misuke-fukui1571517985 Misuke Fukui

Nesse mundo, existem os monstros, que são tanto más pessoas com poderes quanto seres sem alma. Mas, existem o exterminadores, que foram feitos para destruir ester monstros. Misuke é um garoto de 16 anos que quer se tornar um deles, então vai ao recrutamento de exteminador. No caminho, conhece Shintsu, e eles viverão uma grande aventura.


Acción No para niños menores de 13.

#301 #402
2
3.7mil VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Cada 15 días
tiempo de lectura
AA Compartir

Conhecendo O Perigo

uma criança corre pela rua, aparenta ter uns 8 anos, e vê um cartaz em um muro de madeira. ela abre um sorriso e corre até ele.

criança: Ahhhhh! isso é tãaao legal! imagina só, ter todo esse dinheir-

mãe da criança: Misuke, vem cá agora!

-já vou, já vou...

Misuke(a criança) dobra o cartaz em várias partes e o guarda no bolso, e dá uma corridinha até a sua mãe. ela o pega no colo, e o carrega até sua

casa. a casa fica no em uma rua quase que deserta. ela parece um pequeno chalé de madeira

os dois estão na cozinha, um lugar pouco espaçoso.

-como foi na escola? diz a mãe de Misuke

- aaah... uns meninos ficaram me provocando, dizendo que somos pobres, coisa do tipo... Mas eu disse que seria um exterminador de monstros, e

teríamos o maiooor dinheiro do mundo!

Mãe:

- é? meu filho é tão forte assim? ha ha ha! vamos ver o que faz com esse monstro aqui! aaaargth!

ela se aproxima dele, e o joga no chão, fazendo cosquinhas.

- HA HA HA PARA, PARA!

os dois passam a tarde inteira conversando, rindo e brincando.

já é tarde da noite, Misuke está abraçado fortemente com sua mãe, na cama.

ela olha para o rosto dele, dando um sorriso, e diz sussurando:

-eu te amo

Misuke diz, com o olho fechado e morto de sono:

-eu dambem di anuh(eu também te amo).

sua mãe adormece. assim, passando a noite junto de seu filho

o sol paira sobre a janela, fazendo Misuke acordar.

ele levanta da cama, com a maior cara de sono, e avista um bilhete na escrivania que tem no quarto. o bilhete diz:

-saí mais cedo para o trabalho, o café da manhã tá na mesa, e trate de ir para a escola! por: sua querida mãe.

Misuke se deita de volta na cama, e dá um cochilo.

Misuke acorda, e temos um time skip, Misuke está mais velho

- Misuke, ta na hora de você ir! diz sua mãe

- eu sei, mãe...

mãe:- por favor, se cuida, toma cuidado!

- os monstros é que deviam se preocupar, o garotão aqui é um perigo! HA Ha Ha

-para de brincadeira, vem cá

ela o abraça e diz:

- eu te amo

- eu também te amo... demaaaaaais! ele a abraça mais forte

eles desfazem o abraço e Misuke se afasta. Ele vai até uma estação perto de lá. ele entra no metrô, e pega aquele mesmo cartaz, já velho e sujo

misuke:

- se prepara, o melhor exterminador ainda tá pra chegar!

um garoto ao lado diz:

-ei, você tá indo para o treinamento de exterminadores!???

AAAAAH EU TAMBÉM.

Me diz, me diz, qual é o seu nome?(diz todo agitado, com a voz alta)

ele tem o cabelo da cor castanha, bem claro, vai até os ombros. seu olho é preto, e sua pele é clara.

- ah...m- meu nome é Misuke, e o seu?

-SHiNTSU, NOME LEGAL Né???(diz gritando)

pessoas ao lado olham com um olhar rude.

-é, e-eu acho...

Shintsu: quer ser meu amigo? hein?

-é... por que não?

-Aeeeee

pessoas olham com um olhar rude, novamente.

- ok, ok, só fala um pouco baixo

shintsu:

-okaaaay(diz lento e baixinho)

Misuke:

-mas e aí, por que quer ser um exterminador?

