Pesadelo Invisível Seguir historia

shiroichou Vanessa S

Nada mais fazia sentido... Em um dia estava tudo bem como sempre, mas no outro simplesmente começou a se tornar invisível para seus amigos além da insônia adquirida por conta de seus recentes pesadelos. Nami deixou de se preocupar com as consequências, estava disposta a fazer com que tudo voltasse ao normal custe o que custar. Seu objetivo? Descobrir a ilha por trás de seus pesadelos e obter respostas. Só não estava nos seus planos receber a ajuda de Zoro nessa missão.


Fanfiction Anime/Manga No para niños menores de 13.

#comédia #aventura #ação #nami #zoro #zonami #onepiece
0
575 VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Todos los lunes
tiempo de lectura
AA Compartir

O começo de Tudo

O dia começou de maneira agradável para a tripulação, principalmente para a navegadora que estava trancada em seu quarto terminando mais um de seus mapas. Já era o quinto em menos de dois dias, passar as noites em claro tinha se tornado um de seus passatempos favoritos. Não que não sentisse sono, sentia e muito, mas simplesmente não conseguia dormir, toda vez que deitava em sua cama e pegava no sono, pesadelos apareciam para lhe atormentar.

Tentou ignorar todos eles achando que a causa podia ser apenas o estresse recorrente, afinal isso era o que não faltava em sua vida. Todo dia uma confusão diferente, seja em alguma ilha perigosa ou dentro do próprio navio. O sossego não estava muito do seu lado ultimamente.

Quando já não aguentava mais tantas noites mal dormidas resolveu procurar ajuda médica, e quem melhor do que Chooper para executar o serviço? Contou tudo o que vinha acontecendo e fez alguns exames, mas nada foi encontrado. Então ele apenas passou um remédio para ajudar a dormir e o assunto foi dado por encerrado.

Quem dera o remédio tivesse resolvido algo, para ela era como uma bala em formato de comprimido... Também pediu ajuda para Sanji com alguma mistura para chá com efeito calmante, mas sem sucesso... Cansada disso resolveu que por hora iria ignorar o problema e aproveitar seu “tempo livre” para colocar em dia seus mapas atrasados.

Ficou tão concentrada que só se deu conta que o tempo tinha passado quando ouviu Luffy gritando feliz por ser a hora do almoço. Tinha que admitir que estava morrendo de fome, afinal desde que acordou não tinha saído de seus aposentos e parando para pensar ninguém havia lhe procurado, algo de fato muito curioso com toda a certeza.

Resolveu sair e ir em direção à cozinha. No meio do caminho passou por Usopp, murmurou um “Bom Dia”, mas não foi respondida... Faziam exatos 5 dias que isso se repetia, não só com ele, mas com Robin e Frank também. Não sabia o que estava acontecendo, tentava de todas as formas descobrir se tinha feito algo para eles a tratarem dessa forma... Sem sucesso...

Deixou mais esse problema de lado e seguiu seu caminho. Chegou, sentou e começou a almoçar. Tudo teria sido perfeitamente normal se não fossem os olhares estranhos que recebia do “Trio ignore a Nami” quando alguém lhe dirigia a palavra. Isso estava começando a incomodar.

Ignorou isso também e, após todos terminarem, se dispôs a lavar a louça, mesmo com toda a insistência do cozinheiro em deixar que ele fizesse isso.

— Não precisa molhar suas belas mãos nessa água gelada, Mellorine, eu mesmo lavo — disse o cozinheiro.

— Nem adianta insistir, vou lavar e ponto final — retrucou a navegadora.

— Mas, Nami-san...

— Mas nada, Sanji-kun, não há com o que se preocupar, vou terminar o que comecei enquanto isso aproveite para descansar um pouco.

— Mellorine, você fica tão linda quando se preocupa com alguém — rodopiou com corações nos olhos.

— Só vai, Sanji-kun, antes que eu mude de ideia.

— Sim, senhora — saiu da cozinha feliz da vida.

Depois desse momento já tão comum em sua vida, Nami terminou tudo e saiu para o convés com a intenção de conferir se o navio continuava na rota. Conferiu o log pose e o clima, pelo menos essas duas coisas estavam certas, já não bastava tudo o que estava acontecendo, o caminho estar errado seria muita sacanagem.

Com tudo em ordem, resolveu então aproveitar a bela tarde que estava fazendo, tomando um pouco de sol na cadeira de praia ao lado de Robin. Apenas tirou o vestido e deitou, pois estava com um biquíni por baixo. Olhou para o lado em direção à companheira e a viu lendo um livro. Não conseguiu ver a capa, não que isso importasse, mas viu ali uma ótima oportunidade para puxar assunto.

— Ei, Robin nee-san, sobre o que é esse livro que você está lendo?

— ...

— Robin, você está me ouvindo??? — insistiu balançando as mãos na frente do rosto da amiga.

— ...

— Minhas Deusas, eu trouxe um suco delicioso para vocês.

— Sanji-kun...

— Obrigada, Cook-san, mas por que dois sucos?

— Um para cada uma das minhas belas damas.

— Mas que outra dama, Cook-san?

— A Nami-s...

— Tudo bem, Sanji-kun, obrigada pelo suco. Agora se me derem licença, preciso terminar alguns mapas — disse Nami saindo apressada de lá.

— Mas o que raios acabou de acontecer? — pensou.

25 de Octubre de 2019 a las 19:22 0 Reporte Insertar 0
Continuará… Nuevo capítulo Todos los lunes.

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

Historias relacionadas