Doce prazer Seguir historia

marikota Aniram Sairaf

Miyako:  Cinco anos após a nossa última grande batalha contra MaloMyotismon, todos nós estávamos enfrentando outros problemas, era contra nós mesmos, a adolescência é descrita pelos pais como a melhor época, não é bem assim que estamos vendo, namoro, primeiros beijos, primeira vez, ainda tem os digimons, para ajudar, época de muitas diversões e descobertas, e tentamos ainda manter nosso grande segredo.  Mesmo com tanta confusão eu não mudaria nada


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18.

#Digimon-adventure-two #Digimon-adventure
5
3.2mil VISITAS
En progreso - Nuevo capítulo Todos los sábados
tiempo de lectura
AA Compartir

Cinco anos depois

*A fanfic passou por umas breves mudanças nas idades e outros momentos para ficar adequada a idade exigida pela plataforma

Os acontecimentos não mudam!


Vamos 😘



Tailmon POV

Nenhum de nossos parceiros humanos são mais como costumavam a ser, estão mais complicados e difíceis até mesmo os mais novos, Yagami Hikari minha parceira está com dezesseis anos e em nada lembra a garotinha que encontrei ha seis anos, a castanha está maior e menos frágil tanto no emocional quanto na saúde, já não precisava mais tanto da constante proteção de Yagami Taichi, seu irmão mais velho que agora tem dezenove anos, Minha parceira sempre brinca dizendo ter dois Greymons no quarto não sei quem ronca mais se o Agumon ou o parceiro dele,

Nós digimons, agora vivemos tranquilos no mundo humano, mas ultimamente aconteceram coisa muito estranhas como em uma manhã em que Hikari-chan acordou na casa da Mimi-chan chorando de dor, dois dias depois acordei assustada, as dores tinham nome "Cólicas menstruais", acham que não podia piorar? Mimi endoidou dois dias depois dando os parabéns a Hikari-chan por ter se tornado mocinha. Juro que fiquei muito confusa... Isso foi a três anos, a senhora Yagami só faltou chorar dizia que a bebê dela tava virando mulher.

Hikari me explicou que essa era uma época importante na vida de qualquer menina, mas não precisava o alarde que Mimi causou, ela enviou isso por e-mail até pro Taichi-kun, o que deixou a castanha como eu nunca a vi, nervosa a ponto de dizer coisas que prefiro não repetir.

Inoue Miyako era um ano mais velha e ficou meio aborrecida... Vê se pode ficou aborrecida por não ter virado mocinha ainda, Hikari-chan me disse que não é igual para todas as garotas e que provavelmente ela iria ter uma tal de TPM. Sabe que por um lado é bom Miyako-chan não ter isso ainda, do jeito que o Motomiya Daisuke a irrita toda manhã, ele tava morto em questão de pouco tempo.

Podem acreditar Takeru-kun apesar de dar na cara gostar bastante de Hikari-chan muito mais que como amiga , ainda não disse nada, Patamon me disse em segredo que todos os dias dos namorados o loiro escreve um cartão pra minha parceira, mas não tem coragem de entregar, assim como Koushiro-san que não tem coragem de dizer que ama a Mimi-chan, Sora e Yamato foram vistos pelo grupo todo se beijando Miyako e Mimi ficaram encantadas e convenceram Hikari-chan a tirar uma foto do acontecimento , claro que o flesh atrapalhou o momento intimo do casal, provocando um certo constrangimento, nunca tinha visto os dois tão corados. Taichi pegou Yamato e o prendeu debaixo do braço lhe dando cascudos, Joe fazua cursos, de manhã e noturnos, era um humano inteligente, mas ainda um pouco inseguro e tímido com garotas, juro que via a hora dele sair correndo, ele não conseguia manter uma longa conversa com outras garotas que não fossem Miyako,Sora, Mimi e Hikari, mas era sobre livro, humanos! Pareciam tão simples quando crianças.

(...)

POV Narrador
O primeiro dia letivo se inicia e o dia amanhece agitado na residencia dos Yagami.

— Taichi! Hikari! As férias acabaram, levantem, primeiro dia de aula.– Grita a senhora Yagami ao preparar o café.

— Hikari-chan! Hikari-chan... Não ouviu nem o despertador nem a sua mãe, dormiu com os fones de ouvido? HIKARI-CHAN!.– Chama Tailmon pulando em cima da castanha a fazendo cair no chão.

— Aw! Ai o que foi? Pergunta a garota com uma voz de manha, esfregando os olhos e se espreguiçando, bocejando

— Primeiro dia de aula, lembra? Segundo ano do ensino médio! – Informa Tailmon apontando para o unuiforme.

