Entre as Estrelas, o Seu brilho Seguir historia

feitade_nuvens Carolini F.

Não fora um beijo complexo e apenas ficamos ali, encostando uma na outra e sentindo as peles macias durante um bom tempo. Tinha gosto de saudade. *postada no spirit*


Fanfiction Bandas/Cantantes No para niños menores de 13.

#sope #hoseok #yoongi #femau #yoonseok #bangtanboys #bts
Cuento corto
2
3.7mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

No horizonte, as suas cores.

— Tu és o sol. — Yoongi sussurrou em meu ouvido sensível — Precisam mais de ti do que precisam do gelo. Eu sou só inverno.

Seus dedos longos continuaram acariciando minha pele dourada, ainda causando arrepios constantes e delatores de sua presença fria.

— Todos precisam de inverno também. Fique comigo.

Seu sorriso infantil me atingiu mais fundo que uma flecha de prata. Ah, se o universo soubesse o quanto a presença daquela garota me afeta! Tudo, absolutamente tudo nela me fazia suspirar em deleite... E me fazia sofrer. Sofrer com aquele amor que nunca poderíamos ter, que nunca poderíamos levar adiante.

No leito daquele rio, cristalino e tão brilhante quanto os olhos cor de obsidiana que me encaravam, quebramos mais uma regra e nos encontramos. A dor da última vez me atinge e levo as mãos ao peito, como se pudesse alcançar meu próprio coração, arrancá-lo e fazer com que parasse de sofrer tanto, meus ombros estão caídos em derrota e encaro o chão. Posso escutar o longo suspiro que deixam os lábios rasados de minha amada.

Yoongi levantou meu queixo com a delicadeza que trata todo meu corpo e suas curvas, me obrigando a sustentar o olhar sério e toda a atmosfera pesada que nos cerca. É o fim, nós sabemos. Sentimos.

— Alguém pode ficar em meu lugar, mas ninguém nunca te substituirá.

—Eu não quero que desapareça. — repliquei tão baixo que cogitei que não me ouviria.

Um sorriso pequeno tentou despontar em seu rosto sereno, como um floco de neve que cai e, no entanto, derrete assim que lhe toca a pele, um fantasma. Aproximou a tez alva e pude sentir a respiração gelada, os olhos fecharam, convidando os meus para fazer o mesmo. Os lábios macios tocaram os meus e nos abraçamos, o corpo menor que o meu se encaixando perfeitamente. Não fora um beijo complexo e apenas ficamos ali, encostando uma na outra e sentindo as peles macias durante um bom tempo. Tinha gosto de saudade.

— Ah, Hoseok... — meu nome em sua voz macia me fazia tremer, um efeito que nunca sumiria — Eu não vou desaparecer, ainda vai poder me sentir e vamos estar mais próximas do nunca poderíamos estar.

— Não vou poder vê-la. — disse numa súplica desesperada — Ou tocar, ou qualquer coisa!

— Depois de hoje, nunca vai poder me tocar. Seria um desastre! — disse, o tom divertido e o rosto mais alegre — Imagine, eu seria uma torrada.

Quando percebeu que eu não reagiria, a face perdeu o aspecto brincalhão. Segurou meu rosto entre as mãos fortes, apesar de macias.

— Entre as estrelas... — iniciou numa voz baixa, contando um segredo sobre nós duas — Brilhe, novo Sol, e ilumina minhas cores. Estarei lá, bem no limite, para te saudar. Será uma existência melhor do que não tê-la para mim.

Naquela aurora, meu amor evaporou, eu ascendi aos céus e as cores do espectro invadiram o horizonte, cortejando meus sonhos inalcançáveis.

27 de Enero de 2019 a las 22:55 0 Reporte Insertar 0
Fin

Conoce al autor

Carolini F. mesmo na idade de virar eu mesmo ainda confundo felicidade com este nervosismo ~ Paulo Leminski Wattpad: https://www.wattpad.com/user/feitade_nuvens Spirit fanfiction: https://www.spiritfanfiction.com/perfil/hi_carolzinha

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~