Entre jogos e beijos Seguir historia

melodyday Saturno ~

Lee Felix adora ir ao fliperama próximo de sua casa para jogar seus amados jogos, como Pac-Man e Galaga. Mas, adora mais ainda ver a carinha corada de Hwang Hyunjin sempre que lhe rouba uns beijinhos às escondidas.


Fanfiction Bandas/Cantantes Todo público.

#hyunlix #hyunjin #felix #stray-kids #kpop
Cuento corto
0
4.0mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Games and Kisses


Trajado em uma camisa preta simples, com as mãos no bolso de sua calça jeans azul e um pirulito entre os lábios, Felix adentrou o fliperama movimentado que ficava próximo de sua casa, deparando-se com adolescentes, crianças e adultos agitados por todos os lados, ocasionando em uma balbúrdia no local. O som das vozes altas e o barulho das máquinas de arcade misturavam-se junto a música que tocava ao fundo, ao qual conseguiu identificar como We got the beat da banda The Go Go’s, uma de suas músicas preferidas.


Retirando o palitinho branco do pirulito da boca, jogou-o na lixeira mais próxima e cumprimentou o atendente do fliperama, que apenas lançou-lhe um breve aceno de cabeça, parecendo extremamente entediado e sonolento, com uma revista em quadrinhos nas mãos. Ligeiramente desconfortável com todo o barulho, caminhou no meio da multidão de máquinas e pessoas que, ou jogavam freneticamente, ou apenas observavam alguém bater recordes em algum dos jogos disponíveis. Procurou por uma pessoa específica em meio àquela bagunça, encontrando-o segundos depois exatamente onde acreditava que estaria; a máquina de Pac-Man.


A pessoa em questão era Hwang Hyunjin, seu namorado. O rapaz de madeixas negras como carvão e lábios cheios, adorava o famoso jogo do personagem amarelo que devorava pastilhas em um labirinto, e fugia de fantasmas coloridos. E, foi exatamente graças à Pac-Man, que conheceu Hyunjin, há dois anos atrás.


No verão de mil novecentos e oitenta e um, quando Felix mudou-se para um novo bairro, a primeira coisa que fizera, fora procurar pelo fliperama mais perto, encontrando-o na rua de sua casa. Passara a frequentar o local diariamente, e adorava jogar, mas havia um problema. Sempre que chegava ao fliperama, a máquina de Pac-Man, seu jogo preferido, estava ocupada pelo mesmo garoto, fazendo-lhe optar por Galaga, um jogo que havia sido lançado recentemente na época. É claro que gostava de Galaga e tornou-se viciado rapidamente, entretanto o que mais queria era poder jogar seu tão amado Pac-Man e superar seus recordes anteriores. Mas como iria conseguir alcançar seu objetivo se aquele garoto bonito estava sempre ali para lhe impedir?


Até finalmente encontrar a máquina desocupada pela primeira vez desde quando começou a frequentar o fliperama, Felix começava a duvidar de suas capacidades no jogo, e viu-se encarando a tela do eletrônico por um tempo, decidindo se realmente jogaria. Naquele mesmo dia, conversou com Hyunjin pela primeira vez, após ele encontrar-lhe parado frente a máquina de arcade e questionar-lhe irritado se iria ou não jogar. Desde então, acabaram se tornando próximos, e engatavam em uma conversa sobre seus jogos e músicas preferidos sempre que se encontravam, ocasionando em uma forte amizade.


A partir de que momento o sentimento de companheirismo começou a evoluir para uma paixão avassaladora, Felix não se recordava. Contudo, lembrava-se muito bem das sensações que sentira quando beijou aqueles lábios chamativos pela primeira vez e foi igualmente retribuído, fazendo-lhe suspirar extasiado. Seu coração acelerou de pura euforia, e seu peito encheu-se de felicidade, assim como sentiu-se extremamente satisfeito e realizado.


Sorrindo de canto ao ter as lembranças do início de seu relacionamento invadindo sua mente, aproximou-se devagar de um Hyunjin vidrado na tela da máquina de arcade, trajado em uma jaqueta preta e calça jeans, mordendo o lábio inferior tamanha sua concentração no jogo. Quando chegou perto o suficiente, olhou ao redor para certificar-se que ninguém os observava, e depositou um selo rápido e estalado no pescoço de pele branca, vendo o namorado saltar do lugar assustado com seu ato repentino, virando-se rapidamente de frente para si.


─ Felix! ─ exclamou surpreso, levando a mão esquerda ao pescoço por reflexo. Com a outra mão, socou o ombro de Felix com força na esperança de fazê-lo sentir dor, porém tudo o que conseguiu, foi apenas arrancar um sorriso divertido do mesmo ─ Você está louco? Não pode sair fazendo coisas assim em público! ─ disse temeroso; seu tom de voz saindo baixo. Apreensivo, percorreu seu olhar ao redor do ambiente, verificando se ninguém chegara a ver aquela cena incomum.


