Omma do Sehun Seguir historia

kyungbear Manu Almeida

Jongin vai a casa de seu amigo para se divertir mas acaba se distraindo quando o “omma” de Sehun chega.


Fanfiction Bandas/Cantantes Sólo para mayores de 18.

#exo #gay #bl #yaoi #kadi #kaisoo
2
3.5k VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Garotos do ensino médio

Jongin não pensou muito quando seu colega Sehun o convidou para jogar vídeo game naquele dia. Os joguinhos eram o seu forte e ele definitivamente não perderia a chance de exibir suas habilidades. Então, quando a sirene que avisava que a última aula do dia chegara ao fim, enfim apitou, os dois se dirigiriam a casa de Sehun o mais rapidamente possível.


Sehun morava no sexto andar de um complexo de apartamentos caros. Não que Jongin estivesse muito longe dessa realidade; ele morava em um condomínio que provável era igualmente caro e bonito. Quando os dois entraram pela porta da frente do lugar, o moreno pode perceber o piso de madeira incrivelmente polido que parecia refletir a luz quando foi tirar seu tênis preto Nike.


Na verdade, o apartamento inteiro parecia estar limpo e cheiroso, cada item colocado em perfeita ordem, nada estava fora do lugar. O que era bem estranho porque nunca pensou em Sehun como alguém limpo ou mesmo organizado. O Oh nem mesmo pareceu surpreso pela admiração do moreno, nem se importando e passando direto, usando suas meias para deslizar pela sala até à geladeira. O loiro grita da cozinha perguntando sobre algo para beber e se suco de laranja está ok, enquanto Jongin acomoda-se no confortável sofá de couro branco.


Horas depois, provavelmente é a décima vez que o Kim vence no Mortal Kombat e ele lentamente se cansa de olhar a expressão frustada de Sehun sempre que ele perde e pede para mudar de jogo. Besteira. Não é como se fosse mudar o fato de que o loirinho é péssimo nos jogos. Jongin estava prestes a vencer a vigésima primeira partida quando ouve o clique da porta da frente abrindo.


O moreno nem se incomoda com os gritos do Oh por ter ganho sua primeira partida porque está ocupado demais olhando para o garoto de olhos adoráveis que acabara de entrar na residência do amigo, desajeitadamente segurando sacolas enquanto tenta tirar o tênis esfregando um pé no outro.


— Esse é o seu irmão? — Jongin sussurra para Sehun, os olhos nunca deixando o garoto em questão.


— Não não, na verdade ele é meio que meu omma.


— Ah entendi. —Jongin balbucia meio distraído. — Espera, o que?


O Kim não recebe uma resposta porque o “omma” grita Sehun para ajudá-lo a guardar as compras. Seu amigo arrasta os pés em direção ao garoto na cozinha enquanto se queixa “Mas Kyungsoo omma!”, provavelmente em uma tentativa de escapar da tarefa.


Jongin mal tem um tempo de pensar em como o nome do garoto é muito bonito assim como o dono, quando ele lhe direciona um sorrisinho tímido. Sentindo quando sua respiração desregulada faz seu coração bater a mil por horas. É difícil manter a respiração mas Jongin não consegue deixar de encara-ló. E é inevitável pensar que Kyungsoo seja um anjo caído ou algo assim.


O que não parece se aplicar na lógica de Sehun já que o garoto que seu amigo chama de “omma” na verdade parece ser mais um colegial. O moreno engole em seco, tentando não pensar nisso enquanto observa os lábios carnudos e em um peculiar formato de coração. De alguma forma, de repente está na cozinha ajudando a guardar as compras com Sehun, que o apresenta como um amigo de escola. O garoto baixinho o cumprimenta brevemente, e o doce timbre é o suficiente para que Jongin repita um mantra mental em uma inútil tentativa de disfarçar seu nervosismo.


Ok, Jongin. Respire, inspire. Mantenha sua calma. Você é o ícone sexy da escola, lembra? Sexy. Sim, isso mesmo. Aja naturalmente, ok?


Mas por algum motivo, acaba apoiando o cotovelo na bancada de mármore cintilante da cozinha, pousando tão bem quanto o possível, enquanto enfrenta-o.


— Ei Kyungsoo.


Os olhos de Kyungsoo estão arregalados em confusão e ele franze um pouco a testa porque de repente Jongin está bloqueando seu caminho de colocar a caixa de leite na geladeira.


— Qual sua opinião sobre namorar garotos do ensino médio? — Jongin pergunta enquanto casualmente aponta para si mesmo, certificando-se de flexionar bem os músculos do braço.


Um rubor perceptível se espalha pelo rosto branquinho de Kyungsoo e Jongin acha fofo como os olhos dele parece que vão sair fora de órbita a qualquer momento. A maneira como a boca dele se abre em um pequeno “O” faz com que seja tentador para o Kim mergulhar sua língua ali mesmo e beija-lo.


— E-Eu, h-hum, d-desculpe? — é tudo o que Kyungsoo consegue gaguejar em resposta e Jongin se pergunta se é por vergonha ou afeição. Ou talvez os dois. Ele com certeza espera que seja pelos dois porque só o pensamento já o parece melindrosamente adorável.


Sehun que apenas observava de longe, se pergunta o que diabos seu amigo pensava que estava fazendo com seu omma.

11 de Marzo de 2019 a las 21:19 0 Reporte Insertar 121
Leer el siguiente capítulo Beijando garotos do ensino médio

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 1 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión