para o menor colar de vez as bocas em um selinho prolongado, já que nenhum dos dois queria quebrar o contato.

Surpreendentemente, foi Chanyeol que aprofundou o beijo, enfiando sua mão livre nos cabelos enquanto a semelhante de Baekhyun foi direto para cintura fina alheia.

Eram bons amigos afinal.

Só se afastaram quando os lábios já estavam ficando dormentes com as mordidas e sugadas, além de que parar para respirar um pouco também era importante.

Droga de beijo vicioso que os manteram entretidos até que finalmente anoitecesse de vez, anunciando a hora de irem pra casa.

A chegada à casa foi até tranquila, tomaram banho com calma e, enquanto Baekhyun ocupava-se em abrir as malas e se ajeitar no quarto que provavelmente dormiria durante a semana, o mais novo se ocupou em preparar os petiscos para a sessão de filmes — do Harry Potter —.

— Eu estava certo, então — Baekhyun sorriu convencido ao chegar no quarto do Park e ver a pilha de dvds de sua saga favorita.

A cama estava cheia de salgadinhos e o refrigerante em cima da cômoda que estava ao lado da cama. Realmente uma noite de besteiras.

— Eu nunca neguei — O grandão estava deitado na cama todo relaxado, estava só esperando seu amigo aparecer para dar play no filme. — Vem aqui logo

Com certo cuidado afastou alguns salgadinhos até que tivesse um espaço livre ao lado do mais novo. Deitou ao seu lado e seu amigo nem perdeu tempo, como um imã agarrou o corpo menor e apoiou seu rosto no peito alheio.

Como não achar Park Chanyeol um completo bebê?

Como quem não queria nada, levou a destra até os fios macios, fazendo um carinho tão gostoso que Chanyeol poderia facilmente virar um gato para começar a ronronar. Não podia negar o quanto gostava cada vez mais que Chanyeol era um grande carente, Baekhyun não se importaria em encher esse homem de mimos todos dos dias.

Não poderia mentir dizendo que não trocaram desde selinhos até beijos bem quentes durante os filmes, mas no fim terminavam agarrados comendo alguma das várias opções ali e fingindo estar prestando atenção no filme desde o começo. Teve até algum momento que Baekhyun não aguentou de fofura e encheu seu amigo de beijos por todo o rosto, mas no final serviu de mais um pretexto para voltarem a beijar.

No meio do terceiro filme foi quando caíram no sono, beijos sonolentos de boa noite e carinhos que cessaram aos poucos. Baekhyun não duvidava nada que o final dos seus dias naquela viagem terminaria assim, mas não seria ele a reclamar.

10 de Noviembre de 2019 a las 20:42 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Lucas Byun ʚωєℓcσмє! » trasboy • єxσ-ℓ • sʜɪɴᴇʀ • Exo Royals Shipps «

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~