─ Desculpe, mas é difícil resistir à você. ─ respondeu divertido, ainda com um sorriso nos lábios volumosos.


Mesmo que jamais dissesse em voz alta para não alimentar o ego de Felix, Hyunjin achava-o extremamente lindo sorrindo daquela forma, ainda mais quando as sardas espalhadas por seu nariz e bochechas estavam tão visíveis, em contraste com seu tom de pele.


─ Idiota ─ resmungou fingindo irritação, desviando o olhar para a máquina de arcade, percebendo só então que havia sido pego pelos fantasmas e perdido a partida ─ viu só o que você fez? ─ bufou, voltando a fitar Felix. Ele era poucos centímetros mais baixo, mas quando olhava-lhe daquela forma intensa, cheio de paixão, Hyunjin sentia-se pequeno tamanho seu constrangimento ─ por sua causa não consegui bater meu recorde. ─ murmurou frustrado, cruzando os braços e virando o rosto para o lado oposto, em uma tentativa de esconder o rubor em suas bochechas.


Geralmente, era um garoto que não se deixava abalar facilmente, mantendo uma expressão séria e a postura ereta, motivo que muitos tinham para julgá-lo como um típico ‘bad boy’, graças ao ar de superioridade que exalava. Todavia, quando o assunto era Lee Felix, Hyunjin afetava-se facilmente e a tarefa de esconder suas reações tornavam-se difíceis, ainda mais com um coração traiçoeiro que parecia que iria sair pela boca de tão acelerado.


─ Deculpe, amor. ─ Felix soltou uma falsa desculpa, pegando em seu ponto fraco. Sabia que ele não estava arrependido, pois sempre retorna a repetir os mesmos atos, mesmo com todas as suas repreensões. Mas, era difícil não se derreter diante aquela voz grave e rouca chamando-lhe de amor. O maldito sabia exatamente o efeito que causava em si, e fazia questão de usar esse fato ao seu favor nos momentos certos.


Porém Felix não era o único que possuía o poder de arrancar reações de constrangimento. Hyunjin também sabia bem como deixar o namorado envergonhado. Bastava apenas fitá-lo intensamente por mais de dez segundos e elogiar seus olhos brilhantes e as sardas adoráveis, que Felix ficava encolhido e corado, evitando olhar para si. E sinceramente, Lee Felix envergonhado era a coisa mais linda que Hyunjin já vira na vida. Quando o tom rosado em suas bochechas misturavam-se as sardas charmosas, causando um belo contraste. E igualmente a si em relação a ele, Felix derretia-se por completo somente em receber um breve olhar seu.


─ Eu prometo que pago algumas fichas para você depois. ─ Felix prometeu, aproximando-se sorrateiramente, pousando as mãos nos braços pouco definidos de Hyunjin. Quando notou a proximidade excessiva, apreensivo, Hyunjin tentou afastá-lo, olhando ao redor. Tinha medo do que as pessoas pensariam ao vê-los daquela maneira tão íntima, e pior, temia que seus pais acabassem descobrindo sobre o relacionamento, trazendo consequências terríveis para ambos.


─ Tudo bem, mas não faça isso novamente. ─ Desvencilhou-se das mãos de Felix, afastando-se para o lado. Entretanto, antes que pudesse ficar em uma distância segura que não fosse suspeita, sentiu lábios macios tocando os seus por breves segundos, fazendo seus olhos arregalarem-se tanto, que acreditava que poderiam saltar para fora de suas órbitas. Céus, Lee Felix não tinha qualquer noção de perigo!


Com as bochechas pegando fogo, diante um Felix risonho, novamente, percorreu o olhar ao redor, desta vez, com mais desespero. Quando percebeu que as pessoas próximas estavam totalmente concentradas nas máquinas de arcade, suspirou aliviado, lançando um olhar ameaçador a Felix que, como de praxe, apenas riu. Sua maior vontade era de espancá-lo ali mesmo mas não poderia fazê-lo. Então, tudo o que fez fora apenas se virar irritado e ainda corado, afastando-o com chutes curtos.


Diante a reação, Felix resolveu se afastar ainda rindo, tentando observar as bochechas rosadas do namorado. Assim como Hyunjin, também temia o julgamento alheio principalmente o dos pais, todavia era impagável a carinha de constrangimento do mesmo sempre que lhe roubava alguns selinhos. Adorava vê-lo com as bochechas coradas, acabando com toda aquela pose de ‘machão’ que ele exalava.


Porque o que Lee Felix amava mais do que jogos, era as reações que causava em Hwang Hyunjin com um simples ato.

26 de Junio de 2019 a las 02:23 0 Reporte Insertar 2
Fin

Conoce al autor

Saturno ~ Amante de músicas dos anos 80/90 e apaixonada por histórias de época. • 99 ʟɪɴᴇ • ᴍᴀʀᴀɴʜᴇɴsᴇ spirit: melodyday | wattpad: melodydayz

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

Historias relacionadas