— Aw é isso? Ainda to morta de sono. – Declara sonolenta abraçando o travesseiro.

— Se não ficasse no computador até tão tarde com Takeru-kun, Daisuke-kun e suas amigas, estaria descansada. – Pontua Tailmon, que é surpreendida por uma travesseirada.

— Ai, o que é isso Hikari-chan? – Pergunta Tailmon sacudindo a cabeça depois de cair sentada na cama.

— Pra você aprender a não me dar bronca como se fosse minha mãe.– A castanha mostra a língua.

Tailmon a olha incrédula, causando crises de risos na parceira. Hikari segue para fazer sua higiene matinal.

— Tenho que acordar o onii-chan, acho que ele ainda não acordou.– Comenta penteando seu longos cabelos castanhos.

— Você ficou mais bonita agora que deixou o cabelo descer aos ombros, mas isso é pro Takeru-kun ou pro Daisuke-kun ? – Pergunta Tailmon pentelhando a parceira.

A castanha cora de vergonha enquanto se olhava no espelho e arrumava seu cabelo bagunçados.

— Tailmon! Eu vou te pegar por fazer essas piada de mau gosto...– Hikari e Tailmon correram pelo quarto rindo uma da outra – Me arrumo pra mim mesma, acho que posso mudar um pouco o visual de vez em quanto, não posso?– Questiona segurando Tailmon.

— Pode! Claro que sim, mas só perguntei se é pro Takeru-kun ou para o Daisuke-kun? – Pentelha Tailmon.

A guardiã da Luz respira fundo, estava corada de vergonha mas com raiva da pergunta.

(...)

Tamachi, Japão 6:00 da manhã

— Kenzinho... Ken-chan acorda! Você vai se atrasar pra nova escola, tem que pegar o metrô,...– A vozinha fininha do pequeno Digimon lagarta acorda seu parceiro..

— Bom dia Wormmon. –Cumprimenta Ken levantando sonolento.

— Você tá com uma cara de cansado! –Exclama Wormmon.

— É que eu e a Miyako-San ficamos até tarde ontem conversando. – Declara ao arrumar a cama.

— É mesmo. Aw e vocês agora são namorados Ken-chan?– Pergunta o digimon inseto, com os olhos brilhando fazendo o garoto parar abruptamente corando.

— O que? namorada! –Espanta-se a mãe do rapaz derrubando a bandeja.

— Wormmon, veja o que fez!– Repreende o parceiro.– Deixa que eu ajudo, mãezinha. – Abaixa-se para recolher a bagunça.

— Eu não fiz nada... Sua mãe que entrou de repente. – Se defende o Digimon com sua vozinha chorosa.

— Veja o que você...

— Ken, pare meu filho vá se trocar hoje é seu primeiro dia no novo colégio não quero que se atrase, agora eu sei por que anda dormindo tão tarde nessas férias, falando ao telefone e no computador, aw Ken como está grande meu menino.– Dramatiza a senhora Ichijouji o abraçando forte.

Depois do momento um tanto constrangedor que Ichijouji passou ele foi tomar banho, a velha escola em Tamachi era um colégio onde estudavam os jovens mais inteligentes do japão, e alguns vinham de outro país, quando as sementes das trevas deixaram de germinar, Ken voltou a ter a inteligencia normal para um garoto de sua idade, o que deixou os outros que um dia lhe chamaram de gênio, prodígio decepcionados. Para não enfrentar mais os olhares tortos de seus antigos colegas que faziam muitas fofocas ao seu respeito e espalhavam boatos mentirosos ao seu respeito, o guardião da bondade se mudou pro colégio de Odaiba.

(...)
Enquanto isso na ponte de Odaiba

— Não está feliz meu filho? Sinto que aqui teremos uma vida muito melhor...

A mulher olhou pra trás e viu seu filho Jonathan, um rapaz de pele alva, olhos azuis e cabelos negros espetados com um grande topete, vestia-se com uma calça Jeans apertada, camiseta branca com uma xadrez vermelha e preta por cima, vinha escutando música alta em seus fones de ouvidos. A família acabara de vir do Brasil para o Japão.
Jonathan já havia morado no Japão, mas era bebê na época, atualmente tornou-se um garoto rebelde e de poucos amigos, encrenqueiro e respondão.

(...)

No quaro do Taichi, 6:20

Hikari bate na porta três vezes, seu irmão não responde.

— Onii-chan! Onii-chan!... Bom eu bati... Eu vou ter que entrar ou vamos nos atrasar por sua causa. Yagami Taichi!– Insistiu a castanha do outro lado da porta.

