You Seguir historia

gabbiestranha Gabrielle Honorata

Lisanna percebeu, sempre fora atenta demais aos sentimentos dos outros. Antes mesmo que Natsu sequer aceitasse esta realidade, a Strauss percebeu claramente, que Lucy Heartfilia dominava cada pedacinho do coração do rosado. E, mesmo que fosse díficil de engolir, por mais doloroso que fosse, ela abriu mão daquilo que não era mais amor. Mas tudo ficaria bem, porque como Natsu sempre dizia, Lisanna era uma garota forte e capaz.


Drama Todo público.

#romance #drama #FT #fairy-tail #lucy #nalu #natsu #coração-partido #Nali #Lisanna #YOU
Cuento corto
1
3.4mil VISITAS
Completado
tiempo de lectura
AA Compartir

VOCÊ

   Ele é tão alto e terrivelmente bonito
Ele é tão mau, mas ele faz isso tão bem
Eu posso ver o fim enquanto isso começa
Minha única condição é

Diga que você se lembrará de mim
Ali, em um belo vestido
Olhando para o pôr do sol, querido
Lábios vermelhos e bochechas rosadas





Sabe, Natsu, eu percebi, mesmo que você negasse a todo momento, que o ‘’eu e você’’, não existia mais. Este, tornou-se exclusivamente um ‘’Natsu e Lucy’’. Demorei para perceber que os sorrisos que preenchiam sua face não eram mais por minha causa. Demorei, para entender, que os seus olhos não se encontravam mais com os meus, mas sim com um belo par de olhos castanhos. Sejamos sinceros, como eu poderia disputar justamente, com ela? No começo, entrei em um estado de negação, fiz-me de cega e surda diante de todas as provas concretas pressionadas contra minha face. Mas chegou em um momento, que eu finalmente percebi, que não tinha espaço para mim dentro de seu coração.


Você me amou, eu sei disso melhor do que ninguém, porque Natsu Dragneel sempre ama intensamente, nunca se compromete com algo que não sente. Você sempre foi sincero comigo.


Eu percebia, Natsu, antes mesmo de você reparar, que Lucy Heartfilia, a garota que domava dragões, conquistava seu coração por pedaços. Mas convenhamos, quem não se interessaria pela garota que conversa com todos? Que sempre tenta bancar a durona, quando por dentro, é aquela que mais sofre? Quem não se interessaria pela garota que tenta ajudar os outros, sem antes pensar em si mesma? Mesmo que negasse para mim, que os tempos que passavam juntos, não significavam nada para você, eu sabia Natsu, sentia, que eles significavam muito mais do que palavras poderiam descrever. Quando algo acontecia com ela, você sempre era o primeiro a correr, preocupado, ansioso. Fazia quanto tempo que eu não via um sorriso tão… grandioso em seu rosto? Mas este, só apareceu por causa da Heartfilia.


Mesmo assim, você nunca tratou-me mal. Jamais falou de mim pelas costas, muito menos comentava com os outros sobre a confusão de sentimentos que estava; porque independente do nosso amor ter esfriado, você além de tudo, me respeitava.


Desde o começo, seu mundo tornou-se o dela. O que eu poderia fazer contra isto? Não seria estúpida ao ponto de armar alguma coisa para separar os dois, não tinha razão. Mesmo apaixonando-se por outra garota, fez-se sempre presente nos momentos que mais precisei, me acolheu e abraçou. E mesmo com lágrimas nos olhos, o coração na mão e uma dor lasciva em meu peito, fui eu, aquela que terminei tudo. Você estava preso a mim, temia me machucar. Mas, Natsu, você sabe melhor do que ninguém, que ficar comigo por pena, com medo de machucar-me, seria ainda mais doloroso.


Eu sei, que não ficou com Lucy em nenhum momento que estávamos juntos. Sei perfeitamente que vontade não faltou, mas você me respeitou e manteve-se longe dela, pensando em mim. Mas eu jamais seria egoísta este ponto, porque como em todos os meus relacionamentos, eu sou altruísta. E eu estou bem, o suficiente para seguir em frente, porque como você mesmo disse, eu sou uma garota forte e capaz, não é mesmo?


Todos pensam que sou uma pobre coitada, que Lucy roubou você de mim, mas desde o começo, não era para ficarmos juntos. Os momentos que passei com você, foram um dos melhores da minha vida e os guardarei com extremo carinho. Contento-me com o novo cargo de melhor amiga, mesmo que meus sentimentos por você ainda existam. Mas tudo bem, eu estou bem.


Apenas seja feliz, Natsu. Porque eu prometo para você, que estou tentando ser.

Você não foi o amor da minha vida, como eu gostaria que fosse, mas eu só tenho 17 anos! Tenho tempo o suficiente para arriscar mais algumas vezes, até finalmente encontrar alguém que de fato, será o amor da minha vida, não é mesmo? Além disso, conheci um garoto legal no mesmo dia que terminei nosso relacionamento. Ele é um grande idiota, tapado e sem modos, mas eu sei que ele está tentando conquistar espaço no meu coração, do jeito grotesco dele, mas está tentando. Não quer dizer que me entregarei de vez, porque meu sentimento em relação a ele não passa de amizade, entretanto, darei a ele a chance de conquistar meu coração. É um bom começo, não é mesmo?


Seja feliz, Natsu, porque você merece toda felicidade do mundo.

15 de Enero de 2019 a las 00:49 0 Reporte Insertar 119
Fin

Conoce al autor

Comenta algo

Publica!
No hay comentarios aún. ¡Conviértete en el primero en decir algo!
~