Shintsu faz um uma expressão tremenda de nojo e diz com seriedade:

- para matar qualquer merdinha de monstro

Misuke: o-ok

- E VOCÊ?(volta a dizer alto e de um jeito alegre)

-eu? eu apenas quero o dinheiro( diz isso olhando para o teto, enquanto suspira)

shintsu:

-legal, dinheiro é legal.

voz do metrô: estação 4, Monteki

Misuke: vamos, é aqui!

os dois saem correndo do metrô

caminham até a rua, no sol claro e quente.

os dois ficam em silencio, enquanto caminham até o aeroporto. eles chegam lá, compram a passagem e entram. Shintsu senta ao lado de Misuke, e os dois

guardam as mochilas no compartimento. Misuke diz:

-mais cedo, você me disse que queria "matar qualquer monstro". tem algum motivo em especial?

-eles mataram toda a minha família, na minha frente. só me deixaram vivo porque queriam que eu sofresse.

-oh... s-sinto muito.

- e você, tem algum motivo em especial?

-algo em especial...?

vem uma memória de Misuke:

misuke, ainda criança, olha pela brecha da porta do seu quarto, com sua mãe lá dentro. ela está ajoelhada em cima da cama, se contorcendo de choro.

mãe:d-droga, o-o que eu faço? mal tenho dinheiro para comida... vou ter que usar o dinheiro para pagar o aluguel da casa.

Misuke olha para o cartaz, que diz:

- "seja um exterminador! destrua os monstros pelo bem do seu povo, pagamos com o melhor salário! venha a partir dos 16 anos"

Misuke diz com a voz baixa:

-espera mais um pouco, mãe...

voltamos ao presente

Misuke: - algo em especial...? nah(ele encosta a cabeça no banco, vira o rosto e fica em silencio)

eles chegam até minku, a cidade onde fica o recrutamento e o teste dos exterminadores. o recrutamento começa no outro dia, então Misuke procura um

hotel barato, e Shintsu o segue. Misuke entra em um. or dentro, o hotel não chama a atenção em nada, é espaçoso mas mal cuidado, tem dois andares, 2

quartos embaixo e 2 em cima. na frente, é a recepção. misuke pede um quarto debaixo, mas antes de pegar as chaves, Misuke vê, de reflexo, algo se

espreitando na porta, mas quando olha, não há nada. um garoto vai corre até ele de diz:

-aaah, me deixa ficar com eeesseeee, quanto mais perto da saída, melhor.

- o-ok

Misuke paga para ficar no quarto de cima

shintsu: - vou no banheiro, perae!

garoto que falou com misuke:

-desculpe chegar desse jeito, eu só to nervoso. prazer, me chamo Dukko.

- prazer, sou misuke. nervoso? nervoso por quê?

- ah, vou entrar nesse negocio de exterminador, embora eu não queira muito... mas, não consigo nenhum emprego

-olha, se você não quer, acho melhor não ir. você tem familia?

-tenho, minhas duas irmãzinhas e minha mãe.

-pense bem nelas, trabalhe em algo que você queira, e que vai ajudar vocês

-bem... Não sei... Enfim, penso nisso amanhã.

Shintsu volta do banheiro

-perdi algo????

-nah, perdeu nada não...

Diz Misuke

Misuke e Shintsu alugam um quarto do lado do outro. Misuke entra no quarto, que tem um cheiro de mofo. ele caminha até a cama, e deita. a cama range,

mas ele não liga. Shintsu diz do quarto ao lado, pela parede

-boa noite

-boa noite pra você também

Misuke acorda no meio da noite, com um susto, por causa de um barulho estrondoso. Ele levanta rapidamente da cama,e corre até a porta, quando a abre

vê no andar abaixo, que é a sala de recepçao, que já está grande parte destruída. algum tipo de ser deformo, com três olhos, seu corpo é preto, mas

um preto como se estivesse sujo, ele tem uns 2 metros de altura. ele carrega o corpo de Dukko, já morto. Misuke cai para traz, dizendo baixo:

_merda,merda, merda, merda, m-mas que m-merda é essa?( diz extremamente assustado, tremendo)

o monstro abre algum tipo de portal, negro e vazio. quando o monstro está prestes a entrar...

- ô seu merda do caralho!

grita Shintsu. seu rosto está tomado pela raiva e pelo desprezo.

o monstro vira para trás, e olha para Shintsu, fazendo um barulho que se parece com um rosnado.

19 de Octubre de 2019 a las 21:02 0 Reporte Insertar Seguir historia
2
Continuará… Nuevo capítulo Cada 15 días.

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~