Tailmon havia seguido Hikari, mas no meio do caminho entrou no quarto de hóspede seguindo um ronco, encontrando Agumon dormindo com a boca aberta .

— Ué o que faz aqui? Não deveria estar com seu parceiro? – A gatinha questiona curiosa..

—Não, Taichi está namorando, não posso ficar lá ia ser estranho. – Responde bocejando.

—Taichi-kun tá o que? Ele não nos contou isso.– Admira-se Tailmon.

— Ele ia contar, mas resumindo ele a conheceu nesse último acampamento de verão, quer dizer eles já se conheciam, faz tempo eles começaram a namorar lá e quase foram suspensos por fazer algo contra as regras. – Agumon denuncia o parceiro .

— Contra as regras?– Enquanto Tailmon tentava entender, Hikari levou um susto ao perceber que as roupas de seu irmão estavam jogadas e junto com elas a caçula encontrou um sutiã, que não era nem dela e nem de sua mãe.

— ONII-CHAN!– A castanha puxou a coberta, e viu um belo par de pernas femininas, longas, bem torneadas a dona vestia calcinha pequena roxa, com a camiseta de Taichi.

— Motomiya Jun-san?– A caçula Yagami se espanta ao encontrar a irmã mais velha de Daisuke.

— Jun eu tava pensando... Mais tarde quando voltarmos... HI-HI-HIKARI-CHAN?. – A presença da caçula pegou o castanho de surpresa, tanto que o mesmo que estava apenas de toalha deixou a mesma cair ao chão, fazendo com que Hikari cobrisse o rosto com as mãos.

12 de Julio de 2019 a las 17:20 5 Reporte Insertar 3
Leer el siguiente capítulo Primeiro de muitos encontros

Comenta algo

Publica!
Lu Inoue Lu Inoue
Aqui começo minha mjaratona de DP, uma das primeiras fics que eu li na categoria. DP é bem livre dessa chatura que certos fãs lixos tem de querer seguir fielmente regras japonesas, afinal somos brazucas e é natural que seja nossa casa, nossas regras, aqui as namoradas dormem na casa dos namorados sim. E tinha que ser a Miyako, ficar brava por não ter menstruado, eu daria tudo pra nunca ter menstruado na vida e ela querendo essa sina kkkkkkkkkkk Sua Hikari é bem mais simpatica do que a original, faz zoeiras é divertida e não a songa do anime, fora que cabelos nos ombros deve ser bem melhor do que aquele cabelo feio que nunca tiram dela. Arrasou diva, beijos!
12 de Agosto de 2019 a las 08:15

  • Aniram Sairaf Aniram Sairaf
    Aw diva, desculpa, após mil anos eu vim te responder😅 Só quem vive aqui conhece as regras, e nós as fazemos, coloquei um autentico representante no meio dos japas, aqui pode o que geralmente não pode, diva eu juro eu fui como a Miya, não via a hora de fica mocinha 😅😅😅😅 nunca vou entender o porque. Você me conhece diva, odeio essa sonseira da castanha Obrigada pelo carinho diva. ❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤ 3 weeks ago
Rafael José Rafael José
Otimo capítulo E a essa fic que ja li tanto Hm tailmon confusa com as mudanças do digiescolhido na adolescência vai por mim gata(literalmente) a adolescência é confusa ate mesmo pros adolescentes kkkk E yolei com um pouquinho de inveja pela kari ter virado mulher primeiro kkkk Mimi e sua língua de tamanduá Compreendo a raiva da kari acharem que vai se arrumar pra alguem sendo que ela so quer ficar satisfeita consigo mesma Ken em odaiba onde estara com amigos verdadeiros e não interesseiros E kari encontra na cama uma coisa que vai traumatiza la
12 de Julio de 2019 a las 22:10

  • Rafael José Rafael José
    Ah e eu sou o knightddragon 12 de Julio de 2019 a las 22:11
  • Aniram Sairaf Aniram Sairaf
    Kyaaaa nem creio você veio aqui também Essa fase da vida nem a gente que passa entende, esse P.O.V da Tailmon é muito lindo. O pior que essas " inveja" acontecem até a gente passar por isso, onde a gente acorda e percebe que não era nada bom A Mimi mata um com essa grande língua As vezes mudamos de visual pra nos agradar. O Ken vai ficar com os amigos verdadeiros E esse trauma vai ser pra sempre😂😂 Obrigada pela companhia e o comentário gato 14 de Julio de 2019 a las 10:55
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 8 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión