I Hate You Seguir historia

padfoot Allec Rameht

"Prazer, meu nome é Michael James Way, a pessoa que quer tirar o coração para nunca mais se apaixonar" Beta Reader: Mel. Observação: essa fanfic foi inspirada numa vivência que eu tive num fake lá da época do orkut... Por isso a história é meio... é.


Fanfiction Bandas/Cantantes No para niños menores de 13.

#frank-x-mikey #mikey-x-frank #frikey #drama #yaoi #slash #my-chemical-romance
0
2.9mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo Um

Sabe quando você quer desistir de tudo, quando você não aguenta mais? Sabe quando aquela sua pessoa especial está bem na sua frente, mas você não pode tê-lo, ou tocá-lo por ele ser um idiota? Quando é você que sofre, quando é você que sempre sofreu com todos os problemas do possível relacionamento e o ‘idiota’ aparece e dá uma de coitado? Sabe quando você odeia, ou quer odiar a pessoa que te faz vivo, mas ainda sim, um dia será a sua morte? Pois bem, é assim que eu me sinto. Prazer, meu nome é Michael James Way, a pessoa que quer tirar o coração para nunca mais se apaixonar.


[Flash Back On]

-Então né. Você vem sempre aqui? – o garoto de cabelos negros perguntou em um tom risonho jogando a franja para o lado.

-Sim, sim... Sempre que posso – Respondi rindo e tentando não olhar seus olhos-cor-de-alguma-cor-que-não-conheço. – E você?

-É... Até que sim – Riu – Você está esperando o ônibus? – Olhou para a rua.

-Não, por quê?

-Porque você está no ponto. – Olhei-o um pouco assustado, mas com a expressão espontânea, risonha. – É, eu sei... Essa é a pior cantada que existe.

-Claro que não, existe piores – Comentei rindo e meio que olhando para baixo, uma sensação estava começando a tomar conta de meu corpo e sentidos.

-Como...?

-No alto de uma ilha deserta tem um coqueiro, o coco cai, será que rola? – Ele me olhou e riu.

-Uou, realmente, essa canta é pior ein.

-Isso por que você nunca ouviu as outras que conheço. – Sorri maliciosamente, mordendo de leve o canto do meu lábio inferior.

-Ui, então nem me conte – Se aproximou de mim com um certo brilho malicioso nos olhos – Senão eu te agarro aqui mesmo – Mordeu a ponta da minha orelha.

-Pode me agarrar, eu não me importo... Mas antes, qual é o seu nome? – Perguntei-lhe divertido.

-Frank Iero, prazer. Imenso prazer... E você? – Falou com a voz sexy.

-Mikey, Mikey Way, o prazer é todo, todinho meu. Acredite. – Sorrimos.

Frank passou fortemente seu braço tatuado na minha cintura baixa enquanto o outro estava nas minhas costas. Senti uma mordida leve na curvatura do meu pescoço. E um uma pergunta sussurrada:

-Namora?

Uma resposta rápida e prazerosa saiu de meus lábios: -Não. E você?

A mordida parou e as futuras também, os olhos se encontraram e uma expressão de espanto brotou no rosto angelical de Frank, que enganaria qualquer um.

-Na verdade, sim.

Entreabri meus lábios, assustado, enquanto meus olhos se abriam sem rapidez alguma.

-Eu não acredito! Saia de perto de mim! – Disse com uma pontada de raiva na voz e sai andando sem ao menos olhar para trás.

[Flash Back Off]

25 de Marzo de 2019 a las 11:52 0 Reporte Insertar 0
Leer el siguiente capítulo Capítulo Dois

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~

¿Estás disfrutando la lectura?

¡Hey! Todavía hay 4 otros capítulos en esta historia.
Para seguir leyendo, por favor regístrate o inicia sesión. ¡Gratis!

Ingresa con Facebook Ingresa con Twitter

o usa la forma tradicional de iniciar sesión