Butterfly Seguir historia

xhasashi

Ainda que Jolyne amasse borboletas, jamais conseguia controlar as que moravam em seu corpo todas as vezes que pensava em Anasui. [Analyne] [ Narciso Anasui x Jolyne Kujo]


Fanfiction Anime/Manga Sólo para mayores de 18.

#Jolyne-Kujo #Anasui-Narciso #Analyne #jojo's-bizarre-adventure
0
3.7mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

Capítulo único

Notas da autora: Imagem de capa pela @Gabisart.

Fanfic dedicada para a Izinha <3


~~


Você me faz sentir borboletas, Anasui.


Sempre fui uma amante delas, amava ver as cores que enfeitam as flores, o céu azul, o verde da grama e o cinza das ruas e calçadas. Gostava do sentimento de liberdade que elas me trazem, em acreditar que são meu símbolo individual de independência.


Até eu te conhecer e tudo mudar.


Hoje tenho uma criação delas dentro de mim, que voam em meu estômago todas as vezes que você está perto.


Eu passo a mão pelo meu pescoço tentando relembrar o rastro de beijos que sua boca traçou, arranho minha pele levemente para imitar o toque áspero da sua barba para fazer.


Gasto de minutos a horas procurando entre meus lençóis o seu perfume, busco na memória o seu olhar tão intenso.


Procuro em músicas a sua voz com timbre rouco quando sussurra coisas sujas em meu ouvido, coloco o lençol no rosto na vã esperança de parecer seus cabelos cor-de-rosa quando fazem sombra em cima de mim.


Tento me tocar, estimular, gozar e gritar sozinha relembrando cada detalhe das nossas fodas, do jeito como suas mãos cheias de malícia me envolvem, apertam e deixam marcas, das quais gosto de delinear com a ponta dos dedos no espelho.


Faço de mim mesma um templo só meu, ainda que seja muito melhor quando você está aqui para me adorar como faz quase todos os dias.


E então, passo a língua entre meus lábios querendo sentir o gosto da sua pele, do beijo envolvente e quente, das mordidas que seguem um riso malicioso que você me entrega.


Por causa disso tudo, te peço desculpas, Narciso.


Desejo profundamente que me perdoe por não te deixar falar quando chega em minha casa e não conter o impulso de te desejar mais e mais a cada minuto que passa. Suplico que esqueça a minha falha de não conseguir segurar a vontade de te puxar pelo colarinho das camisas que você veste e te beijar, para matar meu vício egoísta em você.


Por hora, respiro fundo mais uma vez, contenho o gemido que quer sair mais alto e acalmo o movimento das minhas mãos; escolho aquietar as lembranças de nós dois quando o alívio me encontra, percorrendo todo meu corpo em um misto de quente e frio, arrepiando toda a minha pele.


Puxo meu lençol para cima, fecho meus olhos novamente e torço para que você me isente da culpa de te querer demais.



6 de Marzo de 2019 a las 03:41 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Hasashi Rafaela Faço estágio de Scorpion nas horas vagas, principalmente quando Plano Terreno precisa de salvação. Tenho sangue Uzumaki e dou aula de como lidar com Senju Cretino, interessados chamar no probleminha. Apaixonada por Mortal Kombat e a mama da igreja HashiMito.

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~